sexta-feira, 18 de novembro de 2011

QUE DESVERGONHA, PEDRO MIGUEL!!


Esta criatura chama-se Pedro Miguel Silva Martins  e é actualmente Secretário de Estado do Emprego no Governo de Passos Coelho.

Acreditem ou não, afirmou que o ordenado mínimo português - abaixo dos quinhentos euros (cem contos , na moeda antiga) - não é baixo!!

Teve também a peregrina ideia de desproteger os trabalhadores mais antigos aquando dos despedimentos, que começarão , aliás, a ser mais fáceis!!

Deixo à vossa consideração os comentários, pois eu não tenho palavras nem termos para classificar o rumo que o país está tomando.

48 comentários:

  1. São,
    No Brasil o salário mínimo é coisa de 200euros, enquanto o salário de um congressista é coisa de 6500euros, fora as "ajudas de custo" que recebe. A cada ano é um drama para o congresso aumentar em alguns trocados o salário mínimo, enquanto reajustam-se os próprios salários sem qualquer constrangimento.
    Levando-se isto em conta, eu só posso unir a minha indignação à sua.
    Beijo!

    ResponderEliminar
  2. Lábios finos e olhar incisivo. O homem não tem bom aspecto por fora e isso parece reflectir o que lhe vai na alma: perfídia.
    Essas criaturas deveriam viver com aquilo que eles impõem aos outros.
    Estou como tu, a raiva me sufoca e cala qualquer comentário. E para não entrar no insulto...

    Um abraço solidário, querida Amiga

    ResponderEliminar
  3. Esta gente é gente sem alma.
    Para eles não somos pessoas, mas apenas números incómodos, que há que abater.
    Primeiro os mais velhos, depois os outros.
    Não passam de ladrões sanguinários. Roubam-nos o presente, torturam-nos o futuro.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Volto para lhe dizer que o selo do 4º aniversário do São já está na minha cubata. Espreite!
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Querida São, não foi este que disse que se os jovens não encontrassem emprego em Portugal, poderiam sempre emigrar?!

    ResponderEliminar
  6. Sãozita
    Fico deprimida ao ouvir certas coisas, como eu gostava de ver certas pessoas tais como eles a viverem com do rendimento minino pelo menos uns 6 mesitos, para veren e sentirem na pele o que é necessidades.
    Beijinho bfs

    ResponderEliminar
  7. Meu caro Pensador, mas será que os políticos foram todos clonados?

    Eu lembro-me da discussão sobre o ordenado mínimo a decorrer quando estive em Fortaleza e fiquei arrepiada pelo baixo valor do mesmo.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. MANDRAG, de facto a única coisa que me satisfaria seria obrigar esta gentalha sem escrupulos a viver nas mesmas condições em que obrigam as pessoas a viver!!

    Falam do que não sabem!

    Bom fim de semana, amigo.

    ResponderEliminar
  9. Caro Carlos, só falta decretar a escravatura legalizada.

    Como muito bem diz, estas criaturas não têm alma.

    Nem coração nem valores!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. Já espreitei, meu amigo!

    Aqui lhe deixo o meu grato abraço, CARLOS!

    ResponderEliminar
  11. Não, minha querida MANELA, esse pode vê-lo no post antes do anúncio ao almoço e chama-se Mestre, sendo também Secretário de estado...mas da Juventude. Que está muito bem entregue, não haja dúvida...

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. ADÉLINHA, penso exactamente como tu!

    Estas criaturas deveriam sofrer dificuldades a sério , para saberem o que estão a impor às pessoas sem sentirem ponta de remorsos!

    Um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. =O k idiotice! pra ele k nao lhe deve faltar nenhum!! pff

    beijinho e bom fim de semana ;)

    ResponderEliminar
  14. leio aí em cima: perfídia!

    não encontro melhor síntese.

    abraços

    ResponderEliminar
  15. ♡°
    º✿
    º° ♥✿
    Olá, amiga!
    Isso até dói, né?
    É um salafrário mesmo.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil

    ❣✿

    ResponderEliminar
  16. Como diz o poeta, São, esgotámos as palavras! Agora só nos resta a raiva e a luta!

    ResponderEliminar
  17. Olá São...

    Depois de uns mesinhos a viver com o ordenado mínimo, era capaz de não estar com aquelas bochechas tão rosadas e ar de sacana.

    Bom fim de semana
    Bj e kandandos

    ResponderEliminar
  18. Nem vale a pena comentar-se tristezas destas no nosso país..Pelo menos, eu já nem tenho palavras para tal.

    Beijo **

    ResponderEliminar
  19. Pois imagine como é que se encontra a geração que fez o 25 de Abril!

    Mas é bom saber da sua perplexidade, porque é sinal de que está atenta e disposta a lutar.

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  20. Caro GUMA, se isso fosse possível seria uma dos meus mais ardentes desejos realizado, podes crer!!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  21. Políticos... como as ervas daninhas: iguais, em todos os cantos do mundo. :( Boa semana, amiga; fica bem!

    ResponderEliminar
  22. Acabei de ler o teu emocionante e belo texto...que pena os políticos não terem a tua sabedoria,meu querido Swami!

    Bem hajas, amigo.

    ResponderEliminar
  23. E dura luta, JUSTINE!

    Roubei o teu belo texto de sábado, se não permitires avisa-me, sim?

    Um abraço solidário nestes tempos difíceis.

    ResponderEliminar
  24. Acrescento malvadez e insensibilidade.

    Boa semana, HERÉTICO.

    ResponderEliminar
  25. Linda INÊS, estes escroques são isso mesmo: salafrários sem ética nem alma!

    BExcelente semana, minha amiga.

    ResponderEliminar
  26. Bem vinda VIOLET!

    Para ela 500 euros não chegam para um quarto de hotel, certamente...mas para os outros é demais!!

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  27. sem mais palavras, que as vergonhas são demais e já me cansam!!!
    é assim, minha irmã...
    uma tristeza!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  28. Até quando, minha querida mana, até quando teremos que aturar isto??

    Que tenhas uma excelnte semana, xarázinha.

    ResponderEliminar
  29. Não deve ser maior do que o meu...

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  30. Devia ser obrigado a viver com ele no minimo o tempo da legislatura. Sem poder recorer a mais nada
    Um abraço

    ResponderEliminar
  31. Olha...se ele tivesse que viver um mês com esse dinheiro...depois conversavamos...

    Bj

    ResponderEliminar
  32. Olá São,

    Venho deixar um kandando e reparo que o Pedro Miguel ainda está aqui parado e sem gastos como está na foto de tua postagem, assim até talvez consiga viver com o ordenado mínimo. Destrona-o por favor, ufa!

    Beijo e meu kandando

    ResponderEliminar
  33. Justa a sua sentença,muito justa até, ELVIRA!

    Abraço grande, linda

    ResponderEliminar
  34. ISABELINHA, o senhor deveria viver o resto da vida com quinhentos euros / mês, exclusivamente!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  35. GUMA, meu amigo, as minhas postagens aqui são semanais: mas , como podes ver, já atendi o teu pedido, rrss

    Uma noite serena.

    ResponderEliminar
  36. Querida Sao, de acuerdo contigo. La injusticia social parece ser el denominador comun. Un abrazooo

    ResponderEliminar
  37. Uma lástima, esta classe que nos esmaga, meu querido amigo.

    Abrazo firte.

    ResponderEliminar
  38. Como podem estas mentes perversas estar num governo, pelos disparates numa democracia era corrido, mas a cambada é toda a mesma
    Saudações amigas

    ResponderEliminar
  39. Olá bom dia, venho através da Turista!
    Realmente eu gostava era que o ordenado dele fosse menos de 500,00€ e aí sim depois queria ver ele a queixar-se!

    ResponderEliminar
  40. Querida Amiga

    Ainda bem, folgo mesmo bastante de poder ser rica!
    Olha se eu ganhasse mais?
    Passaria a milionária, ou seja algo parecido com quem é banqueiro ou gestor...(?)
    Tenho pena dos mais pobres, mas mesmo assim, sempre posso ajudar...olhe se eu não fosse tão rica?!

    Aconselho-a a ler o "dia da serpente" e "os segredos do apocalipse" do visionário e espiritualista, antigo colega de Comunicação Social, de pesudónimo: Vitor Mendanha - sempre perseguido...por sinal!
    E também foi "sempre muito rico"!
    Depois de ler poderá aperceber-se do rumo que não só Portugal está a levar , mas o mundo velho, idem.

    Abraço meu com ternura
    Companheira
    Namaste

    ResponderEliminar
  41. Minha Amiga

    Voltei aqui, porque li o comentário que devolveu á Adelinha e leva-me a perguntar-lhe, onde é que pára essa Sabedoria?
    Mas é claro, que todos esses vão ficar a pão e água, se é que ainda no tempo que está para vir, eles conseguem beber ainda água e comer o pão que lhes será servido e amassado por quem eles se vergaram!

    Há coisas que estão escritas e a PALAVRA não mente!
    Se ainda cá estivermos, verá com os seus proprios olhos o que vai ser de todos esses! Todos!

    Um gesto sereno e paz no coração, sim? Senão vamos nós também pelo cano...de tanta indignação e dentes cerrados.
    Companheira, ciao

    ResponderEliminar
  42. Errata:
    No meu 1º comentário escrevi:
    olha se eu ganhasse mais?
    queria dizer:
    olha se eu ganhasse menos?!

    Isto só para rir...porque se assim não fosse....
    ainda bem que sabe das coisas e assim avaliar-me melhor.

    Beijoooooos

    Namaste

    ResponderEliminar
  43. O que mais me indigna é que foi para lá porque o povo portugu~es votou PSD!!!

    Um abraço, C. VALENTE

    ResponderEliminar
  44. Bem vinda, ESTRELA!

    Pois, também acho que estas criaturas deveriam ser obrigadas a viver com o actual ordenado mínimo até morrerem!!

    Espero vê-la aqui sempre, rrss

    ResponderEliminar
  45. Querida NÉZINHA, venho de me deliciar com a belissima paisagem !

    Já li muita coisa de Mendanha, que não conheço pessoalmente, que eu saiba...

    Amiga, um apertado abraço.

    NAMASTÉ!

    ResponderEliminar
  46. NEZINHA, minha companheira e amiga, tem toda a razão e eu sei que estas criaturas vão colher o que semearam.

    Mas, por vezes, não há sabedoria que me valha de tanta indignição !!

    Prometo: vou tentar aguentar com mais serenidade.

    Um milhão de beijos.


    NAMASTÉ!

    ResponderEliminar
  47. NEZINHA, por mim não valeria a pena, porque percebi a gralha, rrs

    Abraço grande

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...