domingo, 14 de setembro de 2008

"AMIGA"


AMIGA


Para cristal te quiero,

nítida e clara eres.

Para mirar al mundo,

a través de ti, puro,

de hollín o de belleza,

como lo invente el dia.

Tu presencia aquí, sí,

delante de mí, siempre,

pero invisible siempre,

sin verte y verdadera.

Cristal! Espejo, nunca!



PEDRO SALINAS

(27/11/1891 - 20 /12/1951)






Descobri Pedro Salinas entre Federico Garcia Lorca e Pablo Neruda na antologia "Amor" e fiquei maravilhada.


Desejo que também a vós , esta bela poesia vos conquiste!

82 comentários:

  1. Oi, Amiga!
    Obrigada pelo carinho da presença...Eu conhecia muito pouco de Salinas. Veja, você não conhecia Marianne...Tantos talentos nas Artes que não tivemos ainda o prazer de conhecê-los. Mas é assim mesmo, tudo tem sua hora!
    Adorei o poema e te desejo um domingo adorável!!!Bjs

    ResponderEliminar
  2. São

    Em verdade, também fiquei fascinado com o poema de Pedro Salinas.
    Achei acerto a divulgação!

    Daniel

    ResponderEliminar
  3. VANUZA
    Pois, foi estupenda esta troca de saberes, não foi?
    Um feliz semana.

    ResponderEliminar
  4. DANIEL
    Ora ainda bem que também gostou!
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  5. Em breve voltarei, em pleno.
    É que me morreu a minha mulher e tenho de refazer a vida.
    Há um poema em sua memória na minha poesia.
    Bem haja.

    ResponderEliminar
  6. É um dos grandes que Espanha deu ao mundo. Ainda que esteve muitos anos ausente, nunca deixou de manter uma boa relação com os seus bons amigos. Jorge Guillén por um lado, condutas bastante paralelas, e fundamentalmente o grande poeta Miguel Hernandez.

    Destaca a falta de rima, poucoo frequentee na época. O que não agradava a Lorca, ao extremo de chamar-lhe "prosías".
    Gosto da sua poesia, desde sempre, pela linguagem que emprega, fácil leitura e melhor interpretação.

    "Gracias por traer aquí a uno de mis preferidos."

    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  7. *
    Fe mía
    ,
    De ti que nunca te hice,
    de ti que nunca te hicieron,
    de ti me fío, redondo
    seguro azar.
    ,
    in-pedro salinas
    ,
    grato pela tua escolha,
    ,
    conchinhas
    ,
    *

    ResponderEliminar
  8. Querida amiga São!
    Suas visitas me agradam muito e entro aqui não só para lhe retribuir, mas para me deliciar com seus posts.
    Na verdade acabo aprendendo muito com eles! E com a leitura dos comentários de seus muitos amigos!
    Meu dia se completa!
    Boa noite, bons sonhos e que a semana que se inicia venha com muita paz, alegria e amor em seu coração!
    Beijos da Helô

    ResponderEliminar
  9. Sou um apaixonado por Espanha e por muitos mitos e lendas, quero dizer, míticos e lendários.
    Uma visita, "duarte", diz uma grande verdade.
    Raríssimos os poetas sem rima.

    Para ser franco, chiça, só o palavrão já assusta, por isso, para dizer a verdade não conhecia Pedro Salinas.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  10. conquistou-me, sem dúvida, a beleza cristalina destas palavras
    beijos

    ResponderEliminar
  11. ... pelo poema que editas um dia destes tiro-me dos meus cuidados e na fnac ou na bertrand vou tentar "descobri-lo" também.

    Gracias.

    Óptima semana!

    ResponderEliminar
  12. É o 2º poma que leio dele e o primeiro também foi num blog.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  14. Linda poesia, sim, obrigado. Não conhecia.
    Gostei do blogue.
    Eduardo

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Acho que não conheço este nome. Aliás, conheço muito pouco a poesia castelhana. Não é fácil comprar livros, e depois há a desculpa do tempo (da falta de tempo).
    Fica bem.
    E a felicidade por aí.
    Manuel

    ResponderEliminar
  17. Lindíssimo. Em boa hora o trouxeste, pois já nada lia dele há muuuiiito tempo... vai passando.
    Que bom tropeçar no Salinas aqui.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Excelente Salinas. Excelente. Deberíamos leerlo más.
    Besos.

    ResponderEliminar
  19. Uma réstia de luz no crepúsculo
    Uma súplica presa na brisa
    Um caminho sem fim
    Pela terra da tua lembrança


    Convido-te a ver o diadema da Noiva do Mar

    Boa semana


    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  20. VIEIRA CALADo
    Neta hora de dor, em silêncio lhe deixo a minha solidariedade toda.
    Paz e luz, também para Irene.Penso que ela gostará tanto do poema quanto eu.

    ResponderEliminar
  21. DUARTE
    Agradeço as informações.
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  22. O QUE ME VIER Á REAL GANA
    Bem vindo.
    Gosto que tenha gostado.
    Até sempre.

    ResponderEliminar
  23. POETA EU SOU
    Muchas gracias, niño.
    Beso.

    ResponderEliminar
  24. ETERNAAPAIXONADA
    Minha linda, quão amável é!
    Muito lhe agradeço...e venha sempre.
    Um abraço muito grande.

    ResponderEliminar
  25. XISTOSA
    Meu caro Zé, eu também não conhecia Salinas.
    E me agrada mais que Neruda e Lorca. E até foi por causa deste último que comprei a antlogia no El Corte Inglés , de Lisboa.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  26. CARLA
    Folgo com esse seu gosto.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  27. LEGÍVEL
    Pois eu também tenciono comprar obras dele, sabes?
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  28. ELVIRA CARVALHO
    Mas irá encontrar ainda mais um ou dois aqui.
    Abraços, Maria Elvira.

    ResponderEliminar
  29. EDUARDO ALEIXO
    Muito obrigada !
    Até sempre.

    ResponderEliminar
  30. DE PROPÓSITO
    Tempo, a gente inventa...
    Eu também desconhecia Salinas, vê tu!
    Um abraço, Manuel.

    ResponderEliminar
  31. LÚCIA
    ...e ainda tropeçarás mais algumas vezes, linda.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  32. PEDRO OJEDA ESCUDERO
    Pois estou com essa intenções, Pedro.
    Besos.

    ResponderEliminar
  33. O RAPOSO
    ...e bem grande.
    Saudações.

    ResponderEliminar
  34. PROFETA
    Já me fui deliciar com a tua bela poesia!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  35. Boa descoberta com este belo poema
    saudações amigas

    ResponderEliminar
  36. Säo, guapa, puedes llevarte lo que quieras de nuestra casa, es un honor para nosotros.
    Molts petonets
    Encarna

    ResponderEliminar
  37. de uma beleza cristalina.

    gostei muito

    beijo

    ResponderEliminar
  38. Que lindo!!!
    No que pude captar...ADOREI!


    Beijos de luz e o meu carinho...

    ResponderEliminar
  39. Realmente linda, São! Obrigado pela partilha, amiga, e uma boa semana!

    ResponderEliminar
  40. C VALENTE
    Olá, meu caro.
    Folgo que também tenha apreciado esta poesia tão tocante.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  41. JESUS Y ENCARNA
    Muchas gracis, preciosa!
    Petons.

    ResponderEliminar
  42. HERÉTICO
    Gosto de que tenhas gostado!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  43. MUNDO AZUL
    É lindo , não é?
    Ainda bem que ambas sintonizamos.
    Um abraço grande, zogia.

    ResponderEliminar
  44. ÁRABE
    Muito bem vindo!
    Que bom teres também gostado...
    Estupenda semana também para ti em feliz companhia, Mestre.

    ResponderEliminar
  45. Poesia própria para um lago de águas azuis.

    ResponderEliminar
  46. Conquistou por certo!
    Obrigado pela partilha.
    Fico feliz quando vejo tua passagem em meu mundo.

    Pérolas incandescentes de bons sentimentos.

    Eärwen

    ResponderEliminar
  47. Ola nina, ele a partir e foi dia 20 de dezembro de 1951 e eu tinha acabado de chegar a este mundo...11-12-1951...Mas lind apoesia ... Beijinho da laura..

    ResponderEliminar
  48. Na Arábia Saudita há 800 mil católicos, imigrantes explorados, mas as igrejas são proibidas e até em casa é perigoso rezar.

    Ver em:
    http://contraacorrente1.blogspot.com/2008/08/perseguio-aos-cristos.html

    E também notícias de:
    “ZENIT o Mundo Visto de Roma”:

    “Arábia Saudita: presos quatro cristãos enquanto rezavam em uma casa [19-06-2006]

    Preocupação por dois cristãos detidos por sua fé em Riad (Arábia Saudita) [22-06-2005]
    Nova onda de detenções

    Sete cristãos libertados na Arábia Saudita sob renúncia a praticar sua fé (em particular) [09-06-2005]
    Foram maltratados durante sua detenção em Riad

    Pedido de ajuda internacional para os cristãos presos na Arábia Saudita [08-06-2005]
    Um apelo de seus familiares e amigos

    Arcebispo de Lahore pede a liberdade de 40 cristãos encarcerados na Arábia Saudita [18-05-2005]
    Pede a seu governo que faça pressão

    Papa bate à porta dos países que não têm relações com o Vaticano [12-05-2005]
    China, Vietnã, Coréia do Norte e Arábia Saudita

    João Paulo II nas primeiras páginas dos jornais árabes [10-04-2005]
    Segundo constata o representante papal na Península Arábica

    Novo bispo vigário apostólico para a Arábia [21-03-2005]
    Dom Paul Hinder substitui Dom Giovanni Bernardo Gremoli

    Cardeal Medina Estévez, novo Cardeal Protodiácono [25-02-2005]
    Tem a missão de anunciar e o nome do novo pontífice

    Arábia Saudita: Polícia religiosa detém um cidadão saudita convertido ao cristianismo [21-12-2004]

    Perigo de cárcere para os não-muçulmanos na Arábia Saudita [07-12-2004]
    Inexistente reciprocidade de liberdade religiosa com outros países, denuncia o padre Cervellera

    Um cristão nos cárceres sauditas por «evangelizar» [26-11-2004]
    Após sua libertação, Brian Savio O´Connor compartilha seu testemunho

    Libertado cristão indiano condenado na Arábia Saudita por questões de fé [04-11-2004]
    Brian Savio O´Connor já se encontra em Bombaim

    Apelo pela liberdade do católico indiano condenado na Arábia Saudita [29-10-2004]
    10 meses de prisão e 300 chibatadas para Brian Sávio O´Connor

    Católico indiano torturado por causa de sua fé pela polícia da Arábia Saudita [02-06-2004]
    Acusações contra ele poderão comportar a pena de morte.

    ResponderEliminar
  49. DESCULPA, CARA AMIGA, MAS NÃO APRECIEI LÁ MUITO A SUA PROSA, NESTE POST.
    VIM DE ALMA LIMPA, POR ISSO TOMEI A LIBERDADE DE SER FRANCA COM UMA AMIGA DO PEITO!


    Dª MARIA

    ResponderEliminar
  50. São,
    depois de "Inglaterra" (até fiquei com ligeira dor-de-cabeça)
    ler este poema... foi "ouro". Obrigada!

    um sorriso :)

    ResponderEliminar
  51. São! maravilhosa poesia.
    que amizade brilhe sempre mesmo atraves desta telinha.
    beijos e lindo fim de semana.
    cleo

    ResponderEliminar
  52. EAWEN T
    Ainda bem que também gostou.
    Será sempre bom vê-la aqui.

    ResponderEliminar
  53. LAURA
    olá.linda!
    >Há desencontros asim...
    Folgo que te tenha agradado.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  54. O SÁTIRO
    Verdadeiramente lamentável que os cristãos assim sofram.

    Mas igualmente lamentável que haja padres pedófilos protegidos pela hierarquia, perseguição e silenciamento de padres que não são conservadores,esmagamento da Teologia da Libertação, morte repentina do Papa João Paulo I,as tenbrosas teias do Vaticano e respectivos tentáculos....

    Quando quiser utilizar o meu espaço para actividades deste género, só o poderá fazer se denunciar os errados comportamentos de ambos os lados.

    E seria conveniente que se desse pelo menois ao trabalho de comentar o post!

    Que o Deus o ilumine!!

    ResponderEliminar
  55. Dª MARIA E O COELHINHO
    Franqueza acima de tudo, pois claro.
    Mas o que estava em apreciação era o poema.
    E já agora porque lhe desagradou a prosa?
    Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  56. MARIAM
    sim , aquela Inglaterra adoece-nos!!
    Ainda bem que a poesia nos ajuda, não é?
    Feliz fim de semana. linda.

    ResponderEliminar
  57. CLEO
    Assim queira Deus, zogia!
    Um abraço grande.

    ResponderEliminar
  58. Não conhecia o poeta, São.
    Estamos sempre a aprender com os amigos, não é?
    Obrigada.

    Beijos

    ResponderEliminar
  59. bello!....e para ti...

    "Velas do meu pensamento
    aonde me quereis levar?"...!?...

    baci mille

    ResponderEliminar
  60. este poema é lindo, ainda bem que o descobriste
    beijos

    ResponderEliminar
  61. Gracias por tu visita a mi blog, es muy grato encontrar amigos nuevos que aportan, desde distintos temas,trabajos que vale la pena descubrirlos.

    La poesía es la mejor manera de comunicación entre los hombres...poesías pa la lucha social, para la información, y el lenguaje del amor.

    un gran abrazo y que sigamos frecuentandonos.

    ResponderEliminar
  62. Sem dúvida que muito me agrada a poesia de Salinas, mais um da geração de 27 forçado ao exílio durante a Guerra Civil, juntamente com Ricardo Alberti e Leon Felipe, que me lembre. Lorca foi assassinado.
    Salinas foi um dos grandes poetas que acompanharam os vários movimentos literários e artísticos de vanguarda na época, como o surrealismo, por exemplo.

    Gostei muito deste poema.
    "Cristal! Espejo nunca!", reflecte na perfeição um ideal de liberdade de pensamento e de acção e uma jura de amor pela transparência nos caminhos da vida.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  63. não conhecia, aliás conheço pouco de poesia, embora quando leio goste. mas leio pouca.
    é lindo.
    um beijo

    ResponderEliminar
  64. Contigo...aprendo...sempre...


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  65. Sem dúvida que é um belo poema!
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  66. Olá São,

    Muito bonito o poema, e eu ainda não conhecia o poeta.

    Obrigada pelos elogios às fotos da Itália, feitas pelo meu filho. O blog está sem atualização porque meu filho ainda não teve tempo de identificar para mim as outras fotos que ele tirou. Na verdade, criei o blog Imagens para postar as fotos que ele tirou nessa sua viagem à Itália, assim não sei quando vou atualizá-lo... Mas espero sua visita no meu blog principal, Leaves of Grass.
    Abraços e uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  67. CARMINDA PINHO
    Eu também o desconhecia: descobri-o assim...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  68. ROSA E OLIVIER
    Também me agrada Capri, pelo menos em canção...
    Fiquem bene.

    ResponderEliminar
  69. MULTIOLHARES
    Que bom também teres apreciado Salinas!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  70. NESTOR
    Muchas gracias!
    Aqui te espero, siempre!
    Saludos.

    ResponderEliminar
  71. JORGE PE G
    Agradeço a partilha de informação sobre um poeta que eu desconhecia, mas que me ficou na alma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  72. MARGARIDA JÁ MUITO DESFOLHADA
    Pois se aqui vier algumas vezes, provavelmente encontrará poemas...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  73. C VALENTEW
    Para si também, que deu um final feliz ao fofo do Roy!
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  74. SEI QUE EXISTES
    Folgo com a nossa sintonia!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  75. SÓNIA MASCARO
    Pois lá irei, obrigada!
    Fique bem.

    ResponderEliminar
  76. Hum!... Belo mesmo... a amizade e o cristal - faz sentido!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  77. Foi por achar isso que o partilhei.
    Feliz domingo.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...