sábado, 16 de fevereiro de 2008

PARA MANDRAG

Será, Senhor dos Dragões, que a dúctil fragilidade
das asas orientais das libélulas suportam o peso da realidade
tombando concreta por sobre os contornos do sonho?...



O poema é dedicado a um Amigo de longos anos, em partida para o Brasil em definitivo ( é essa a intenção, pelo menos).

32 comentários:

  1. Caramba,

    que poema bonito! Parabéns.
    Vou seguir pelo seu blog.

    Abração

    ResponderEliminar
  2. DAURI BATISTI:
    MUITO GRATA.
    Agora que me descobriu, não deixe de regressar!
    Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Que bonita forma de dizer: que sejas feliz nesta nova estapa!

    beijo

    ResponderEliminar
  4. Uma pergunta impossível de responder, pela profundidade que tem, pela beleza que encerra.
    Uma linda dedicatória.

    ResponderEliminar
  5. os contornos dos sonhos

    a viagem...

    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  6. DAURI BATISTI:
    Bem vindo será.
    Também o lerei com gosto de novo. Fique bem.

    ResponderEliminar
  7. SILVIA MADUREIRA:
    Obrigada e oxalá as coisas corram bem!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  8. DESAMBIENTADO:
    Muito amável, obrigada!
    Bom fim de semana, aí nessa terra linda dos Açores...

    ResponderEliminar
  9. MIXTU:
    Os contornos dos sonhos , geralmente, são quebradiços por natureza...
    Saludos.

    ResponderEliminar
  10. Pois era são um avião eu n digo mas se me disseres uma avioneta ou mesmo um balão parecia-me uma boa ideia. passa la pelo meu espaço. saudações.

    ResponderEliminar
  11. TEMPLO DO GIRALDO:
    Quando quiseres , podes também regressar .
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Mostras como é bonito amar com amizade e esta homenagem a um amigo.
    Enobrece quem assim envia uma mensagem de amor e fáz feliz a quem a recebe.

    Parabéns a ambos que sabem estar na vida ao distribuir sentimentos tão Sublimes...

    Para ti São bom fim de semana.

    Bjnhs

    ZezinhoMota

    ResponderEliminar
  13. Linda homenagem a um amigo.

    Estou a atravessar uma fase muito negra na minha Vida...não quero perturbar os amigos virtuais que me visitam, só peço a vossa opinião.

    Cada dia é mais difícil entender o ser humano, sinto-me só no Mundo, muito só. Sejam homens ou mulheres.

    Não te estou linkando, porque não sei fazer isso, mulher burra você vai pensar...pois, não sou burra de todo, apenas há coisas informáticas que não sei fazer, só isso.

    Beijos.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. ZEZINHOMOTA:
    Obrigada, amigo.
    Como gosto muito de te ver por aqui, fico esperando o regreso, ´tá?
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  15. KALINKA:
    Se conseguiu linkar os blogues que tem no lado direito do seu, também conseguirá linkar o meu.
    Nós nunca estamos sós, minha cara, estamos sempre na melhor companhia, isto é, a nossa!
    Nunca esqueça a minha divisa: "Antes só que mal acompanhada"!!
    Fique bem, porque está consigo mesma!!

    ResponderEliminar
  16. Obrigada pelo teu simpático comentário em meu blog...faz-me sentir bem...muito bem...

    beijoca

    ResponderEliminar
  17. SILVIA MADUREIRA:
    Eu é que agradeço a amabilidade de aqui vires , linda!
    Mas , o que te disse é verdade.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  18. São, desculpe voltar cá, mas...em 2006 escolhi uma boa psicoterapeuta e fiz umas largas sessões! Levei a sério, sim, mas ela queria que fosse eu a dar-lhe as respostas sempre que eu a interrogava, não senti grande ajuda, saí de lá mais baralhada do que quando comecei.
    Depois, pode ter a certeza que «ninguém é igual a ninguém» o que lhe fez bem a si, pode não resultar comigo!!!
    Li o seu conselho e tem toda a lógica (até aí os meus neurónios ainda chegam):
    Para me linkar só tem que fazer o mesmo que fez com os blogues que linkou aí na barra lateral , não é?
    MAS...não fui eu que linkei, sempre foi a m/sobrinha que fez tudo a nível de template no meu blog, eu sempre fiz os posts,lógico...porque não sei fazer as outras coisas.

    ResponderEliminar
  19. Olá São,

    Muito Obrigada por me ter visitado!

    E foi com enorme prazer que descobri também os seus " cantinhos"!!

    Certamente... que o seu blog, será um dos escolhidos para visitar e deliciar- me com o que partilha connosco.

    Bom fim de semana.

    Beijos da

    Maria

    ResponderEliminar
  20. São!
    Que linda surpresa o dia de hoje me reservou! Num comentário teu descobri que escrevias poesias, visitei todos até te achar! Escreve poesias é modo de dizer!
    Escreve sentimentos vestidos de poesia... Adorei! E, esta em especial é quase um lamento, é como se dissesse está indo, mas, não vás...
    Beijos!

    ResponderEliminar
  21. KALINKA:
    Se a aborreci de algum modo , pode crer que não era essa a intenção.

    De informática, é impossível que entenda menos do que eu, que nem consigo sequer colocar uma foto no corpo do texto, por mais que tente.E que só ontem(!!!) consegui acertar o fuso horário.

    Quanto à psicoterapia , tem razão : não há panaceias universais.
    Eu compreendo que tenha ficado baralhada, mas uma coisa somos obrigadas a aceitar: as respostas estão mesmo dentro de nós. Porque, como muito bem diz,"ninguém é igual a ninguèm" e as respostas da sua psicoterapeuta não eram as suas.
    A única coisa ( e é muito) que a psicoterapia faz é ajudar a pessoa a rever situações, a encará-las de outro ângulo e, na maioria das vezes, a dar-lhe um significado completamente diferente.
    Como Sócrates afirmava nestes casos , faz-se um trabalho de parteira: ajuda-se a pessoa a reflectir, a pôr cá fora o que sente.
    Acredite que não é tarefa fácil, porque~dá muito menos trabalho transmitir os nossos próprios conceitos do que estar à espera do que vem do outro lado.
    Espero v^-la cá sempre!
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  22. ECOS:
    Maria, agradeço a sua gentileza e fico esperando por si com alegria!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. PEDRO OJEDA ESCUDERO:
    Muchas y muchas gracias, querido Pedro!
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  24. PAULO VILMAR:
    As tuas palavras são uma carícia na minha alma: a minha gratidão por isso!
    Eu não escrevo poesia, escrevo mais prosa poética, talvez...
    Poesia- e muto boa- escreves tu, meu amigo.
    Bem hajas!!

    ResponderEliminar
  25. Olá São
    está a ver porque me sinto mal?
    Não me faço entender - e é complicado isso acontecer.
    Tanto neste comentário que deixou aqui, como no outro que deixou hoje no kalinka, diz:
    Se a aborreci de algum modo , pode crer que não era essa a intenção.
    NADA DISSO...não me aborreceu, e se eu fui um pouco amarga na resposta que lhe dei, é porque eu ando muito amarga mesmo; mas foi a única maneira que soube responder de forma a fazer ver que o que deu resultado consigo podia não ter dado comigo, nada mais!!!

    Desde que a minha sobrinha deixou de «mexer no meu template» para colocar links e outras coisas, como música e vídeos, que eu há muitos meses atrás passei esse recado a todos que me visitavam:Não vou poder incluir os vossos links porque não o sei fazer e digo-lhe mais:
    No meu ponto de vista, isso não é importante, para mim é muito mais importante tudo o que partilhamos nos comentários, do fundo do nosso coração. Isto pode ajudar quem está a necessitar de socorro, não um nome - ou link na lateral do blog...
    MAS...esta é apenas a minha opinião pessoal!!!

    Obrigada pela sua paciência para comigo. Bom domingo.
    Com certeza virei visitá-la sempre que puder.

    ResponderEliminar
  26. KALINKA:
    Estamos de acordo: o mais importante é a partilha!
    Fique à vontade e venha quando quiser!
    Tudo de bom para si!

    ResponderEliminar
  27. Linda Amiga:
    Uma despedida comporta sempre grande agitação emocional e uma perda irrecuperável.
    Linda atitude, deslumbrante e doce, amiga São.
    Que o sonho permaneça e viva sempre em si e no seu amigo.
    Como é delicioso sonhar?

    Beijinhos de amizade e encanto que respeitam e estimam

    pena

    É um Ser Humano fantástico! Enorme!

    ResponderEliminar
  28. PENA:
    A sua sensibilidade é à flor da pele e toca fundo em quem tem o gosto de o contactar.
    Agradeço-lhe muito o tempo que me dá.
    Abraço muito grande, meu Amigo.

    ResponderEliminar
  29. Oi são, vim te visitar novamente!!
    Quer dizer, que teremos um amigo seu aqui no Brasil?
    Então desejo boas vindas a ele...a amizade não tem distância ne? Bem, só passei para dar um olá!
    Beijos de uma brasileira, mari

    ResponderEliminar
  30. MARI:
    Bem vinda , querida!
    Deus a proteja.
    A amizade está em nossos corações e não depende nem de tempo nem de distância, não!
    Abraço grande!

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...