MALTA

MALTA

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

ATÉ SEMPRE, JOSÉ AFONSO !



Trinta anos se passaram sobre a tua partida!!

Parece, no entanto, ter sido ontem que pelas ruas e praças de Setúbal acompanhei até ao cemitério o teu caixão coberto com um simples pedaço de tecido vermelho.

Onde quer que estejas, Paz e Luz !

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

AUSCHWITZ - BIRKENAU : 27/1/1945


O campo de concentração e extermínio humano de Auschwtiz-Birkenau (Polónia) foi libertado pelo Exército Vermelho em 27 de Janeiro de 1945. 

O complexo era constituído por vários espaços , não se  destinando só a assassinar pessoas. Actualmente, estão visíveis dois deles : Auschwitz ( instalações militares polacas de alvenaria aproveitadas pelos nazis para alojarem os prisioneiros) e Birkenau ( construído pelos prisioneiros de guerra em condições duríssimas  , que provocaram a morte a milhares deles - especialmente sovièticos).

No dia de hoje, setenta e dois anos depois, presto aqui a minha sentida homenagem a TODAS as vítimas de Adolf Hitler e do seu hediondo regime: ciganos, opositores políticos, deficientes alemães, padres católicos, Testemunhas de Jeová, judeus, homossexuais, prisioneiros de guerra, republicanos espanhóis, ....

Comecei a ler sobre a Segunda Grande Guerra ainda adolescente e só francamente adulta fiquei a saber que havia perseguições impiedosas sobre outras pessoas , além dos judeus.

Não posso deixar de dizer que me choca imenso o silêncio sobre a tragédia que se abateu sobre essas vítimas e não consigo entender porque motivo os próprios judeus esquecem e ignoram quem sofreu os horrores que eles próprios suportaram.

Das duas vezes que estive em Auschwitz-Birkenau a angústia que senti foi ainda mais aumentada pela maneira impiedosa e desumana como  Israel submete os palestinianos.

Quem não lembra os massacres dos campos de refugiados de Sabra e Chatila?

Quem esquece  o desrespeito das resoluções da ONU sobre a existência do Estado da Palestina?

Quem não se choca com os bombardeamentos brutais da Faixa de Gaza?

Paz  para TODAS as vítimas !