sexta-feira, 22 de julho de 2016

CITAÇÃO - ANTÓNIO GOMES

" A Vida ensina-nos a conviver com uns e a sobreviver sem outros."



                                     ANTÓNIO  GOMES
                                          (7/3/2016)  

segunda-feira, 18 de julho de 2016

NELSON MANDELA

Celebra-se hoje este extraordinário ser humano.

Como ele ficaria satisfeito se a homenagem   incluísse também seguir o seu exemplo de aceitação do seu semelhante e a luta pela liberdade!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

UNIÃO EUROPEIA

 O generoso sonho  de uma União Europeia (UE) solidária e fraterna  está moribundo.

E   agoniza pela ambição política da Alemanha e pela tenaz de aço com que asfixia , com quem a apoia, os países mais fracos , ou seja, os do sul europeu.

O velho objectivo prussiano da Mitelleuropa  que nem Hitler foi capaz de concretizar apesar de lançar o continente numa pavorosa tragédia de sangue e horror, está  a ser agora  a ser realizado por essa criatura sinistra chamada Schauble e por um bando de burocratas não eleitos que se arrogam o direito de esmagar as decisões eleitorais de povos democratas.

Sabe-se que o Reino Unido nunca  aderiu de alma e coração  à UE , mas  é também sabido que nada foi feito para que mudasse de opinião sobre  o projecto.

É compreensível o resultado do referendo pelo qual  resulta o abandono da UE pelo Reino Unido e não creio enganar-me ao dizer que talvez não fosse o único  a fazê-lo se mais referendos se efectuassem.

A cegueira política é de tal ordem que , depois de esmagarem a Grécia, viram-se agora contra Portugal sancionando-o pelo não cumprimento do défice - quando Passos Coelho foi mais além ainda do que as directivas da Troika!!

A fúria subjacente é a de Portugal ter um Governo de Esquerda  e poder provar a existência de uma alternativa à austeridade imposta pela UE.

Tenho a certeza de que se Passos e Portas estivessem no Poder, a UE  não levantaria um dedo  mais uma vez para castigar o país.

Para cúmulo, têm a desfaçatez de afirmarem ter esta medida  o objectivo de ajudar Portugal!!

Porém o que  mais me entristece e enfurece é a alegria com que determinadas criaturas festejam as sanções, pondo a sua opção partidária à frente dos interesses de Portugal.

Não, infelizmente Marine Le Pen tem razão : a UE não tem hipóteses de se reinventar e  neste momento  é tão só um cadáver por embalsamar.