MALTA

MALTA

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

MENSAGEM DE NATAL











É Natal, amigos!
Sejamos todos irmãos
Para que não haja
"Brancos" e "negros"
Mas seres de coração!

ANTÓNIO JOÃO
( 9 Anos)

Sendo o Natal a celebração da esperança e da alegria inerentes ao nascimento duma Criança, ouçamos as suas palavras neste dia, que vos desejo partilhado em alegria com quem amam!

O meu abraço de estima.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

SABEDORIA



" As ideias de concorrência impiedosa, culto do dinheiro e delírio de poder, que movem o sistema de vida hegemónico no planeta estão caducas: apenas  servem para criar sofrimento. Procurar que o mundo continue a girar nessa direcção já é um anacronismo, como indica Viviane Forrester no seu livro «O Horror Económico», de 1996"

MARGARITA  RIVIÈRE

("O Mundo Segundo as Mulheres")

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

GUSTAVO DUDAMEL , UM CASO DE TALENTO



" Um país sem cultura, é um país sem alma.

A música, antes de mais, deve criar bons cidadãos.

A música é alegria, emoção, uma via para mudar o mundo e não tem limites.

o «sistema», na Venezuela, forma cidadãos responsáveis perante a sua comunidade.

O trabalho em grupo com a orquestra fomenta os valores comuns. Aprendem a ouvir-se entre si, multiplicam a sua sensibilidade, estão centrados na solidariedade, no humanismo.

Não criamos solistas, mas sim músicos para o conjunto."

GUSTAVO DUDAMEL
(Chefe de orquestra venezuelano, 28 anos)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

AMI , UM QUARTO DE SÉCULO


"Só ela, a Espiritualidade, nos permitirá, com os pés no chão e a mente no rodopio das galáxias vencer os desafios globais que venham a surgir e implementar soluções esperançosas que passam pela mais esperançosa de todas : a Espiritualidade Global Fraterna.

Temos que apostar nos Valores Universais, tais como o Amor, a Ética, a Equidade, a Justiça,a Tolerância, o Perdão, a Solidariedade, a Fraternidade, a Dignidade, a Honra e o Civismo...sem os quais nada será possível, nomeadamente o restabelecimento da insubstituível e indispensável confiança entre os Cidadãos, o Estado e o Mercado. Isso também é Espiritualidade..."

FERNANDO NOBRE
(Fundador e Presidente da AMI)

Embora concorde com o Dr. Fernando Nobre quando diz que ficaria muito feliz se a AMI deixasse de ser necessária, quero deixar aqui os meus sinceros parabéns pelo impressionante trabalho desenvolvido nestes vinte e cinco anos.


NOTA:

Para comemorar o seu quarto de século, a AMI promove na Aula Magna da Universidade Clássica de Lisboa em 11/12/2009 um Concerto Contra A Indiferença, pelas 21,30H, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa.

A receita reverte para os projectos em Portugal.

A reserva de bilhetes pode ser efectuada através de  7o7 234 234.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

TOLERÂNCIA



"Que es verdad segura que no podemos creer en Dios, Origen de todas las palabras reveladas, sin convertir nuestro corazón en receptáculo de todas las formas religiosas, de la forma islâmica también."

EMÍLIO GALINDO

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

COMPORTAMENTOS PARALELOS




Ao voar demasiado baixo , esta andorinha foi colhida por um automóvel




O seu companheiro voou em seu socorro, tentando alimentá-la





Infelizmente, sem resultados positivos



Ao vê-la inerte, tentou ainda chamá-la


E parece pedir auxílio


Quando nada a traz de volta, queda-se a olhar para o corpo sem vida.



Se no mundo animal existem exemplos de afeição assim, como é possível tanta indiferença entre os seres humanos?!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

"QUEIXAS E IMPRECAÇÕES DUM CONDENADO À MORTE"




Por existir me cegam,
Me estrangulam,
Me julgam,
Me condenam,
Me esfacelam.

Por me sonhar em vez de ser
Me insultam.

Por não dormir
Me culpam.

E me dão o silêncio por carrasco
E a solidão por cela.

JOSÉ CARLOS ARY DOS SANTOS

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

"SUGESTÃO"

O mar é grande por não ter sentido.

Por ser um verso azul feito de espuma,

E de fúria e de bruma,

E nunca se cansar dentro do ouvido.


MIGUEL TORGA

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

"CANÇÃO DO REGRESSO"








Volto de mãos vazias
Sem ter nada do que quis
Para morrer bastam dois palmos
De terra no meu país


Volto como quem chora
Por um filho que perdeu
Para morrer na mesma cama
Em que minha mãe morreu



Pobre de quem regressa
Ao jardim e acha um deserto
Já perdeu o que está longe
Já não tem o que está perto



LUÍS GOES

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

"RECADO"


Lembra-te
Agora e hoje
Dos velhos
Esquecidos
Na poeira
Do tempo
Com
As mãos trementes
E vazias
De tudo
Porque
É este
O teu futuro
Na gelada terra
Do desamparo.

SÃO BANZA
( "Em Ouro Cru")


NOTA:
Agradeço ao simpático casal que me permitiu fotografá-lo no jardim de Caldas de Vizela (3/10/2009): bem hajam!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

LUCIDEZ

"Nenhuma pessoa sobrevive sózinha.
                                                            
 Nenhuma nação sobrevive sózinha.

E quanto mais o tentarmos fazer, mais guerra estaremos a provocar no mundo."

Reverendo MARTIN LUTHER KING, JR

(1929 - 1968)

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

GUIMARÃES, CIDADE - BERÇO



Estátua de Afonso I de Portugal



Santuário da Penha


Igreja de S. Gualter , com a Penha ao fundo


Castelo

Palácio dos Duques


Igreja de S. Miguel
(segundo a lenda, Afonso Henriques foi baptizado neste templo)


Praça da Oliveira



Três recantos da cidade


Há muitissimos anos que não tinha oportunidade de rever Guimarães.

Fui matar saudades neste fim de semana, mas com mais saudades vim...

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

PERPLEXIDADE


"Há tanta coisa a fazer, meu Deus, e esta gente distraída em guerra !".


ALMADA NEGREIROS

domingo, 27 de setembro de 2009

IMPOSSIBILIDADE


Impossível

Olhar os corpos retalhados

Os bocados que nos falam

Tudo espalhado p´lo solo


Impossível

Mergulhar a dor

Os olhos desesperados

Dúma criança violentada


Impossível

Ouvir sem vergonha

As palavras

Ocas Ganidas

Os políticos sem decoro


Impossível

Não perder humanidade

Sem

Erguer a voz

A cada quotidiano.


SÃO BANZA

( "EM OURO CRU")

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

UMA QUESTÃO DE FÉ




" Os anjos disseram a Maria: Deus te escolheu, te isentou de toda a mancha , te elegeu entre todas as mulheres do universo."


CORÃO 3, 42

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

DEFESA




Cortarei

Os pulsos

Do pudor

Para

Te poder falar

de amor,

Mas

De uma maneira

Que não entendas

( E, assim,de mim
Me defendas)




SÃO BANZA

sábado, 5 de setembro de 2009

POEMA DE PAPINIANO CARLOS

Sob as estrelas, sob as bombas,

sob os turvos ódios e injustiças,

no frio corredor de lâminas eriçadas,

no meio do sangue, das lágrimas,

caminhemos serenos.

De mãos dadas,

através da última das ignomínias,

sob o negro mar da iniquidade,

caminhemos serenos.


Sob a fúria dos ventos desumanos,

sob a treva e os furacões do fogo

aos que nem com a morte podem vencer-nos,

caminhemos serenos.

O que nos leva é indestrutível,

a luz que nos guia connosco vai.

E já que o cárcere é pequeno

para o sonho prisioneiro,

já que o cárcere não basta

para a ave inviolável, que temer, ó minha querida?

Caminhemos serenos.


No pavor da floresta gelada,

através das torturas, através da morte,

em busca do país da aurora,

de mãos dadas, querida, de mãos dadas,

caminhemos serenos!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

ORDEM?


"Os mestres actuais da ordem a todo o preço - as nossas democracias tecno-científicas - avisam-nos de que se sairmos da oredem dos «projectos» arriscamo-nos a cair no caos e tudo perdermos.



Entre a segurança que oferece a ordem, e a insegurança que vem com o caos, não existe outro termo. Como não existe entre construção/destruição, razão/desrazão, lei/crime,democracia/totalitarismo(ou anarquia, etc.



Caminhamos para uma sociedade de antinomias que nos promete o abismo se não seguirmos a única escolha possível, da ordem e da lei. Quer dizer, a única solução das antinomias está na modernização. Solução não imposta de cima por uma instância transcendente, como um Estado ou uma Religião, mas emanando da própria realidade social que visa modernizar-se.

Os nossos mestres actuais da ordem mundial - curiosamente fustigados pelo acaso que recusam - não sabem olhar para as crianças. São elas , as criativas. São livres."



JOSÉ GIL

(Filósofo, Agosto de 2009)

sábado, 22 de agosto de 2009

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA


Viva a criatividade!

sábado, 15 de agosto de 2009

ABAIXO A CRIMINALIDADE NA NET !!


A pedofilia , isto é, o abuso sexual de crianças e adolescentes é um dos mais horrendos crimes existentes!

Não permitamos que a Internet seja utilizada por criaturas perversas e sem escrúpulos para exerecerem a sua maldade sobre seres indefesos!

DENUNCIEMOS!!

domingo, 9 de agosto de 2009

A NOVA PILHAGEM


"A globalização é, com efeito, a pilhagem ecológica da Terra. Uma destruição que desencadeia consequências em cadeia."


IGNACIO RAMONET


( " Guerras do Século XXI")

sábado, 1 de agosto de 2009

AFIRMAÇÃO



Ser só , não é pecado.

Tragédia, é recear a solidão.



SÃO BANZA

sábado, 25 de julho de 2009

DIA DA GALIZA
















ESTRELIÑA DO LUSEIRO

Estreliña do luseiro
e mai-la da claridade
ti ben o debes sabere
cantas horas ten a noite
denantes do amencere.


Se queres que brile a lúa
pecha os ollos meu amor
que mentras os tes abertos
a lúa pensa que hai sol.


Nin pola prata da lúa
nin polo ouro do sol
non te deixo miña vida
non te deixo meu amor.


Canto tradicional galego


Viva a Galiza, tão próxima de Portugal !

domingo, 19 de julho de 2009

"PORQUE..."



Porque foste na vida


A última esperança


Encontrar-te me fez criança


Porque já eras meu


Sem eu saber sequer


Porque és o meu homem


E eu tua mulher






Porque tu me chegaste


Sem me dizer que vinhas


E tuas mãos foram minhas com calma


Porque foste em minh´alma


Como um amanhecer


Porque foste o que tinha que ser.






VINICIUS DE MORAES

domingo, 12 de julho de 2009

FANATISMO E INTOLERÂNCIA

TOLUM: TEMPLO DO DEUS QUE DESCE
CONFRONTO ENTRE O COLONIALISMO ESPANHOL E AS CULTURAS SUL-AMERICANAS

CERCO E DESTRUIÇÃO DAS CULTURAS INDÍGENAS


IMPOTÊNCIA E DOR DO HOMEM-JAGUAR FACE À SOBERBA COLONIAL



México, 12 de Julho de 1562.



Diego de Landa, inquisidor espanhol representando tanto o Papa como o Rei de Espanha, num acto de puro desrespeito humano , intelectual e religioso, destruiu e aniquilou a cultura maia num auto-de-fé gigantesco alimentado por largos milhares de códices.


Teve ainda a perversão e o cinismo de registar por escrito a grande desolação que este crime nefando e bárbaro causou aos nativos.


Como alguém já escreveu, se efectivamente havia influência diabólica na Idade Média, essa encontrava-se no coração, no espírito e na cabeça da Inquisição e de Roma.

Aliás, como sempre tem acontecido.
E AINDA ACONTECE!!