segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

A VÍCTOR NOGUEIRA

`

Tuas palavras de sombra e luz
são tecidas em murmúrios leves
como penas ao sabor da brisa criada por sonhos em movimento.


São Banza



Dedico este poema ao meu caro amigo Víctor, homem de convicções e capacidade de luta.

Aqui vos deixo um dos seus links, que merece ser visitado, acreditem:

http://aoescorrerdapena.blogspot.com/


Fiquem bem!

42 comentários:

  1. Estou certa que esta hoemnagem é merecidissima!

    Pra ti um beijinho de boa semana

    ResponderEliminar
  2. Fermoso poema. Ogalla que os sonhos se poideran poñer en movemento.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. MENINA DO RIO:
    Olá, linda.
    Como é bom ver-te aqui.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  4. NANA LOPES:
    Bem vinda e agredeço as palavras.
    A fico esperando.
    Semana feliz.

    ResponderEliminar
  5. PEDRO OJEDA ESCUDERO:
    Muvhas gracias , Pedro!
    Te aguardo, amigo.

    ResponderEliminar
  6. APÁTRIDA:
    Viva!
    Já tinha saudades tuas, cidadão do mundo!
    Graciñas pelo cumprimento!
    Volta sempre e que a tua semana seja muito boa!

    ResponderEliminar
  7. excelente tributo...

    palavras, valem mais que qualquer imagem...

    abrazo desde 2009 :)

    ResponderEliminar
  8. Vou conhecer o espaço, sim. Uma recomendação sua é a melhor credencial! :) Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  9. MIXTU:
    Bem vindo!
    Agradeço as palavras e espero seu regresso.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  10. +ARABE:
    Agradeço a consideração!
    Víctor é um lutador e defende os mais fracos, isso é o mais importante.
    Boa semana, amigo do outro lado do mar!

    ResponderEliminar
  11. Oie minha amiga linda! Que bela homenagem, viu? Belo poema!
    Que sua semana seja feliz!
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Ter uma amiga como tu é algo de muito...muito especial...


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  13. OLHOS DE MEL:
    Agrdeço o carinho, bela!
    Vem, que te espero!
    Semana boa!

    ResponderEliminar
  14. O PROFETA:
    Meu querido amigo, a tua generosidade iguala a tua poesia tão bela!!
    Gratíssima te fica aminha alma!!
    Semana muito boa para ti!

    ResponderEliminar
  15. Fui visitar e gostei
    Saudações amigas

    ResponderEliminar
  16. C VALENTE;
    Ainda bem que apreciou.
    Abraço-o, meu caro!

    ResponderEliminar
  17. AAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
    Agora percebi. Grato pelo poema, mas se seu for deixar a minha marca espanto os pardais e as andorinhas.
    Nota, o pessoal reparou no teu poema e das duas uma quanto à tua recomendação: ou não digeriu ou então passou lá e ficou sem palavras: ou pk o meu blog não presta ou é tão bom que ficaram sem capacidade de teclar, tal a assombração.
    Na minha opinião os meus versos têm a qualidade que têm e é muita diferente da de outros e só interessam a uma minoria ou a quem é gentil como tu.
    Agradeço à C. Valente a sua visita e as palavras que lá deixou.
    Um beijo para ti e outro para ela.
    Victor Nogueira
    PS - Nenhum dos teus visitantes alguma vez deu pela existência do Ao Sabor do Olhar ou nele participou

    ResponderEliminar
  18. Bela homenagem, já fui ao seu blog e adorei o que vi.
    Jinhos mil.

    ResponderEliminar
  19. Como vês Victor não é por esta ou por aquela pessoa que se repara num blog, mas pelo que está escrito.
    Há coisas que de tão despidas de humanidade nos deixam entupidas para comentar.
    Se fores ao meu e leres o que lá tenho vês por que razão eu não comento certos problemas.
    Bj
    Maria

    ResponderEliminar
  20. VÍCTOR NOGUEIRA:
    Ora pois, uma pessoa inteligente como tu só teria que acabar percebendo!
    Agora, muito francamente te digo que fico esperando que apareças bastantes mais vezes e deixes sinal, isto é, comentários.!!
    Fica bem!!

    ResponderEliminar
  21. MARIA CLARINDA:
    Obrigada pelas palavras.
    Prazer em vê-la aqui.
    Espero o seu regresso.

    ResponderEliminar
  22. FLOR SELVAGEM:
    Já agora, como é que se acede ao seu blog?

    ResponderEliminar
  23. OLá, São
    Não sei se reaparaste, mas o poema que ddicaste a este grão de areia na blogosfera está publicado em Ao Sabor do Olhar
    Bjo
    VM

    ResponderEliminar
  24. *
    sonhos,
    alimento dos pensares,
    ,
    conchinhas
    ,
    *

    ResponderEliminar
  25. VICTOR NOGUEIRA:
    Já lá deixei a minha pegada junto à bela foto com que enfeitsta o poeminha.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  26. POETA EU SOU:
    Olá, Nazareno.
    Estrelas do mar em todos os teus dias!

    ResponderEliminar
  27. Se as palavras dele são assim tão belas quanto dizes deve merecer a pena dar uma vista de olhos.

    Um beijo São

    ResponderEliminar
  28. GI:
    Obrigada por vires.
    Eu acho o Victor uma pessoa interessante, mas tudo é subjectivo...
    Fica bem!

    ResponderEliminar
  29. Agora reparo que me colocaste ao lado do Urbano. Eu sei que escrevo bem, mas não lhe chego aos calcanhares, embora na minha juventude eu e a mãe dos meus filhos fôssemos seus fieis leitores. Mas se quiseres ler textos muito superiores aos meus, procura pelos do meu filho Rui Pedro. Só não gosto do blog dele, que abandonou como faz a tudo na vida, desperdiçando as suas inúmeras qualidades.
    Bjo
    VM

    ResponderEliminar
  30. VÍCTOR NOGUEIRA.
    Muito gosto em ver-te por aqui.
    Eu, tal como tu e a mãe dos teus filhos (não tem nome?) devorei tudo quanto ele escreveu: "Bastardos do Sol" ainda é o meu preferido.
    Procurarei os Textos do Rui Pedro no teu blog.
    Escuta: ela frequentou o Jardim de Infância João de Deus na Estrela e tem muitas sardas?!
    Seria tão bom que sim!!!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  31. Parabéns!

    Um dia, você me visitou www.apoltrona.blogspot.com e não conseguiu terminar de ler uma crônica minha.

    Sugiro que entre na página www.recantodasletras.com.br/autores/wilame
    Lá tem todos meus textos.

    Desculpe, é que sou meu novo em blog.

    Obrigado por ter me visitado.

    Bjo

    ResponderEliminar
  32. WILAME PRADO:
    Que agradável sua visita.
    Volte, sim?
    Abraço.

    ResponderEliminar
  33. Belas palavras, as tuas.
    Que o homenageado, não conheço.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  34. NILSON BARCELLI:
    Graças, amigo.
    Se linkares, ficas a conhecer e farás o teu próprio juízo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  35. Já visitei o teu amigi. LI algumas coisas e comentei e tens muita razão, merece a pena. Já linkei o seu espaço no meu sítio.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  36. Viva
    A mãe dos meus filhos tem nome, mas quando morreu já estávamos divorciados, embora continuassemos uma rara relação civilizada, mesmo depois de ela ter voltado a casar. E encontras fotografias dela nos meus blogs. E bocados das inúmeras cartas que lhe escrevi ao longo de muitos anos.
    VM

    ResponderEliminar
  37. Nota
    O relógio do teu PC não está certo, pois estamos no mesmo fuso horário.
    Já é 1 de Fevereiro - 3:20 e não a que figura no post anterior
    Bjo
    VM

    ResponderEliminar
  38. BRANCAMAR_
    Ainda bem que também o aprecias, linda!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  39. Olá, VÍCTOR,ja´a Brancamar me disse o mesmo tempos atrás, só que ManDrag tentou e não conseguiu e eu é melhor nem tentar...
    Lá hei-de ver os testemunhos da tua paixão.
    Fica bem!

    ResponderEliminar
  40. Agora o relógio já está bem

    Bons sonhos

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...