MALTA

MALTA

sábado, 19 de abril de 2008

ABRIL : AROMA DE LIBERDADE !


Nessa linda madrugada
Dessa manhã tão serena
O Zeca Afonso cantava
"Grândola, Vila Morena"!
Eram lindas de se ouvir,
Eram vozes de ansiedade :
Eram militares de Abril,
Gritando em liberdade!
Em vez de balas, tinham cravos:
Era a liberdade a florir,
Feito dos nossos soldados
Na madrugada de Abril!
Por isso, o 25 de Abril
Tem sempre que ser lembrado,
Para não voltarmos a cair
Nos horrores do passado!
Edeme Carolina Banza

124 comentários:

  1. "Grandola, Vila Morena", que de recordos nos trae esa canción!
    Apertas

    ResponderEliminar
  2. Bem vindo!
    Quantos sonhos, quantas alegrias, quantas recordações!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Nunca é demais cantar Abril.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Abril e a sua esperança, sempre!
    Agradeço e retribuo desejo de feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Olá São
    LIBERDADE palavra forte, sentimento nem sempre conseguido...

    A minha vinda aqui hoje, é para convidar para o cocktail que ofereço, durante este dia especial para mim.
    Estarei à vossa espera, num lugar magnífico que reservei.
    No entanto durante todo o dia, as bebidas estão à disposição bem como este ano uma surpresa...

    Bom fim de semana.
    Beijos e abraços.

    ResponderEliminar
  6. TULIPA
    Grata, já fui ´visitar o belo local.
    Como deve imaginar, estou no salão, porque para molhas já me chegam as que tenho apanhado nestes últimos dias!
    E , constipada, não poderia cantar "Parabéns a Você", não é?
    Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. enfrentar, com armas de solidariedade, amiga, os horrores do passado, não no passado, mas no presente, que cá estão, eis o que lançamos como semente de futuros.
    b
    luis de la mancha.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela visita.
    Um excelente final de semana para ti.
    Big Kiss

    ResponderEliminar
  9. LUÍS EUSTÁQUI SOARES
    Temos de saber o passado para lançar no presente as sementes do futuro, acho!
    Um abraço sobre o oceano.

    ResponderEliminar
  10. ÁGUAS DA VIDA
    Agradeço e retribuo votos de bom final de semana.
    Saudações.

    ResponderEliminar
  11. Muy buen Post. Solo hay un momento : El presente!!!

    Abrazos..

    ResponderEliminar
  12. Muito simples, muito directo, à maneira do povo para quem Abril se fez.

    Um abraço, São Banza.

    Jorge P.G.

    ResponderEliminar
  13. Como eu gosto de Abril!
    Que grande peso retirou de meu corpo. Prefiro a democracia mesmo com injustiças, do que ditadura com grilhetas. Agora vai até ao espaço do joão ( jsousa41blogspot.com ) e terás um miminho. Bom fim de semana e um beijo João.

    ResponderEliminar
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  15. Perfeito, minha querida amiga virtual. Poesias com toque de amor, para diferenciar e induzir ao que no passado era o oposto.
    Muito bom!

    ResponderEliminar
  16. RICARDO TRIBIN
    Pois, é mesmo: só o presente conta.
    Abrazo.

    ResponderEliminar
  17. JORGE SINEIRO
    Abril é povo.
    Saudações.

    ResponderEliminar
  18. ESPAÇO DO JOÃO
    Absolutamente de acordo : democracia e liberdade sempre, ainda que com algumas tristezas à mistura.
    Aceito o desafio e quando me for possível responderei, sim?
    Ah, a Nina fica muito gira de óculos escuros...
    Feliz final de semana.

    ResponderEliminar
  19. ZÉ LÉRIAS:
    Bem vindo, que assim fico a saber que não está com problemas graves, felizmente!
    Abril, sempre!
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  20. AURÉOLA BRANCA
    Obrigada pelas palavras, linda!
    Um abraço por sobre o oceano.

    ResponderEliminar
  21. ABRIL ANTIGO

    Que recitar ou declamar,
    Sobre Abril, sobre a história?
    Que tenho p’ra vos contar,
    Se Abril foi de glória!
    Já tudo foi dito e escrito,
    Do país é já memória.
    Já tudo foi dito e escrito,
    Tudo foi declamado:
    Do que foi Abril, o grito,
    Da arma G3 com cravo.
    Faz parte da nossa história,
    E na escola é ensinado.
    Revolução pela liberdade,
    Novo mundo nos foi dado.

    Que tenho eu p’ra vos contar,
    Se tudo já foi contado!
    Falar dos militares de Abril,
    Neste país tão mudado?
    Falar dos nossos partidos
    Que o têm ignorado?
    Não!...

    Abril são as nossas mãos,
    Sempre dadas, sempre unidas.
    É a amizade entre irmãos,
    São as lutas conseguidas.

    Abril é a nossa vontade,
    É juventude e mocidade.
    Abril é servir a terra
    Que Abril aos filhos lega.

    É de todos quantos dão,
    Amor e fraternidade.
    No lugar, terra, nação,
    Ensinando a liberdade.

    José Faria

    ResponderEliminar
  22. Quando perdura o arrepio gostoso na palavra Abril...

    Beijo grande para ti...

    ResponderEliminar
  23. Lindo poema...
    Eu era muito pequena quando se deu a revolução, porém isso não invalida saber em que circunstâncias aconteceu...
    Vou voltar.

    ResponderEliminar
  24. Como estou meio sem net, passo só pra te desejar uma boa semana

    beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Ainda à dois ou três dias atrás, ia de carro com o meu filho mais novo de 11 anos, e ia-lhe a ensinar essa canção... Grandola Vila Morena, terra da fraternidade, o povo é quem mais ordena... dentro de ti ó cidade.... lá lá lá O meu rapazinho gosta e quer aprender a letra e eu faço gosto em lhe ensinar.... também lhe ando a ensinar, aquela... uma gaivota, voava, voava, asas de vento, coração de mar... como ela... uma papoila crescia crescia... lá lá

    Levei um cravo dos teus.....

    Beijinho

    Flor

    ResponderEliminar
  26. Vem ver Abril Nascer
    Em alegria meu irmão,
    Não o deixes esquecer
    Contando que ele é Razão.
    Abraços solidários

    ResponderEliminar
  27. Voy a escuchar ahora mismo esa magnífica canción, que siempre me humedece los ojos de esperanza.
    ¡Feliz libertad!

    ResponderEliminar
  28. cantar e gritar LIBERDADE
    Saudações amigas

    ResponderEliminar
  29. "Paz, pão, saude, educação..
    Só teremos liberdade a sério quando houver..."
    Abraço

    ResponderEliminar
  30. Aroma de novos ventos...


    Total é a loucura do querer
    Breve é chama da doce paixão
    Total e insubmissa é a verdade
    Que emana do teu terno coração

    Sigo os passos da tua procura
    Queda-se teu corpo nu em melodia incompleta
    És instante da bondade dos Deuses
    O canto de uma ribeira que o sol desperta

    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  31. *
    vinte e cinco de Abril
    a madrugada,
    da liberdade
    sinónimo,
    caboucada
    por um povo anónimo,
    anos a fio calejada,
    por homens de todas as cores,
    numa vida amargurada,
    ,
    Conchinhas de liberdade, amiga,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  32. Gostei muito deste poema belíssimo. Concordo quando diz que "o 25 de Abril tem que ser lembrado para não se cometer os erros do passado"
    Um grande beijo e uma óptima semana.

    ResponderEliminar
  33. Querida amiga. Não tenho vergonha de dizer.
    Choro sempre no 25 de Abril.
    Choro de alegria.
    Choro de sentimento.
    Choro de me sentir livre.
    Choro de ver as papoilas vermelhas
    Choro de ver as gaivotas.
    Choro de raiva ao ver tanta injustiça.
    Choro de recordar o passado e dos pesadêlos que passei, bem como daqueles que sentiram as grilhetas. Choro por ver que ainda há quem queira que o tempo volte para trás
    Deixem-me chorar durante todo o dia, só assim estarei pronto para a luta.
    Um bom 25 de Abril sempr

    ResponderEliminar
  34. Sim, nesses e em tantos outros, menos visiveis. Beijo.

    ResponderEliminar
  35. Nao sou muito conhecedora do passado, e nao sei do que se trata, mas muito bonita a musica, ou seria o poema?
    Mais uma vez "passando", sabe como é né? graças a Deus estou com meu dias bem mais uteis agora, e sempre corridos, mas logico que não podia deixar de vim visitar teu blog e te agradecer a visita no meu.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  36. Só quería darche os parabés, e desexarte que celebres o día da revolución dos cravos o mellor que poidas, eu dende a Galiza cantarei o "Grandola, Vila Morena".

    ResponderEliminar
  37. Caro JOSÉ FARIA, já temia que me tivesses esquecido!!
    Afinla, presenteaste este espaço com um magnífico cântico de Abril...
    Muito obrigada, amigo meu.
    Bem hajas!!

    ResponderEliminar
  38. P (PRINCESA ) REAL:
    Em coro: Sempre!!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  39. ALICE MATOS
    Abril será sempre arrepio e sonho...
    Abraço-te, amiga.

    ResponderEliminar
  40. LENIB
    Eu tinha 24 anos ...
    Bem vinda será nesse esperado regresso.

    ResponderEliminar
  41. MENINA DO RIO
    Arranja, então, que a gente te quer ao pé de nós.
    Feliz semana também para ti, linda.

    ResponderEliminar
  42. A FLOR
    Fazes muito bem em lhe ensinar a esperança e a luta, caríssima, muito bem mesmo!!
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  43. "Todas as prendas que me deste, um dia,
    Guardei-as, meu encanto, quase a medo,
    E quando a noite espreita o pôr-do-sol,
    Eu vou falar com elas em segredo ...

    E falo-lhes d'amores e de ilusões,
    Choro e rio com elas, mansamente...
    Pouco a pouco o perfume do outrora
    Flutua em volta delas, docemente ...

    Pelo copinho de cristal e prata
    Bebo uma saudade estranha e vaga,
    Uma saudade imensa e infinita
    Que, triste, me deslumbra e m'embriaga"

    Adicionei-te o teu blog aos que leio e apresio...
    Serás sempre bem vindo (a)

    ResponderEliminar
  44. A liberdade tem que ser sempre lembrada. E bem lembrada, como nesses versos! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  45. Liberdade... um sonho que vence todos os medos! :) Desejo-te uma boa semana.

    ResponderEliminar
  46. Meu amigo JOSÈ FARIA lá estarei cantando Abril contigo!!
    Abraço apertado.

    ResponderEliminar
  47. PEDRO OJEDA ESCUDERO
    Amigo ibérico, que a Liberdade te seja vida!!
    Besos.

    ResponderEliminar
  48. JO RA TONE
    Sem dúvida, sem dúvida!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  49. HERÉTICO
    Como também o achei belo, pedi licença , insisti, insisti e partilhei-o.
    Fraterno abraço.

    ResponderEliminar
  50. LUNA
    Que Abril sempre viva!
    Mas a sua presença também depende de nós.
    Abraço fraterno. linda.

    ResponderEliminar
  51. O PROFETA
    Bem vindo para aromatizares com a tua bela poesia os ventos de Abril!
    Abraços.

    ResponderEliminar
  52. POETA EU SOU
    A ti, que pagaste caro por essa luta : muito obrigada!!
    Abraço fraterno, amigo.

    ResponderEliminar
  53. FALLEN ANGEL
    Agradeço, em nome da autora, ter gostado.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  54. RUI
    Sempre e sempre lembrado, claro!
    Saudações.

    ResponderEliminar
  55. ESPAÇO DO JOÃO
    Dá-me permissão para assinar por baixo um tão sentido texto?!...Muito obrigada, caríssimo João!!
    Abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  56. RAFEIRO PERFUMADAO
    Claro, pois!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  57. LIZ / FALANDO DE TUDO
    Estamos falando da queda da ditadura Salazar- Caetano feita pelo Movimento das Forças Armadas em 25 de Abril de 1974 e que nos trouxe Liberdade e o fim da guerra colonial em África!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  58. CARLA
    Ouçamo-las sempre, então!
    Felicidades.

    ResponderEliminar
  59. A COXURADA
    Grazas , menina!
    Que a Liberdade te seja vida!
    Unha aperta.

    ResponderEliminar
  60. MARTA RIBEIRO
    Muito obrigada pela preferência!
    Espero , então , o teu regresso!
    Bem hajas.

    ResponderEliminar
  61. ÁRABE
    A Liberdade é a marca de água da Humanidade, temos que a respeitar!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  62. Flávio
    A Liberdade está no nosso coração, não é?
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  63. querida_________São




    lindo!



    __________não adormeças no leito
    do Tejo
    abre os teus braços
    sê o vento debaixo das
    asas da gaivota
    que entrega
    o voo da liberdade


    no__________________________________ teu olhar




    25 de Abril________"encanto" que vivi ainda muito menina_________sem saber o que vivia


    .mas hoje______SEI!!!


    porque aprendi o seu______significado



    ________o dizer





    e o





    sentir





    LIBERDADE!!!












    BeijO_____C_____carinhO

    ResponderEliminar
  64. Bem vinda, minha querida!
    Espero que as férias te tenham sido bem agradáveis e repousantes!
    Tu que és jovem podes gozar em pleno uma liberdade que eu só conheci aos 24 anos, até porque a codição da mulher era ainda pior do que adi himem.
    Abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  65. Querida BETY, como deves ter percebido , eu pretendi escrever que a condição da mulher era bem pior do que a do homem, pois era quase escrava do pai e do marido.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  66. MARGARIDA MUITO DESFOLHADA
    Caminha cambaleando, mas caminha!
    Saudações.

    ResponderEliminar
  67. nossa são, seus poemas são muito lindos.
    esse aroma da liberdade quem não sonha virar realidade.
    muito lindo mesmo, estás de parabéns.
    continues assim, nos dando muitas alegrias, no que vc escreve.
    beijos e uma semana de paz e harmonia para tí.
    fique na paz.
    deusaodoya.

    ResponderEliminar
  68. já encomendei dois cravos (verdade).

    uma beijoca para ti.

    ResponderEliminar
  69. ...lindos estes cravos...

    agradeço a tua visita... voltarei.

    bjs do fundo do Oceanus

    ResponderEliminar
  70. DEUSA ODOYA:
    Muito grata pela gentileza das suas palavras, doce deusa.
    Fico esperando-a.
    Que a liberdade seja sua vida!

    ResponderEliminar
  71. ANÓNIMO:
    Gosro de te ver aqui, com ou sem cravos!
    Abraço-te.

    ResponderEliminar
  72. OCEANUS
    Bem vindo!
    Fico esperando...
    Saudações.

    ResponderEliminar
  73. Abril!

    Deixo um grande beijo em Liberdade!!!

    (*)

    ResponderEliminar
  74. UM MOMENTO
    E eu retribuo com abraço fraterno!

    ResponderEliminar
  75. Off Tópic:
    Andei ás voltas a tentar peceber o que era o "azul sobre o negro":)
    Finalmente percebi:)
    É problema do blogger ou layout , pois está escrito a preto no branco ( o texto)
    Também não entendi quando abri o blog pq ficou ele azul sobre negro...
    Obrigada por me avisares São( mais uma vez vou tentar ver o que se passa , pois já fechei o outro Momentos á conta de situações semelhantes...)
    Um beijo imenso e agradecido :)))
    Bom fim de semana desejo com tudo de muito bom!:))))))))

    (*)

    ResponderEliminar
  76. UM MOMENTO
    Nada a agradecer,
    De facto, por vezes acontecem coisas algo estranhas...
    Um bom fim de semana prolongado para ti!

    ResponderEliminar
  77. São,
    muito obrigada pela visita.
    Hoje deixo-lhe um cravo, simbolo da nossa Liberdade.

    Beijos

    ResponderEliminar
  78. Muito lhe agradeço a visita
    E o cravo cá a fica esperando.
    Feliz fim de semana prolongado.

    ResponderEliminar
  79. Venho deixar-te um rubro cravo de Abril com aroma de Liberdade.

    Mil beijinhossss

    ResponderEliminar
  80. Sintético mas sentido.Gostei.
    Bfs.
    2 beijinhos

    ResponderEliminar
  81. Quanto custa a liberdade num país sitiado?


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  82. Bom feriado
    para aqui
    pleno de liberdade
    e de expressão
    Bjo

    ResponderEliminar
  83. Te visitando pela primeiva vez, gostei muito.

    "O que é ser um poeta?
    Bem, considerando que a alma é sua companheira
    Fiel, e bem amiga,
    E ter a mente longe de intrigas,
    Sempre dentro dela a verdejar
    Para poder assim, se expressar,
    Traduzo então, dentro do meu interior
    Carregado sempre de amor,
    Que ser poeta é sempre versejar.
    Tanto faz ser um poeta ou poetisa,
    Basta apenas vestir a camisa
    E botar a mente a funcionar
    Fazendo poemas sobre qualquer tema
    Partindo, assim, desse lema
    Para aos outros homenagear."

    Um feliz final de semana.

    Beijo de carinho

    Elcia Belluci

    ResponderEliminar
  84. um abril que se faz
    um maio que se cumpre

    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  85. SOPHIAMAR
    Que a liberdade te acompanhe.
    Abril, sempre!
    Feliz fim de semana prolongado e partilhado com a nova flor do teu jardim.

    ResponderEliminar
  86. O DAS CALDAS
    Em nome da autora, obrigada por ter apreciado,
    Espero que regresse.
    Bom fim de semana alargado.

    ResponderEliminar
  87. O PROFETA
    Muita perseverança, muito querer, muito sofrimento!
    Abraço-te fraternalmente neste Dia de Liberdade.

    ResponderEliminar
  88. MIXTU
    Assim seja!
    Feliz fim de semana alargado.

    ResponderEliminar
  89. JO RA TONE

    Viva Abril!

    Feliz fim de semana alargado.

    ResponderEliminar
  90. SUAVE TOQUE
    Bem vinda nesta sua primeira visita, que espero se repita muitas e muitas vezes,
    Pelo embelezamento de meu espaço, obrigada!
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  91. Festeja muito este dia...

    Beijinho para ti...

    ResponderEliminar
  92. Meus amigos/as
    Por motivos de saude vou estar ausente da net uns meses...
    Mas vou ter cada um de vocês em meu coração!
    Ao longo destes anos tenho feito por aqui grandes amizades que guardo com todo carinho ...
    Vou sentir muitas saudades !
    Sempre que puder visitarei ...
    Deixo um grande beijo com todo meu carinho.
    D@rk @ngel (gotika)

    ResponderEliminar
  93. ...tinha eu 30 anos e dois filhos crescidotes...andamos a correr a cidade para gozar o "Dia"! Hoje, só me lembro do dia por mo recordarem... Mas a lembrança está guardada, bem lá dentro. Nesta fase da vida, prefiro ir vivendo os minutos presentes.Um beijo e viva a VIDA!

    ResponderEliminar
  94. Passando para deixar um abraço... e solicitar novo post. ;) Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  95. O vergonhoso do pai da Esmeralda Baltazar Nunes paga a quem sinta por ele num blog criado para iludir quem é cego. Usa o nome da filha para xingar e espernear com quem não está do seu lado. Que pai é este que em vez de proteger a filha usa o seu nome para se patentear?
    http://www.esmeralda-sim.blogspot.com/ é uma FRAUDE de blog em que são apenas colocados visíveis os comentários que lhes agradam.
    As críticas eram tantas que o tiro lhes saiu pela culatra.

    ResponderEliminar
  96. O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente.

    *Fernando Pessoa*

    Vale sempre a pena andar aqui por perto!

    Doces Beijos

    ResponderEliminar
  97. Esperando que estejas muito bem, desejo-te um belo fim de semana, amiga!

    ResponderEliminar
  98. La primavera es belal querido Sao.

    Un abrazo y felicitaciones por el colorido de tu post.

    ResponderEliminar
  99. E sabe sempre tão bem recordar aquela manhã de Abril! Até o sol brilhou mais forte!

    Aquele abraço infernal de liberdade!

    ResponderEliminar
  100. Oi fia! VIVA A REVOLUÇÃO DOS CRAVOS, VIVA 25 DE ABRIL!

    Muito porrera a poesia>

    Obrigado pelas palavras no Sibarita

    bjs
    O Sibarita

    ResponderEliminar
  101. COM OS IDEAIS DE ABRIL, SEMPRE!

    Um abraço.
    Jorge P.G.

    ResponderEliminar
  102. ALICE MATOS
    Certamente, linda!
    Apesar dos pesares ainda hajo que é data de festejo.
    Abraço-te!

    ResponderEliminar
  103. DARK ANGEL
    Meu anjo negro tão cheio de sensibilidade, que regresses depressa e totalmente recuperada é o meu voto de coração.
    Um grande, grande abraço, linda!

    ResponderEliminar
  104. ÂNGELA LADEIRO
    25 de Abril de 1974 vivi-o de modo não muito agradável e com algum receio.
    Mas ainda hoje, apesar de tudo quanto tem acontecido de lamentável, festejo a queda da ditadura, a extinção da PIDE, o fim da guerra colonial.
    VIVA A VIDA!
    (Que só vale a pena ser vivida em LIBERDADE).
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  105. JORGE SINEIRO:
    Faço coro!
    Sabe que o seu perfil não está disponível?
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  106. O SIBARITA
    Olá, caríssimo!
    A verdade não se agradece, retribui-se, não é?
    Viva a Liberdade!!
    Abraço apertado.

    ResponderEliminar
  107. POETA EU SOU
    ...e informação à gente jivem, também!
    Abraços, Nazareno.

    ResponderEliminar
  108. BELZEBU
    Para quem ama a Liberdade, sim.
    Para os outros nublou, embora agora j+a tenha algumas abertas, para nosso mal.
    Abraço grande.

    ResponderEliminar
  109. TRILITI STAR
    Agradeço e retribuo.
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  110. RICARDO TRIBIN
    A primavera é o renascer da Natureza, por isso a amammos, não é?
    Abrazo, caríssimo.

    ResponderEliminar
  111. ÁRABE
    Muito grata, Mestre!
    Abraços para ti, sobre o oceano que nos separa.

    ResponderEliminar
  112. ROSI GOUVEA
    Obrigada, minha linda!
    Sê feliz!

    ResponderEliminar
  113. Meu caro FLÁVIO, como vê, seu generoso pedido está satisfeito.
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  114. JOÃO MOREIRA
    Já lá deixei a minha opinião. Veremos se é publicada e/ou se alguém me vem insultar.
    Feliz semana.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...