MALTA

MALTA

sexta-feira, 7 de março de 2008

8 , MARÇO

De repente semeias o ar
de cor  e alegria

Nesta encruzilhada
dói-me como um punhal
a tua presença no meu pensamento
nesta casa vazia

Um rio tumultuoso
liberta a minha fragilidade
quando te ouço
vejo ou
penso em ti
resguardando os gestos e as palavras
porque de súbito tudo parece tão perto
a felicidade
o riso
a serenidade
e o receio de perder-te
de tu não estares ou partires.

VÍCTOR NOGUEIRA


Obrigada por este teu poema, neste Dia da Mulher !

74 comentários:

  1. Também me agradou muito,e dado por um amigo ainda mais.
    Beso.

    ResponderEliminar
  2. São!
    Pelo Dia Internacional da Mulher, deixo no teu Blog, esse meu poema que publiquei no Jornal o "Diário de Santa Maria".
    Um abraço!

    Meia Idade!

    Meia idade,
    meio termo,
    meio a meio,
    que nada!

    Somos a metade
    mais uma do inteiro,
    suficientes o bastante
    para sermos o primeiro,
    prematuro e único
    ser feminino,
    (que não sendo menino
    com alma de mulher,)
    a deixar para trás
    as regras,
    ditos
    e feitos!

    Somos as primeiras
    que sem causa,
    bandeiras ou faixas,
    nos lançamos feito criança,
    a descobrir novas cores,
    novos olhares,
    outros perfumes,
    para podermos nos ver no espelho
    e descobrir uma linda mulher!

    Meia idade,
    meio termo,
    meio a meio,
    que nada!

    Somos a maturidade
    pedindo passagem,
    marcando presença
    de braços abertos!

    Somos a vida
    em pleno brilho,
    mudando o curso,
    saindo dos trilhos,
    buscando outros quereres,
    antigas procuras,
    novos amores,
    para novamente brincar
    o amor, com outra sedução!

    Meia idade,
    meio termo,
    meio a meio,
    que nada,
    somos mulheres inteiras,
    vivendo outras emoções!

    Elenara Castro Teixeira
    http://phoemahelenara.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Linda, que bonito!!
    Posso transcrevê-lo um dia destes no meu outro espaço?
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  4. HERÉTICO:
    Concordo, por isso e porque me foi enviado, o coloquei nesta data!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. e quem melhor que nós, MULHERES,
    para sentirmos este dia!
    ser mulher é ser vida
    ser vida é ser Mãe
    ser mãe é ser amor
    ser amor é saber sofrer...
    sou mulher!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. GAIVOTA:
    Obrigada por embelezares o meu espaço com as tuas sensatas palavras.
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  7. São,

    Não podia ser melhor premiada neste dia 8 de Março, do que com esta merecida recompensa.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que existem

    mulheres

    de corpo inteiro

    bjs

    ResponderEliminar
  9. PEPE LUIGI:
    Muito grata, caríssimo!
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  10. O PUMA:
    Só de corpo inteiro se pode viver com dignidade!
    Bem vindo!

    ResponderEliminar
  11. Oieeee, como sempre amo suas palavras, obrigada por tanta delicadeza. Nem sei se sou tudo isso,mas busco melhorar sempre. A sua presença foi importante hoje em demasia....e vc nem imagina o quanto, tempo de matilhas....entende né?
    Um enorme beijo do fundo do coração, te adoro, mari

    ResponderEliminar
  12. Amiga, esqueci: obrigada por você existir!
    beijos do rio de janeiro para vc!
    mari

    ResponderEliminar
  13. Querida São...
    Lindo poema que aqui nos trazes...
    Obrigada pelas tuas visitas, apesar da minha ausência...

    Um beijo muito grande para ti...

    ResponderEliminar
  14. MARI:
    Minha querida, é de certeza....talvez ainda mais.
    E de mão dada enfrentaremos as matilhas!
    Ben haja!

    ResponderEliminar
  15. ALICE MATOS:
    O gostar da pessoa resiste ás ausências, não é?
    Um gande abraço para ti, linda.

    ResponderEliminar
  16. Também me agradou muito. Recebi-o também e ainda não agradeci.
    Obrigada, São!

    Obrigada, Vítor!

    Beijinhosssss

    ResponderEliminar
  17. SOPHIAMAR:
    Olá, linda.
    O poema é lindo, não é?
    Abraços.

    ResponderEliminar
  18. Lindo o poema, assim como todas as mulheres que fazem por terem uma sociedade mais justa,para elas e para os seus filhos.
    Uma professora luso descendente Bridget Peixotto,ilustre desconhecida cá na terrinha contribuiu de forma inequivoca para que todoas as mulheres tivessem o direito à licença de parto. Homenagem feita por um Almadense aventureiro por terras do tio Sam.
    O que me entristece cá na terrinha é que só se valoriza os compadrios, as dondocas e quem se faz à vida na "horizontal".

    Obrigada pela tua visita e vai aparecendo.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  19. TINTA PERMANENTE:~
    Agradeço a visita!
    Espero o regresso.
    Boa semana-

    ResponderEliminar
  20. MARIAZINHA:
    Sempre bom honrar a memória de quem real valor!
    Se quiseres aparecer também no são, gostarei.
    Fica bem.

    ResponderEliminar
  21. Belo poema, São; boa escolha. E parabéns pelo seu dia!

    ResponderEliminar
  22. ÁRABE:
    Muito feliz pela sua presença e muito grata pelas palavras.
    Fique bem!

    ResponderEliminar
  23. OLá São!
    Também gostei muito do poema que tens no teu blog dedicado ao nosso dia, que infelizmente ainda faz todo o sentido comemorar.
    Tem uma excelente semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Venho aqui aqui agradecer-te o comentario que fizes-te sobre os professores, penso que foi um bom debate de ideias e todos ajudamos um pouco a animar aquilo. Certamente que muitas mais manifestações irão surgir contra esta politica do governo.

    O templo esta sencivel a este tipo de manifesto.

    SAUDAÇÕES.

    ResponderEliminar
  25. o receio de perder-te
    de tu não estares ou partires

    se partir...
    partiu,,, para melhor

    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  26. ISABEL SANTOS:
    Olá! O poema também me agradou...e concordo contigo, aliás como podes ver se me deres o gosto de visitar no meu outro blog.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  27. POETA EU SOU
    É, não é?...
    As tuas conchinhas chegam sempre a horas, caro Nazareno!
    Estrelas do mar para ti!

    ResponderEliminar
  28. TEMPLO DO GIRALDO:
    Não é necessário agrdecer, mas sim ir aparecendo para aqui e no meu outro espaço participares.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  29. MIXTU:
    Sim, se é para abalar...que seja para melhor!!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  30. Âh! Minha amiga, essa força e dureza frágil de comunicar e dar a ler e a sentir os nossos sentimentos!
    De punho serrado com uma rosa entre os dedos!
    Beijos

    ResponderEliminar
  31. Olá!

    Chegou hoje o dia
    Da visita prometida
    E quero que sorria!
    E fique bem co’a vida!

    O poema do " Vitor Nogueira" é lindo!
    Fique feliz, Boa semana!

    Beijinhos estrelados

    ResponderEliminar
  32. bela esta homenagem à mulher
    beijinhos

    ResponderEliminar
  33. JOSÉ FARIA:
    Graças, caríssimo.
    Bem vindo és e por isso te esperando fico.
    Abraço-te!

    ResponderEliminar
  34. BELISA:
    Agradeço as palavras gentis e fico aguardando o regresso.
    Felicidades!

    ResponderEliminar
  35. CARLA:
    O Víctor escreve bem, sempre...
    Abraços.

    ResponderEliminar
  36. O poema é lindo!
    Há que resguardar sempre!

    Tu é uma doçura, obrigada!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. Que lindo poema! Tenho que ir visitar o Víctor Nogueira mais vezes. Sabes qual é o problema, é que cada vez encontro mais gente com qualidade e sinto-me impotente para chegar a todos e são tantos os que merecem!
    Ainda há pouquinho estava a abrir o computador e a pensar na Odele e em ti. Quando acabei de o fazer surje nesse preciso momento um cumprimento teu no meu espaço. Há dias estava a pensar: amanhã tenho que ir ao sítio da Odele e eis que me chegou primeiro um comentário dela e ainda não fui lá.Ontem adormeci, é uma "desgraça" este meu tempo...mas estas transmissões de pensamento, digo eu, são fantásticas, às vezes penso em vocês e vocês aparecem.Como é giro pensarmos uns nos outros ao mesmo tempo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  38. MENINA DO RIO:
    Olá, linda!
    Ainda bem que apreciaste o Victor...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  39. BRANCAMAR:
    Eu creio que Algo nos transcende, sabes?
    E que quando há afinidades entre as pessoas, por vezes o contacto dá-se!
    Fico contente por acontecer entre nós, minha amiga!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  40. Ora viva.

    Venho aqui agradecer o teu comentario e dizer-te que serás sempre bem vindo no meu espaço. Quando quiseres passa por lá, eu da minha parte pretendo fazer o mesmo aqui pelo teu blogue.

    Um abraço do templo.

    ResponderEliminar
  41. Oi amiga!!!
    Sou a mari, do blog de orações(gratidão),..tive problemas com seres ruins, e tive que mudar de endereço do meu blog, bem como a minha imagem. Beijos, mari

    ResponderEliminar
  42. TEMPLO DO GIRALDO:
    Ora fico contente com essa permuta, pois acho que assim é interessante estar na net!
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  43. O SÁTIRO:
    Bem vindo nesta sua primeira visita, que espero se repita bastas vezes.
    Ainda bem que gostou da poiesia do Vítor, que se encontra nas minhas Netamizades no outro meu blog.
    Se me der o gosto da sua presença nesse espaço, folgarei.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  44. MARI:
    Obrigada pela informação.
    Que o Grande Espírito a acompanhe, sempre!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  45. Amiga, não sei como lidar com esta maldade?
    Acho que estou vulnerável...entrei num grupo de blog para divulgar o meu e fui muito mal recebida, em geral, pessoas que lucram com propagandas e ate religiosas. Fui massacrada, humilhada, me distrataram, falaram mal de mim, sem nem me conhecerem, me chamaram de maluca e fanática e entre outras ofensas sobre sexo e etc,me sinto tão mal, o cara ainda botou a minha foto e postou para os integrantes do grupo. Me humilharam como advogada,enfim...muita coisa ruim, reza por mim. mari
    Engraçado, sou tão forte quando se trata do invisível perverso e tão fraca com pessoas que me maltratam. mari

    ResponderEliminar
  46. MARI:
    Minha querida, a primeira coisa é cortares radicalmente com esse tipo de gente.
    Se , por acaso , vierem ao teu espaço apaga tudo quanto lá escreverem.
    Não esqueças: as acções ficam para quem as pratica e a lei de causa-efeito é real.
    E podes ter a certeza de que o Grande Espírito está contigo, porque uma pessoa tão espiritual como tu tem uma entidade de luz a protegê-la!
    Fico rezando por ti!
    O meu fraterno abraço.

    ResponderEliminar
  47. Ola minha linda amiga
    Ja tinha vido te visitar...
    Eu ja estou de volta com o pc...
    Linda oferta minha amiga,esse poema e divino.
    Deixo te um beijo doce
    M@ri@

    ResponderEliminar
  48. Acho que a melhor homenagem à mulher acontecerá quando não houver necessidade de a homenagear, significará que terá conquistado finalmente o lugar de destaque que merece.

    ResponderEliminar
  49. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  50. São preciso da sua ajuda no

    Ajuda Portugal, nem que seja só

    para divulgar o blog, passa por

    lá, veja o que voce pode fazer.

    Obrigada

    ResponderEliminar
  51. Ai São não tou nada zangada mulher mas não tenho chegado para as encomendas...eheheheheh a semana passada estive toda de cama só no sabado pus a patita de fora para ir ate á capital do entulho á manif...mas como foi duro para mima caminhada e o esforço no regresso tombei de novo.
    Mas olha que o almoço não é amanha não é só em Maio e que engraçado eu ia lançar-te o repto, já que o lema é precisamente esse " e traz um amigo também".
    Diz-me algo
    beijão grande

    ResponderEliminar
  52. O Sol abandonou o céu
    A Lua ironiza no celeste
    Soltas perversas vontades
    Cruzam a tua vida agreste


    Convido-te a partilhar a minha visão da forma em
    como a vida às vezes é perversa para algumas mulheres…


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  53. Acho, amiga, que à mulher todas as homenagens ainda serão poucas. Mas o poema é muito bonito! Bom resto de semana.

    ResponderEliminar
  54. Debería de ser todolos dias o día internacional da muller

    ResponderEliminar
  55. É bom termos amigos
    Que dão valor ás mulheres
    Que as enaltecem em poesia

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  56. sim, o dia oito de março é o dia da mulher. aceito, mas não me entra cá bem no cérebro, no meu ressequido cérebro que sejam precisos dias para a mulher, para a criança, para o pai, para a mãe, etc. todos os dias são para todos nós...
    pronto, está bem eu sei que o dia da mulher foi criado por causa daquelas trabalhadoreas que foram mortas, etc, etc, etc. mas apesar disso tudo! e além do mais o dia 8 de março para mim é simplesmente o dia em que o meu irmão, que já morreu, fazia anos (não estou a brincar).
    para ti São, hoje e todos os dias, sejam eles quais forem, um beijo.
    e também para as mães, para os filhos, para os pais e para toda a gente!
    ora bolas, eu não devia ter escrito isto, há pessoas de quem eu não gosto. pronto, está bem, hoje vou esquecer isso, hoje para mim é o DIA DA BOA VONTADE.

    ResponderEliminar
  57. MARIA:
    O poema é pferta para todo o sexo feminino, linda.
    Bem vinda és e serás!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  58. RAFEIRO PERFUMADO:
    Totalmente de acordo, aliás como escrevi no meu outro espaço.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  59. AJUDA PORTUGAL:
    Já pus seu linK nas minhas Netamizades.
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  60. MANUEL DAMAS:
    Agradeço.
    Espero o regresso.

    ResponderEliminar
  61. LAURENTINA:
    Que alívio estares de bem comigo!!
    E recompõe-te depressa e bem, sim?
    Abraços.

    ResponderEliminar
  62. PROFETA:
    O pior é que a vida das mulheres é sempre bem dura...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  63. FLÁVIO:
    Olá, amigo!
    Concordo de todo : todas as homenagens saõ mínimas.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  64. SUSO LISTA:
    Claro, o melhor seria a igualdade!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  65. MULTIOLHARES:
    Dá-nos esperança, não é?
    Beijos.

    ResponderEliminar
  66. ANÓNIMO:
    De coração o meu abraço solidário, porque também conheço a dor de perder alguém muito querido!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  67. Belo poema
    Saudações amigas e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  68. C VALENTE:
    Tentei comentar o seu profundo poema , mas não consegui...
    Abraço.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...