MALTA

MALTA

sexta-feira, 11 de maio de 2012

MORTE DE BERNARDO SASSETI

Portugal está cada vez mais pobre.

Que a música de Bernardo Sassetti permaneça bem viva, já que tão curto foi o seu projecto de vida.

Luz e paz!

24 comentários:

  1. os deuses levam cedo aqueles que mais amam...

    podes ouvir "Movimento Circular" no RelogiodePendulo

    beijo

    ResponderEliminar
  2. Acabei de escrever isso mesmo num comentário. Fiquei chocada com a notícia.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Ao ouvir a noticia após o almoço fiquei a pensar que não estava a bater bem, até que me sentei e ouvi que infelizmente era verdade.
    Bom fim de semana querida

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente estamos cada vez mais pobres, quando nos acontecerá algo bom? já era tempo...
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Tão novo e tão lindo, como foi?
    Ele estava doente, eu sinto muito...* *
    Aqui no Brasil nos últimos meses tem morrido muitos artistas, os bons vão*... parece que Deus quer poupá-los.
    beijinhos, e ótimo fim de semanA pra ti.
    Mery*

    ResponderEliminar
  6. Querida São, estas mortes precoces, deixam-me sempre sem chão!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Bom fim de semana!

    ¸.•°`♥✿⊱╮
    ❤♡
    BOM DOMINGO!!!

    Beijinhos.
    Brasil
    °º °♫♫♪¸.•°`

    ResponderEliminar
  8. Nestes momentos fico sem palavras ...
    Luz e Paz , são de facto as indicadas .

    Beijo grande , São ,
    maria

    ResponderEliminar
  9. Perder aqueles a quem amamos, artistas que admiramos, todos dão-nos a dimensão da transitoriedade da vida... e ficamos a pensar em como tudo pode ir-se de repente...
    Talvez fiquemos também mais sensíveis com essas perdas sempre indesejadas...
    Sinto muito, amiga São!
    Abraço amigo com carinho!

    ResponderEliminar
  10. Fiquei muito chocada com esta morte pois era fã dele e tenho imensas musicas dele que oiço muitas vezes.

    Que permaneça a sua musica

    Bjito da Gota

    ResponderEliminar
  11. Acredito numa Entidade que nos transcende, mas não nisso.


    Desculpa, mas não consigo encontrar a peça musical...

    Bom fim de semana, HERÉTICO

    ResponderEliminar
  12. Acho que uma morte assim acab apor chocar toda a gente que tem sensibilidade e , se ainda por cima, se se admira a pessoa isso agrava-se.

    O meu estreito abraço, GOTA

    ResponderEliminar
  13. E já começaram as especulações sobre se foi acidente ou suicídio. Que interessa isso nesste momento?

    Um abraço, ELVIRA

    ResponderEliminar
  14. ADELINHA, minha querida, estamos mesmo em maré negra!

    Acabei de ver e ouvir de novo o teu post:o mal não são as religiões(embora eu não siga nehuma), mas sim as paessoas que as deturpam !

    Um abraço forte, amiga

    ResponderEliminar
  15. Pois , já era tempo, sim!

    Mas estamos em plena kaly-Yuga, mesmo a nível mundial...vai ser difícil , mas sairemos disto...embota tema que seja da pior maneira.

    Estreito abraço, LILA

    ResponderEliminar
  16. Querida MANELA, peço imensa desculpa, mas é-me impossível entrar na sua caixa de comentários: vou sabendo o que publica, pois sou sua seguidora.

    Já agora, digo-lhe que gostei muito da foto de Castro Laboreiro e dar-lhe parab+ens atrasados.

    Estes projectos de vida assim tão breves, chocam-nos sempre, concordo.

    Um estreito abraço, querida amiga

    ResponderEliminar
  17. No meu abraço amigo, agradeço e retribuo, linda INÊS

    ResponderEliminar
  18. Querida amiga, Bernardo - além de pianista - era fotógrafo : caiu de uma falésia enquanto tirava fotos para publicar num livro.

    Nisso, creio mais: que partem , para serem poupados ao sofrimento que aí nos está amargurando.

    Um abraço bem estreito, MERY.

    ResponderEliminar
  19. O silêncio , em certos momentos, significa mais, muito mais, que as palavras.

    Estreito abraço, MARIA

    ResponderEliminar
  20. Querida VERA, a morte - única certeza para os er humano - aparece sempre como algo inesperado e injusto.

    Principalmente em pessoas jovens e talentosas, com era Bernardo Sassetti.

    O meu gratissimo beijo, minha amiga.

    ResponderEliminar
  21. Por que a morte nos ronda em qualquer tempo e espaço?

    Uma perda irreparável, como ultimamente temos tido.

    São,começo hoje um continuar de estar e, por isso, não tem linhas demarcantes este meu novo blogue.
    Talvez olhe, muitos dias, para a velha acácia do ontem e para as suas flores e sinta a saudade do céu azul, rendilhado de tons vermelhos, e do sussurro distante do mar, do meu...
    Estou aqui, assim... em http://quem-es-que-fazes-aqui.blogspot.pt/ mais uma vez.

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  22. Porque a morte é a única certeza para o ser humano1


    Já sou tua seguidora: muito sucesso te desejo!

    Um enorme beijo, Laurinha.

    ResponderEliminar
  23. A vida, por vezes, é assim de ingrata.
    Um grande abraço, querida amiga.

    ResponderEliminar
  24. Meu bom amigo, sendo a morte a excluisva certeza que temos, jamais a conseguimos aceitar: em casos assim , menos ainda.

    Bom domingo em companhia dos teus.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...