segunda-feira, 14 de agosto de 2017

MATANÇA DE BADAJOZ

A 14 de Agosto de 1936 a coluna militar comandada pelo franquista Juan Y. Blanco  toma Badajoz, no contexto da Guerra Civil Espanhola.

Foi o culminar da sua vinda desde Sevilha, deixando atrás de si um doloroso rasto de assassínios, saques e devastação.

Imediatamente após a entrada na cidade, as tropas revoltosas da facção de Franco começaram um massacre brutal e sem tréguas da população civil.

O cemitério, as ruas  e a praça de touros ficaram  a transbordar  de cadáveres.

O jornalista Mário Neves, então com 24 anos  e correspondente do "Diário de Lisboa", escreveu em 17 de Agosto aquela que seria a sua derradeira crónica denunciando a  barbaridade do que estava  a ser feito na cidade da Estremadura e desmascarando também a falsa neutralidade portuguesa, pois a polícia devolvia os fugitivos - sabendo perfeitamente qual o seu destino .

A crónica não chegou a ser publicada, porque Salazar não o permitiu e o jornalista teve problemas sérios, como se imagina.

Pessoalmente, vi um documentário sobre este crime de guerra onde Mário Neves acedera  a regressar a Badajoz pela primeira vez  após muitas décadas e  ainda era bem patente  a sua emoção.

Sobre  esta coluna militar e os seus excessos recomendo vivamente a leitura de  "La Columna de la Muerte", de Francisco Espinosa, obra muito bem fundamentada na sua pesquisa histórica.

Como Vanessa Redgrave, "Eu não esqueço que o fascismo pode regressar".
               

                                  



18 comentários:

  1. Respostas
    1. Estamos a esquecer demasiado depressa as barbaridades de que é capaz a extrema-Direita...

      Beijinhos , amiga

      Eliminar
  2. Olá São!
    Gostei muito deste seu artigo sobre a "MATANÇA DE BADAJOZ", numa época muito difícil para os espanhóis, que não puderam contar com a ajuda do governo português, quando fugiam da Espanha, onde eram perseguidos. Um belo texto. Parabéns.
    Uma ótima semana.
    Meu abraço.
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, Salazar - além de apoiar Franco e deixar os seus apoiantes moverem-se em Portugal como se estivessem em Espanha na perseguição e captura de fugitivos ( faz lembrar a Operação Condor , de má memória) - enviou para serem fuzilados oposicionistas portugueses, alguns sem terem atingido a maioridade!!

      Um bom fim de semana e um abraço muito grato

      Eliminar
  3. Triste verdade, São: difícil dizer a que atrocidades pode chegar o ser humano, quando se envolve na busca desenfreada por dinheiro e poder! :( Boa semana, amiga; meu abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As ditaduras, seja qual for o seu sinal político, são sempre péssimas !!

      Abraço carinhoso e feliz final de semana

      Eliminar
  4. Que a memória não se apague nem se perca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo farei para que estas barbaridades não sejam esquecidas

      Eliminar
  5. Essa, uma das muitas matanças que regaram de sangue este País onde vivo e que tu visitas com frequência.
    Abraços de vida, querida amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo mio, triste acontecimento o de Barcelona...

      Sim, a Espanha está empapada em sangue - com a agravante de que a Guerra Civil só acabou com a morte de FRanco

      Fuerte abrazo, querido Duarte !

      Eliminar
  6. São
    Como me movimentei muito no meio de editoras e jornais, depois da Revolução de Abril vim a conhecer bem Mário Neves, mas não sabia dessa dessa dele ter feito reportagens da guerra Civil de Espanha, de tão má memória.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fez e ficou combalido com tudo quanto presenciou, infelizmente.

      Abraço de boa semana

      Eliminar
  7. Adorei o post, São!... Confesso, que não estava muito por dentro deste acontecimento...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se as televisões nos falassem mais destas tragédias e muitissimo menos de futebol...

      Grato abraço , Ana, até Setembro !

      Eliminar
  8. Fascismo e outros terrorismos...o homem no seu pior :((
    beijinho amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabei de chegar da Europa Central, zona que sofreu as ditaduras branca e vermelha : horrores que deixam marcas evidentes nas pessoas ...

      Boa semana, Graça, e abraços

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...