MALTA

MALTA

sábado, 25 de julho de 2009

DIA DA GALIZA
















ESTRELIÑA DO LUSEIRO

Estreliña do luseiro
e mai-la da claridade
ti ben o debes sabere
cantas horas ten a noite
denantes do amencere.


Se queres que brile a lúa
pecha os ollos meu amor
que mentras os tes abertos
a lúa pensa que hai sol.


Nin pola prata da lúa
nin polo ouro do sol
non te deixo miña vida
non te deixo meu amor.


Canto tradicional galego


Viva a Galiza, tão próxima de Portugal !

44 comentários:

  1. Olá, boa tarde,

    Lindas fotos, linda igreja...
    Gostaria de um dia visitar...

    Venho desejar um excelente fds.
    Abraço
    Mer

    ResponderEliminar
  2. Bela homenagem à GALIZA.

    Neste momento ainda me encontro em convalescença da pneumonia, por isso quase nem posso brincar c/os netos, nem passear, nem fazer arrumações e limpezas de Verão, enfim...há que ter paciência.

    O meu ultimo post tem a ver com o "MAU" que existe na Blogosfera, fico triste. Mas a vida é assim!

    Deixo-te um beijo e votos de óptimas semanas de Verão.

    ResponderEliminar
  3. DIZEM QUE TREVO DE QUATRO FOLHAS DÁ SORTE,
    SENDO ASSIM RESOLVI LHE DAR UM.
    `````´´´´o¶¶¶¶¶´´´´´´´1¶¶¶¶¢
    ´´´´´´´¶¶¶ø¢o¢¶¶´´´´´¶¶øooø¶¶¶
    ´´´´´¶¶¶¢¢¢øø¢¢$¶´´´¶¶¢¢øøø¢o¶¶
    ´´´´¶¶¢¢øøøøøø¢o¶¶´¶¶o¢øøøøø¢oø¶¶
    ´´´¶øo¢¢øøøø¢øø¢o¶´¶o¢øøøøøøøø¢¢¶¶
    ´´¢¶oo¢øøøøøøøøøo¶¶¢¢øøøøøøøøøø¢o¶¶
    ´´´¶¶¶¢7ooo¢¢øøø¢oo¢øøøøøøøøøøø¢o7¶¶
    ´´´´´´¶¶¶¶ø¢o¢øøøøøøøø¢¢¢oooo¢ø$¶¶¶
    ´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¢øøøøøøø¢ooø¶¶¶¶¶¶¶$7
    7¶¶ø¢oooooooo¢¢¢¢øøøø¢¶¶¶o
    ø¶7¢øøøøøøøøø¢oøo¢øøø¢ooo¢¶¶¶¶7
    ´¶¶¢¢øøøøøøø¢oo¶øoøøøøøøø¢¢¢ø$¶¶
    ´´ø¶øo¢øøøøo7o¶¶¶7¢øøøøøøøøø¢o¶¶
    ´´´´¶¶øooooø¶¶¢¶¶$o¢øøøøø¢¢ø¶¶¶
    ´´´´´o¶¶¶¶¶$1¶ø¶´¶øo¢ø¢¢¢¶¶¶¶
    ´´´´´´´´1ø´´¶¢¶´´´¶øo¢$¶¶¶
    ´´´´´´´´´´´¶ø¶7´´´´¶¶¶¶
    ´´´´´´´´´´¶¶$¶
    ´´´´´´´´´7¶1¶1
    ´´´´´´´´´¶ø¢¶
    ´´´´´´´´¶¶1¶¶
    ´´´´´´´´¶¶¢¶
    ´´´´´´´´o¶o1
    COM TREVO OU SEM TREVO LHE
    DESEJO MUITA SORTE, PAZ, AMOR E
    UMA SEMANA REPLETA DE HARMONIA.
    Beijinhosssssssss....

    ResponderEliminar
  4. Querida São

    Que magnífica viagem visual à Galiza, suas gentes e seus costumes...

    Completada na perfeição com esse canto tradicional que aos portugueses também muito diz.

    Grato pela partilha. Beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Olá São, bom dia.
    Obrigada pelas palavras na minha casa.
    ..e que bem que sabe uma cantiga na língua que deu origem à minha/nossa.

    Espero vir até cá com muita frequência, embora o tempo, por vezes seja curto.
    ...e como eu gosto da Galiza!!!

    Beijos

    Maria Mamede

    ResponderEliminar
  6. Dia muito bem passado !

    Que prato é esse que nos apresenta ?

    Vi o teu comentário na Zélia sobre o Charles Aznavour no Pavilhão Atlãntico. Também eu lá estava e adorei mesmo estando longe e o som não ser dos melhores. Se calhar até estavamos sentadas juntas ...

    Beijinhos

    Verdinha

    ResponderEliminar
  7. Tradições que se assemelham, palavras que se conhecem, gentes que se querem, e se aproximam.
    Deixo, também, um viva a Galiza.
    Excelente reportagem de aproximação.
    Lindo gesto, gostei!

    Um grande abraço de boa amizade

    ResponderEliminar
  8. Muito gosto em aqui o encontrar, caro VIEIRA!

    Eu acho que a Galiza deveria pertencer a Portugal...

    Até sempre.

    ResponderEliminar
  9. RETIRO DO ÉDEN:
    Não é muito difícil visitar a igreja: fica no Monte Santa Trega ( Tecla, em castelhano), defronte de Caminha e com um panorama extasiante sobre a foz do Minho.
    Até sempre.

    ResponderEliminar
  10. Bem vinda TULIPA.

    Desse "MAU" existente na blogosfera, minha cara, também já eu fui vítima.

    O melhor é nem ligar, sabes?

    Que tenhas boas e rápidas melhoras.

    ResponderEliminar
  11. Agradeço e retribuo, PRINCESA.

    E da Galiza, que me diz?

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Bem vindo, caro VIKTOR!

    Obrigada pelo apreço.

    Até sempre.

    ResponderEliminar
  13. Que alegria tê-la aqui, MARIA MAMEDE!

    Grazas pela amabilidade.

    Também tenciono ir a sua casa sempre que possível.

    Até sempre.

    ResponderEliminar
  14. Que engraçado, VERDINHA!

    Se ficaste ao pé de uma senhora com bastantes quilos a mais ,que chegou em cima do início do espectáculo com um um rapaz e duas raparigas ( uma das quais à espera de bébé) era eu.

    Se na fila do estacionamento estavas com o teu marido e já muito aborrecida com aquela confusão toda , dissse-te que tudo valia a pena e que não deixasses estragar a noite por um incidente assim.

    E vais ver Leonard Cohen? Eu vi-o em Algés no ano passado e só não vou ao Pavilhão porque estas mesmas pessoas que atrás referi, isto é, a minha afilhada, o marido e a irmã estão trabalhando.

    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  15. DUARTE, amigo meu, que Deus te abençõe pois a tua amabilidade é um mimo só!

    Fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  16. galicia
    averde galicia
    irmã do minho...

    igual nome que faz fronteira

    igua maneira

    igal fala

    igual palavra: saudade...


    galicia....


    san senxo

    rias baixas


    galicia, tierra de poetas e de saudade...


    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  17. Viva!

    Galiza mais portuguesa do que espanhola, não achas?

    Aperta.

    ResponderEliminar
  18. Lindas fotos da Galiza.
    A caçarola faz crescer água na boca
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. a semanda da galicia...

    ps. qual desilusão, qual quê?
    puro humor non sense...

    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  20. A culpa foi do dom Afonso de Castela, ao repartir esses territórios entre dois irmãos, e a do nosso Conquistador, por não olhar primeiro para o Norte.

    Apoio a união.

    Beijinhos meus

    ResponderEliminar
  21. Tenho um tio galego.
    Copiei a poesia/música e vou mostrar a ele.

    ResponderEliminar
  22. Interessantes, São... texto e fotos! :) Bom resto de semana, amiga.

    ResponderEliminar
  23. E bem podes crer que estava deliciosa, rrssss

    Abraços, JO RA TONE.

    ResponderEliminar
  24. Que bonita homenaxe que fás a miña terra,a capela de Santa Tecra é moi emocionante para mín xa che contareí o segredo que encerra....
    beijhos galegos.

    ResponderEliminar
  25. Olá São,
    Estou de volta, e viajando nestas suas apetitosas imagens e nest belo poema.
    Beijos,
    Dalinha

    ResponderEliminar
  26. poco tiempo, pero por lo menos alguno para dejarte un fuerte abrazo...
    Petonets
    Encarna

    ResponderEliminar
  27. Olá, belas fotos e canto da Galiza...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar
  28. Bellísimas muestras de tan maravillosa tierra...
    Un canto a Galicia!!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  29. Folgo que seja só humor, rrrsss

    E Galiza, gosto muito...

    Beijos, MIXTU.

    ResponderEliminar
  30. Meu caro DUARTE, defendo há muito tempo uma confederação ibérica. Parece-me que seria uma boa solução para toda a gente.

    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  31. Disponha , BARBARA.

    DEpois diga que achou seu tio da canção.

    Beijos , a dividir com seu tio.

    ResponderEliminar
  32. è sempre bom receber a tua amabilidade, meu caro ÁRABE!

    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  33. Viva VERMELLA!

    Galiza faz parte de Portugal, acho. Até porque se utilizou muito tempo aqui o galaico-português.

    Acho que faria mais sentido estar integrada no território português do que no de Espanha.

    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  34. Fico feliz com seu regresso, querida DALINHA.

    Se puder vir até à Europa , visite esta bela região: não se arrependerá.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  35. Muitas graças, querida ENCARNA!

    Um graaaaaande abraço para ti e também para Jesus.

    ResponderEliminar
  36. Obrigada por gostares, CHANA!
    Abraços.

    ResponderEliminar
  37. Sí, un canto a Galicia, que lo merece!

    Besos, querido RODOLFO!

    ResponderEliminar
  38. Olá, querida!!

    Você nos leva a viajar por nossos vários sentindos...

    Lindas imagens, com este lindo canto...

    E viva a Galiza, linda!!

    ^^

    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  39. Viva, HELINHA!

    Que bom lhe ter dado o gosto de viajar por esta região tão bonita: obrigada!

    Bem haja, meu bem.

    ResponderEliminar
  40. EStou bem e tu? Espero que também.

    E da Galiza, que dizes?

    Bom bim de semana.

    ResponderEliminar
  41. São. Como foi possível eu em altura própria não ter comentado este post.

    GALIZA, terra dos meus encantos, paisagens de sonho, Santa Tecla, Baiona, Praia America, Samil em Vigo, mercado de Pedra, Ponte de Rande, Marin, Sansenxo, O Grove, La Toja, Rianxo, Camarinha, Muros, costa da Morte,O Mercado de Santiago (um espanto) Coruña, Santa Cristina, Santa Cruz e os seus patos, tudo, tudo até ao mar Cantábrico. As suas festas, os seus mariscos. São, foram 20 anos, 20 anos de Galiza. É a minha paixão
    Atrevo-me a recomendar 2 restaurantes. Um, o "Chefe Rivera" cozinheiro do Rei em Padrón, perto de Santiago. O Outro a 1 km do aeroporto de Santiago em Lavacolhos. "Restaurante Sampaio".
    Ambos a fina flor da cozinha galega. Preços normais, para comida excelente.

    Por aqui me fico

    Beijocas

    ResponderEliminar
  42. Grazas, amigo, pelas informações!
    Apertas.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...