sexta-feira, 17 de setembro de 2021

"INCERTEZA" - MÁRIO MARGARIDE ( 26/8/2021)

 Ouço vozes que me falam

Cheiro os ventos da mudança 

Sigo sinais que orientam

Procuro o tempo da esperança


Os ventos... nada me dizem

Das vozes, não ouço nada

Os sinais, não me conduzem

De esperança, pouco ou nada


Seguindo sinais e ventos

O incerto é a minha morada

Por muitas vozes que ouça

Não me conduzem a nada...

38 comentários:

  1. Olá, amiga São!
    Fico muito grato pela partilha e divulgação deste meu poema.
    Que continua na sua essência, muito atual.
    Continuamos de facto à procura, de uma verdadeira estrada com rumo certo e seguro, mas ainda não vimos nada...
    Muito Obrigado, amiga São, por esta agradável surpresa.

    Votos de uma excelente semana, com muita saúde!
    Beijinhos, de carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A tua poesia merece a divulgação.

      E este poema tocou-me particularmente...porque a incerteza faz também é parte minha.

      Beijinhos e excelente fim de semana, meu amigo :)

      Eliminar
  2. Bello poema la vida es una eterna incertidumbre. Te mando un beso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade , a única certeza que existe é a da Morte.

      Bom domingo.

      Te abraço.

      Eliminar
  3. Olá, São, você trouxe o nosso amigo Mário Margaride, um poeta que emprega palavras certas, significativas e objetivas, e que domina vários temas com muita elegância! Que bom ver o amigo Mário por aqui, é uma homenagem à sua poesia, à sua escrita elegante.
    "Incerteza" é um pouco triste, tanto quanto belo!
    Desejo um feliz fim de semana pra você!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente por termos o mesmo apreço pela escrita do nosso amigo Mário!

      Beijinho e excelente domingo :)

      Eliminar
  4. Un buen poema.
    Yo siento algo parecido.

    Besos.

    ResponderEliminar
  5. Linda poesia!
    Te desejo ótimo fim de semana,São! beijos, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que te agradou!


      Beijinho amigo, bom domingo :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. "E o vento cala a desgraça e o vento nada me diz "...

      Nunca temos respostas.

      Abraço e bom domingo :)

      Eliminar
  7. Bom dia
    Poema pequeno mas com muita intensidade.
    Gostei

    JR

    ResponderEliminar
  8. A incerteza... é o que mais temos de certo nesta nossa vida, passagem... seja qual for o termo, com que mais nos identifiquemos!
    Gostei imenso do poema! Podemos não apreciar a incerteza... mas no fundo é sempre ela, que nos dá os melhores instrumentos para sabermos contornar os obstáculos e contrariedades da vida, mantendo-nos sempre em modo de alerta...
    Beijinhos, São! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Vida a única coisa que de certo nos oferece é a Morte....todo o resto é caminharmos no escuro!

      Beijinho, Ana, bom domingo :)

      Eliminar
  9. Eu concordo que assim é
    Porque a névoa é espessa.
    Mesmo com muita Fé
    Tenho pena que aconteça.

    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Sim, vivemos mesmo sobre a corda bamba...

      Beijinho, bom domingo :)

      Eliminar
  11. A veces la incertidumbre marca nuestro caminar, querida amiga.
    Un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo e isso á ainda mais verdadeiro nos tempos que correm...

      Amigo mio, te abraço, bom domingo :)

      Eliminar
  12. Bonito! Grande poeta! Gosto bastante de o ler!
    .
    Se o sol sumir num dia, noutro voltará ...
    .
    Beijo, e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom termos esse gosto compartilhado.

      Beijinho, Ci, bom domingo :)

      Eliminar
  13. O nosso amigo comum, MÁRIO MARGARIDE , merece todo o destaque e divulgação.
    Todos os seus poemas têm a profundidade de alguém sabedor, observador e questionador da vida.
    Este que escolheste amiga São, revela tudo isso.

    Beijinhos para ambos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de que pensemos o mesmo acerca de Mário!

      Abraço grande, bom domingo :)

      Eliminar
  14. Mário Margaride, é sem dúvida, um poeta de eleição e de superior estrutura poética.
    .
    Fique feliz … cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  15. wind just wind... sometimes.

    Nice poem... thanks for sharing.

    ResponderEliminar
  16. Es verdad lo que dice este poema, Sao. La humanidad vive en eterna incertidumbre, vive en angustia, porque cuando creemos haber alcanzado el rumbo verdadero, luego vienen las dudas. Así somos desgraciadamente. Gracias por compartir estos versos. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo contigo.


      Na Vida , não existe nunca a certeza de nada...excepto da Morte.

      Te abraço, INgrid, bom domingo

      Eliminar
  17. São
    Uma boa escolha.
    Gostei muito do poema, é excelente.
    Boa semana com muita saúde e harmonia
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom saber que apreciamos ambas a poesia de Mário.

      Excelente semana com paz e saúde para ti .


      Te abraço :)

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

CITAÇÃO : ADORNO, FILÓSOFO ALEMÃO, 1949

 "Escrever poesia depois de Auschwitz é bárbaro e a educação tem como objectivo que se não repita!"