segunda-feira, 23 de novembro de 2015

CITAÇÃO - CARLOS FIOLHAIS

"Queremos curar a economia. Mas para quê?

O que fazemos depois? 

O que nos mantém um conjunto ? É o facto de estarmos à beira-mar?

Que projecto futuro é que nós temos?"



                                                         CARLOS FIOLHAIS 
                                                        ("Visão", 13/11/2015)

28 comentários:

  1. Bom dia São
    Passo para lhe desejar uma excelente semana

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Olá querida, amei o post :)
    Mil beijinhos
    http://teensfashionloom.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem, mas pense no projecto de (seu) futuro.

      Boa semana

      Eliminar
  3. Nenhum projecto!... Sempre navegando à vista... assim andamos à tona... umas vezes emergindo... outras vezes... em demasia... metendo água!...
    Este povo de marinheiros... lá se vai aguentando... com este bando de interesseiros... que é a classe política... infelizmente, de praticamente quase todas as cores... isso é que é o mais triste de constatar...
    Hoje em dia não é a economia, que dita as regras...
    São os mercados, que ditam as regras para a economia...
    A doença da economia... é mesmo essa!... O ter-se deixado a economia para trás... e privilegiando-se o mundo da especulação...
    Beijinhos! Boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo de todo, Ana, com a sua certeira visão do estado do país.

      Esperemos que este Governo de Esquerda indigitado muitissimo a contragosto hoje pelo reformado de Boliqueime funcione até ao fim da legislatura e o melhor possível, para benefício do país.

      Obrigada, também para si,

      Abraços

      Eliminar
  4. Perguntas, São, que às vezes acredito que a maioria das nações se deve fazer, nos tempos que correm. Boa semana, minha amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As perguntas que a esmagadora maioria da classe política deveria fazer , mas não faz, desgraçadamente!

      Boa semana, amigo

      Eliminar
  5. Pois...
    Aí está uma pergunta que todos (penso eu) gostaríamos de ver respondida.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos de acordo, pois em Portugal há muito que não temos visão de futuro, infelizmente

      Boa semana, amiga

      Eliminar
  6. Com futuros presidentes, como o que temos. Não teremos bom futuro. Não ata nem desata, Não me lembro-me de em Portugal, ter havido outro presidente tão casmurro!

    Tenha uma boa tarde amiga São, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cavaco não é um Presidente , é um reformado que ocupa o cargo da presidência e que se porta tão só como chefe da Direita portuguesa.

      Vai acabar trinta e cinco anos de vida política activa sem honra, sem dignidade , sem glória , e sai pela porta dos fundos da baixa Direita...

      Abraços

      Eliminar
  7. Boa pergunta, eu não sei a resposta.
    Eu nunca percebi isto do funcionamento da economia.
    Desejo que a amiga se encontre bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Economia não se deve sobrepor às pessoas , é tão simples quanto isso.. e nestes tempos está acontecendo o inverso.

      Beijinhos e bom serão, amiga

      Eliminar
  8. Totalmente de acuerdo.
    Y después, qué?

    Besos.

    ResponderEliminar
  9. Parece uma adivinha sem RESPOSTA!

    Não temos futuro e temo pelo presente.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O presente talvez agora fique um pouco melhor, embora Cavaco e toda a Direita estejam a minar o chão , o ar e tudo quanto podem...e o reformado de Boliqueime deu tempo para tudo e, para além disso, ainda detém o Ppder durante alguns meses.

      Quanto ao futuro, veremos...

      Abraço de esperança, apesar de tudo, Lisa.

      Eliminar
  10. Sinceramente amiga São, gostava muito de ver no governo, alguém que soubesse responder e resolver estas questões.

    Um beijinho desanimado com o futuro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho esse seu desejo, Fê.

      Esperemos dias melhores.

      Abraço grande, minha amiga

      Eliminar
  11. tenho ouvido poucos discursos acerca do futuro, São.
    Para quem vive no Oriente, e está habituados aos Planos Quinquenais da China, é muito estranho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma das maiores falhas de Portugal é a falta de organização, desde sempre.

      Outra coisa que me aflige é a impunidade, Pedro.

      Acredito plenamente que seja estranho

      Eliminar
  12. Pois uma pergunta infelizmente sem resposta.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E como era necessária, Francisco, essa resposta !

      Obrigada, também para si o abraço e a continuação de semana feliz

      Eliminar
  13. Essa é a voz da sabedoria, com essa frase lapidar.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pena é que quem de direito não responda com visão e certeza.

      Abraço

      Eliminar
  14. Mesmo não tendo visão para uma resposta segura penso que o futuro dos nossos Países não andam em boas mãos e a economia vai de água abaixo...
    abraços São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não sei muito bem a realidade brasileira, mas acho que a corrupção grassa infelizmente em nossas pátrias.

      Beijinhos e bom serão

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...