MALTA

MALTA

sábado, 9 de maio de 2009

TEMPO



" O TEMPO não é mais que uma ilusão ocasionada pela sucessão dos nossos estados de consciência , à medida que viajamos através da Duração Eterna "


Helena Blavatsky

( " Cosmogénese")

62 comentários:

  1. Gostei da definição. Não a conhecia.
    Esta questão traz-me sempre "angustias".
    Sinto o tempo como um mistério e uma evidência! Enfim :)

    beijinho, São

    ResponderEliminar
  2. Oi moça! E ai? Tudo bem?

    A citação é uma verdade, o estado de consciência é que nos leva a essa duração...

    bjs
    O Sibarita

    ResponderEliminar
  3. Amiginha São (sem Fenix...)
    Pois... as coisas grátis nem sempre são de graça...mas muitas vezes fazem rir...
    Não sei se disse alguma coisa com pés e cabeça...ou se meti os pés pelas mãos...
    Mas isso não interessa para nada!!!
    Interessa é que me venhas ver!

    Abraço fraterno
    Botinhas

    PS - GOSTEI MUITO DESTA CITAÇÃO, QUE NÃO CONHECIA.

    ResponderEliminar
  4. Toda a nossa vida é uma viagem no tempo. Quem não lhe dá valor talvez venha queixar-se da falta dele...
    Beijo.
    António

    ResponderEliminar
  5. De passagem temos que arranjar tempo para tudo, que nos identifique como seres bons.
    O estágio está a decorrer com toda a normalidade.
    Ob.
    Depois será a entrega do relatório final.
    Beijinho
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. A civilização Maia tinha três calendários e... bom , eu ainda falarei disso aqui ou no meu outro blogue a propósito de 2012.
    Bom fim de semana, sem a chuva que aqui cai.

    ResponderEliminar
  7. Querido SIBARIRA, bem vindo.

    Sim, o Tempo é eterno e nós também.

    O pior é Kronos, rrrss..

    Que seu fim de semana seja mais soalheiro aí do que aqui em Portugal.

    ResponderEliminar
  8. O tempo... é uma ilusão, todos o admitem.
    Mas dá um nó à garganta, sempre que o sentimos a fugir...

    Como é possível ?

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. O tempo - olha, gostei doq ue li. Mas não se cinge só a isso. A nossa consciência, circunstância é que nos dá a percepção? Bom às tantas é!
    Um beijinho grande e óptimo fim de semana, São

    ResponderEliminar
  10. Amigo BOTINHAS, sempre que posso vou visitar-te.
    Mas Kronos anda a cercar-me sem dó, sabes?
    Viva Kairos e a sabedoria maia!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  11. Caro ANTÓNIO, o tempo é infinito.
    Só que o calandário gregoriano está mal concebido e acaba por nos cortar ligações essenciais.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  12. JO RA TONE
    Agrada-me que o estágio esteja a correr bem:eu também já passei por isso!

    Sim, ´convém que a nossa marca temporal seja positiva!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  13. Isso só acontece, ENTREMARES, porque seguimos uma contagem errada e porque, geralmente, desconhecemos a verdadeira essência da Vida.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. Minha querida LÚCIA, o caminho para atingirmos a consciência da nossa identidade é muito longo e está entravado por enganos.

    Um abraço doce.

    ResponderEliminar
  15. Quando por lá andei também trouxe um... o tempo...

    Sim, é o tempo que nos faz correr, marca pautas, á pressas, agora que olho menos o tempo sou bastante mais feliz.

    O que ainda me preocupa, mas já relativamente é o outro tempo, o climatológico. Dentro de pouco, por aqui, começa a aquecer...

    Um grande abraço e toda a minha estimação

    ResponderEliminar
  16. Sim, se o calor for como o de Sevilha é terrível!!

    E tal como tu também já encaro o tempo com menos ânsia...
    Besos, guapo.

    ResponderEliminar
  17. São, não tanto como em Sevilla, mas já começou a aquecer.
    Ontem já chegamos aos 32 ao meio-dia. Hoje esteve brumoso e desceu a temperatura. Aqui diz-se "-hasta el cuarenta de mayo no te quites el saio" mas alguns dias esquentam bem. De o 1 de julho ao 15 de setembro é para fugir... bom, com a praia ao lado e numa fresquinha, a coisa é superável, mas nos dias de "poniente" nem assim, é a suar todo o dia! Muita humidade.

    Obrigado pelo "piropo"

    Beijinhos de boa amizade

    ResponderEliminar
  18. Olá SÃO
    Venho agradecer a sua ida ao meu "Momentos Perfeitos" para a festa do 1º aniversário.

    No outro blog "Deabrilemdiante" falo de cinema, sou uma cinéfila e gosto de mostrar as histórias que vejo no ecrã das salas de cinema, não gosto de ver cinema em casa. É completamente diferente, não tem nada a ver com aquela sensação de estar numa sala própria com som adequado aos filmes.
    Ainda sou à moda antiga...

    Como alguém diz:
    cá vou deambulando...narrando e elucidando através dos meus blogues.

    Ai...o TEMPO!!!
    O TEMPO VOA...
    nunca chega para fazermos tudo o que desejamos fazer!!!

    Recebe todo o meu afecto num grande abraço.

    ResponderEliminar
  19. São,

    Líndissima fotografia!
    E bela 'noção' de tempo.
    Gostei.

    boa semana
    um sorriso :)
    mariam

    ResponderEliminar
  20. a mi el tiempo es que me falta... por lo visto estoy aquí un poquito "intemporal"...
    Petonets
    Encarna

    ResponderEliminar
  21. São,
    esse é o nome da min ha mãe, com quem acabei de falar agorinha mesmo..., no Brasil....
    Acabo de conhecer o teu blog e gostei do que vi.....
    vou voltar mais vezes
    um grande abraço de
    Maria Filomena

    Ps- vi que você colocou uma poesia de Miguel Torga aqui no seu blog... eu tenho - só que está no Brasil - um livro dele - Antologia Poética - onde há uma pequeníssima poesia (no tamanho) que fala sobre a vida e carneiros...., salvo engano...
    tenho procurado pela internet sobre essa poesia, contudo não a acho...
    Você a tem??????
    se a tiver, gostaria de a obter.... objetivo - bordá-la em ponto cruz....
    ouro grande abraço ...

    ResponderEliminar
  22. Querida Sao,

    Profunda...muy profunda esta definicion del tiempo.

    Tu post deja una gran reflexion.

    Un beso...atraves del espacio y del tiempo.

    ResponderEliminar
  23. tamen e unha pequena tortura cando es conscisnte do pouco que tes i as limitacions que te impon....

    encantoume a reflexión

    apertas sao

    ResponderEliminar
  24. Reflexão interessante, sim. Mas prefiro pensar que o tempo faz parte do mar do Universo, onde seguimos mergulhados... sempre. :) Boa semana, amiga!

    ResponderEliminar
  25. Reflexão interessante, sim. Mas prefiro pensar que o tempo faz parte do mar do Universo, onde seguimos mergulhados... sempre. :) Boa semana, amiga!

    ResponderEliminar
  26. *
    o tempo
    é a ilusão da vida . . .
    ,
    conchinhas,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  27. Um dia comprei a obra da Blavatsky.
    Por uma razão ou por outra nunca cheguei a pegar nela... Gostei desta definição do tempo. Vou procurar esses livros...
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  28. O tempo é mesmo uma ilusão...mas o safado (ele ou aquilo a que se chama tempo) está sempre a acompanhar-nos, ao nosso lado, assim pertinho, pertinho...
    Como nos vermos no meio disto?

    ResponderEliminar
  29. não sei se a duração será eterna, mas que o tempo é determinado pelos nossos estados de alma, disso não tenho dúvidas
    beijos

    ResponderEliminar
  30. Sobre o Tempo num post que fiz, aquando o iniciar do meu BLOG, por uma situação minha vivida.

    "Tempo no tempo. Só 5 minutos! ... e passou.
    Não, mais 3 minutos... mas que stress, ufaaa!
    O relógio não parou e o tempo passou...
    Terminou o Tempo, e vai voltar outro tempo.
    Vai voltar outro tempo... porque o Tempo não pára!
    Hoje, este foi o meu tempo mais REAL no TEMPO."
    Ellen.


    E bela frase escolhida a sua!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  31. Olá, bela definição...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar
  32. Eis então a definição logosófica, blavatskiana do tempo. Muito bem, desconhecia-a. Dá que pensar. Perfeitamente compatível com a que se encontra em Platão: "tempo: imagem móvel da imóvel eternidade".
    Gostei de ter vindo hoje aqui.
    Do Brasil, meus cumprimentos.

    ResponderEliminar
  33. Caro DUARTE, essa mistura de calor e humidade é de arrasar...
    Um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  34. Já somos duas à moda antiga...rrrsss

    Sim, Kronos é um ditador impiedoso, que me escraviza nestes dias agora!

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  35. Obrigada. MARIAM.

    Bom tempo para si!

    ResponderEliminar
  36. ENCARNA, guapa, pois neste momento , o tempo me é de uma grande escassez também

    Bom fim de semana para vosotros.

    ResponderEliminar
  37. Bem vinda é e será, MARIA FILOMENA!

    Se me der mais pormenores acerca da poesia de Torga , a colocarei aqui para que a possa copiar.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  38. Através do tempo e da distância, retribuo o abraço, meu querido Ricardo.
    Ainda bem que te agradou o post...

    ResponderEliminar
  39. Caro EX TRAñO os Mais tinham um calendário constituído por várias partes , para corresponder *as várias caracterìsticas daquilo a que chamamos tempo, por esse motivo mesmo.

    Apertas.

    ResponderEliminar
  40. ÁRABE, querido amigo, o Tempo ocidental está mal eleborado e nos leva à angústia ...
    Te desejo feliz final de semana.

    ResponderEliminar
  41. Olá, POETA!
    Mas uma ilusão que jamais acaba...
    Fica bem.

    ResponderEliminar
  42. Olá, VITOR!
    Eu já li a obra dela há muito tempo e considero -a importante, embora não seja muito fácil...

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  43. Eu ainda abordarei o conceito maia de Tempo...
    Bom fim de semana, MAGMAY!

    ResponderEliminar
  44. Pois, CARLA, isso é o chamado tempo psicológico...

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  45. Bem vinda, ELLEN!

    Fico contente por ter apreciado.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  46. Bem vindo NEO ORKUTEIRO agora e no regresso.

    Mas conhece a obra da autora?

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  47. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  48. São : Muito profunda esta frase! Não conhecia. Uma coisa é certa: o tempo não voltra atrás.

    Gostei muito do teu blogue. Aproveito para te convidar a falar sobre a aldeia da tua vida. No blogue da Marta falaste nos Açores.Por que não falar de uma aldeia dos Açores? Há lá aldeias tão bonitas! Se conheces pessoalmente alguma, partilha connosco na blogagem!

    Passa por lá e inscreve-te!


    Bjs Susana

    ResponderEliminar
  49. Um Violoncelo reage ao toque
    Vibram as cordas, solta-se a melodia
    Das mãos escultoras das notas
    Saem afagos de sonora magia

    Uma alma reage aos acordes
    Um coração bate ao compasso
    Uma voz entoa dolentemente
    Um corpo deseja o abraço



    Um feliz fim de semana


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  50. Amiguinha São
    Fico tão contente quando "ouço" essas risadas!
    Obrigado.

    Abraço fraterno
    Botinhas

    Tou quase a chegar a csa :)))

    ResponderEliminar
  51. Amiguinha São
    Boa noite, até amanhã.

    Abraço fraterno
    Botinhas

    ResponderEliminar
  52. Bem vinda , SUSANA.
    Já me inscrevi, maS nas minhas condições, rrrss

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  53. Pois já te fui comentar...
    Fica bem.

    ResponderEliminar
  54. Já te deixei o meu voto, Botinhas.

    ResponderEliminar
  55. Ah, esqueci-me: e não comentas o Tempo?
    Abraços, BOTINHAS.

    ResponderEliminar
  56. Obrigado pelo teu voto, amiguinha São.

    Desejo-te um óptimo fim de semana, companheira.

    Abraço fraterno
    Botinhas

    ResponderEliminar
  57. Nada a agradecer.
    E, desculpa, já comentaras o Tempo...


    Só não me peças money : não tenho, rrrssss

    Besos.

    ResponderEliminar
  58. também tenho uma "coisa" dessas, um relógio assim, trouxe do méxico, acapulco, há uns 14 anos...
    é assim, o tempo!!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  59. São, sou uma completa apaixonada pelo tempo, sua sabedoria, seu poder de cicatrização. Beijos. Uma boa semana pra você.
    www.manualdoinseguro.blogspot.com
    oadestradordesentimentos.blogs.sapo.

    ResponderEliminar
  60. Olá, xará!
    Eu trouxe a imagem de um deus( aliás, já coloquei a foto aqui) e uma medalha com o calendário, além de livros.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  61. MANUAL DO INSEGURO
    O tempo é o grande e verdadeiro Mestre...
    Um abraço.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...