MALTA

MALTA

sábado, 30 de junho de 2012

"POEMA SOBRE O DESASTRE DE LISBOA"(Excerto)


Ó míseros mortais! ó terra deplorável!
De todos os mortais monturo inextricável!
Eterno sustentar de inútil dor também! 

Filósofos que em vão gritais:"Tudo está bem";
Vinde pois, contemplai ruínas desoladas,
restos, farrapos só, cinzas desventuradas,
as crianças e as mães, os seus corpos em pilhas,
membros ao deus-dará no mármore em estilhas
desgraçados cem mil que a terra já devora,
em sangue , a espedaçar-se e a palpitar embora
que soterrados são, nenhum socorro atinam
e em horrível tormento os tristes dias finam!


Aos gritos mudos já das vozes expirando,
à cena de pavor das cinzas fumegando,
direis: "Efeito tal de eternas leis se colha
que de um Deus livre e bom carecem de uma escolha"?

Direis do amontoar que as vítimas oprime:
"Deus vingou-se, e a morte os faz pagar seu crime"?
As crianças que crime ou falta terão, qual?,
esmagadas sangrando em seio maternal?



Lisboa, que se foi, pois mais vícios a afogam
que a Londres ou Paris, que nas delícias vogam?
Lisboa é destruída e dança-se em Paris.


                              VOLTAIRE

sexta-feira, 29 de junho de 2012

quinta-feira, 28 de junho de 2012

quarta-feira, 27 de junho de 2012

ESPINHELA CAÌDA

" Não é verdade, não pode ser verdade, que os salários tenham subido anos a  fio acima da produtividade com o acordo do patronato e sindicatos. Mas alguém acredita neste suicídio colectivo?

Aliás, nem sequer subiram. Excepto na construção civil e na agricultura.

Na minha aldeia , a espinhela caída servia para explicar doenças sem diagnóstico conhecido. O equivalente é a falta de produtividade: quando alguém não sabe o que dizer, lá vem como causa de todos os males a falta de produtividade."

LUÍS CAMPOS E CUNHA
(Antigo Ministro das Finanças, 7/10/2011)

terça-feira, 26 de junho de 2012

PORTO

  Saindo das Termas de S.Vicente(Pinheiro, concelho de Penafiel) seguimos para o Porto: 




















Depois , foi o regresso às Termas.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

quinta-feira, 21 de junho de 2012

PROFESSOR ANTÓNIO NÓVOA ,LÚCIDO E FRONTAL



Não deixem de ouvir e de reparar nas caras de quem detém o Poder.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

"ATÉ SEMPRE"



Perdeste a lágrima, menino?
Quem afligiu a tua bola?
Pega lá vida, faz o pino:
Sempre o contrário nos consola.

A vida é péla, rasga a vida,
Que em mim, já antes papel é.
Vê como a levo de vencida
Desde que nele escrevo, até...

Sempre, menino, até sempre!
No bibe o corpo; deixa! Lava-se.
E não te esqueças, chuta sempre!
(Não chegou a chorar, mas preparava-se.)

VITORINO   NEMÉSIO

terça-feira, 19 de junho de 2012

segunda-feira, 18 de junho de 2012

sábado, 16 de junho de 2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O HORROR DAS GUERRAS, DE TODAS AS GUERRAS

   

          "Segunda-feira, 8 de Novembro de 1943


É aborrecido ser-se dependente da disposição de momento , aqui no anexo.

De noite, deitada na cama , tenho visões terríveis.Vejo-me na prisão, sózinha, sem meu pai nem minha mãe.Por vezes ando a vaguear por qualquer parte, não sei onde, ou vejo o anexo a arder, ou eles vêm , de noite, para nos buscar. Sinto tudo isto como se fosse realidade e a ideia de que me vai acontecer alguma catástrofe não me larga."


ANNE FRANK

( Junho 1929 - Março 1945) 

quarta-feira, 13 de junho de 2012

SANTO ANTÓNIO EM PÁDUA















 
A Basílica de Santo António em Pádua é conhecida simplesmente por "Il Santo" e objecto de enorme devoção, recebendo cinco milhões de visitantes por ano.

Começou a ser construída em 1232 para receber os despojos mortais de António,frade franciscano nascido em Lisboa e falecido em 1231.

É um edício imponente, que impressiona pela sua grandiosidade.

Neste dia de comemoração do Santo, que melhor memória?