domingo, 27 de abril de 2008

FALA ÍNDIA

As vastas e abertas planícies, as belas colinas e as águas que em meandros complicados serpenteiam, não eram, aos nossos olhos, selvagens.
Só o homem branco via a Natureza selvagem e só para ele estava a terra "infestada" de animais "selvagens" e de gentes"selvagens". Para nós era ela mansa.
A terra era caritativa e sentíamo-nos rodeados pelas bençãos do Grande Mistério.
Só se tornou hostil para nós com a chegada do homem peludo do Leste, que nos oprime e às nossas famílias, que tanto amamos, com injustiças insanas e brutais.
Foi quando os animais da floresta se puseram em fuga, à medida que ele se aproximava, que para nós começou o "Oeste Selvagem".

STANDING BEAR
( Chefe Sioux, índio norte-americano)

70 comentários:

  1. No tempo em que os animais falavam, isto devia ser um paraízo
    (expressão que muito ouvi dizer dos antigos)
    O Indio tem toda a razão
    Estão a tirá-lo do seu lugar(habitat)
    Pobres criaturas

    ResponderEliminar
  2. xmsnrqForam-se as grilhetas para profundesas do Mindanau. Espero que nossos filhos e netos saibam aproveitar esta célebre data. Se calhar não sabem que o Maio de 68, foi o prenúncio do Abril de 1974. Façamos passar a mensagem,ela não pode cair no esquecimento. Esquecer é morrer...e, nós queremos tanto aos nossos filhos, não deixaremos esquecer ABRIL.

    ResponderEliminar
  3. JO RA TONE
    A "raça" branca é uma contradição só : esquece a máxima de um nobre francês que afirmava"noblesse, oblige".
    Ou seja, a nobreza não tem só direitos , tem também deveres!!
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  4. ESPAÇO DO JOÂO
    Aí é que eu penso que houve enorme falah: não termos sabido dar conhecimento aos mais novos da realidade infame da didatura!!
    Abraços, querido amigo!

    ResponderEliminar
  5. Tens a razão toda: só os humanos se podem causar a auto-extinção!
    Sê feliz.

    ResponderEliminar
  6. É verdade... todos nós deveríamos mesmo refletir sobre as palavras do Chefe Sioux!

    Um bom domingo!

    ResponderEliminar
  7. Seria muito bom que os civilizados ouvissem - e seguissem!- a sensibilidade dos sevagens, não é?
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde.

    Sempre tive um certo fascínio pela cultura e filosofia de vida dos índios americanos, talvez devido às historinhas de cowboys da minha infância nas quais, tantas vezes, me via a "torcer" pelos índios que lutavam contra os "facas-longas" da cavalaria norte-americana.
    Já publiquei igualmente um artigo sobre os Comanches, uma das mais conhecidas tribos indígenas do território norte-americano.

    O que este chefe afirma é a verdade de um homem, de um povo, que se viu dizimado e empurrado para reservas pela força bruta e o despudorado desejo de conquista do homem branco. Belíssimas palavras na sua directa simplicidade e dura verdade.

    Já agora, duas pequenas gralhas no texto: "peals bênções"
    A mim, está sempre a acontecer este tipo de gralha de dactilografia.

    Um abraço e boa semana.
    jorge P.G.

    ResponderEliminar
  9. Obrigada Jorge pela indicação das gralhas.
    Com o resto, estamos de acordo.
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  10. Excelente texto!
    O ser humano sempre teve a infelicidade de pensar que é o dono do mundo, e com esse achar, tem vindo a destrui-lo...
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  11. Aunque no debamos mitificarlos, la mayor parte de estas tribus sabían vivir en amor y armonía con su tierra. No necesitaban el progreso y la ambición del europeo.

    ResponderEliminar
  12. SEI QUE EXISTES:
    Principalmente, os seres humanos que se acham superiores a outros seres humanos.
    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  13. PEDRO OJEDA ESCUDERO
    Sim, não eram o " bom selvagem" de Rousseau, mas tinham uma filosofia de vida mais coerente do que quem os achava selvagens.
    Feliz semana, caríssimo.

    ResponderEliminar
  14. Outros tempos, outras ideias outros valores, talvez mais simples, mas mais honestos
    Saudações amigas e boa semana de trabalho

    ResponderEliminar
  15. Eram decerto mais autênticos do que aqueles de quem lhes destroçou a vida para sempre!
    Agradeço o voto, mas eu já estou no remanso da aposentação.caro amigo.
    Fique bem.

    ResponderEliminar
  16. *

    nem MANITU,
    deus da nação navajo,
    sobreviveu,
    aos cow-boy pistoleiros,
    um extermínio sem gá,
    ,
    exemplificado no
    46º governador do texas... Bush,
    ,
    conchinhas
    ,
    *

    ResponderEliminar
  17. Bush é um assassino legal, bronco até à medula e tão fundamentalista como os suicidas do outro lado!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  18. E mais uma vez chega o homem para estragar tudo...

    ResponderEliminar
  19. E ele ainda nada sabia do iria acontecer depois...
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  20. São
    O homem foi sempre o maior predador e também o mais perigoso. Porque para o homem não há regras o seu EU destrói o mundo só para se satisfazer.
    Especialmente o homem branco de que fala o índio.
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. seremos os últimos "moicanos"?!...
    agora?

    ResponderEliminar
  22. Certamente os indios vivían en case perfecta comunión coa natureza. Eso o "home branco" nunca o soubo facer.
    Apertas.

    ResponderEliminar
  23. Por certo, pode levar vostede tódalas fotos que queira.

    ResponderEliminar
  24. Pois é, Maria. Havia-se um tempo em que eles tinham paz. Injustamente, hoje nada mais eles têm.
    Abraços, minha querida.

    ResponderEliminar
  25. lembro-me de ser miúdo e ver os westerns americanos.

    levei algum tempo a concluir que os maus não eram aqueles que nos filmes nos queriam fazer ver...

    ResponderEliminar
  26. É uma boa pergunta, amiga: o que pode existir de mais selvagem do que o homem? :) Boa semana.

    ResponderEliminar
  27. diz o meu menino de 3 anos:
    ó pai, jánão há lobos? os homens mataram...

    isto pq eu em tempos lhe disse ele, ele recordou-se

    abrazo serrano (tens um vinho especoal?yaya)

    ResponderEliminar
  28. E para culminar a selvajaria, ficaram-lhes com as terras, enfiaram-nos em reservas e obrigaram-nos a viver segundo as suas regras!

    Aquele abraço infernal!

    ResponderEliminar
  29. E assim o paraíso vai desaparecendo, pouco a pouco porque os ditos civilizados assim o entendem. Até que a terra deixe de ter condições de vida!

    Beijinhosssss

    ResponderEliminar
  30. LENIB
    Como sempre, infelizmente...
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  31. VIEIRA CALADO
    Ah, pois...senão a crítica seria mais amarga ainda.
    Saudações.

    ResponderEliminar
  32. SILÊNCIO CULPADO
    O Homem jé é arrogante por natureza e quando , sem fundamento científico sequer, acha que é superior pela cor da pele ou pela religião...é a besta mais sanguinária existente no planeta!
    Abraço-te, amiga!

    ResponderEliminar
  33. RAPOSO
    O nomem braco esta muito arredado dos valores que devem nortear a Vida, sim.
    Obrigada pela autorização.
    Unha aperta.

    ResponderEliminar
  34. AURÉOLA BRANCA
    E há quem chame a esse destruir de culturas Progresso!!
    Um abraço bem grande.

    ResponderEliminar
  35. TRILITI STAR
    Viu "O Soldado Azul"? Impressionante: começa como um vulgar filme de glorificação aos brancos e vai fazendo uma desmontagem da actuação do exército norte-americano no modo como massacrou os índios.
    Fique bem.

    ResponderEliminar
  36. ...e quando o homem se esquece da sua essência...começa o "Oeste Selvagem".
    beijos amiga

    ResponderEliminar
  37. ÁRABE:
    Nada, como a tua sabedoria sabe.
    Abraço-te.

    ResponderEliminar
  38. MIXTU
    Tenho Dão Meia Encosta,Monte da Charca, Esporão.
    Fica bem.

    ResponderEliminar
  39. SOPHIAMAR
    O que esta gente entende por civilização adiantada está a destruir-nos pouco a pouco.
    Grande abraço, querida.

    ResponderEliminar
  40. BELZEBU
    ...e, depois, armam-se em defensores de liberdades alheias, para cúmulo do cinismo!!
    Abraço .

    ResponderEliminar
  41. lindos animaizinhos!


    boas tardes, belo blog"

    ResponderEliminar
  42. humanos, tão mais selvagens, tantosssssssssssssssssssss
    que muitos os chamados animais
    beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Destruiram (os homens brancos) a rica cultura que aquele continente tinha. E depois ainda tinham o desplante de os chamarem selvagens...

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  44. Oii são!!!
    Estou com saudades.
    Espero que esteja bem.
    Beijos, mari

    ResponderEliminar
  45. O uneco salvaxe eo ser human. O gran depredador do Universo, a bestia.
    Amiga São, teño un pouco abandoado o mundo dos blogs, axiña volverei a escribir algo ea visitar de novo a tua casa con mais asuididade.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  46. Gostaria que aceitasse um presente que está lá no meu blog, a sua espera.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  47. Sempre a mesma selvajaria dos mais abastados ditos civilizados.

    ResponderEliminar
  48. MARCO
    Pois são.
    Agradeço ter gostado.
    Boa noite.

    ResponderEliminar
  49. GAIVOTA
    Sendo racionais, são mesmo piores!!
    Grande abraço. amiga.

    ResponderEliminar
  50. RAFEIRO PERFUMADO:
    E o pior é que essa falta total de respeito pela cultura alheia, ainda está aí bem viva!!
    Bom feriado.

    ResponderEliminar
  51. JOSÈ FARIA
    Já tinha saudades de te ver por aqui, amigo...
    E quanto mais têm , mais pretendem...
    Bom feriado.

    ResponderEliminar
  52. MARI
    Linda, agradeço de coração seu interesse.
    Só que meu tempo cada vez encolhe mais, sabe?
    Mas lá irei, claro.
    Muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
  53. AURÉOLA BRANCA
    Aceitarei decerto, se conseguir trazer...
    Sabe que sou muito tosca com estas tcnologias internéticas.
    Comovida, agradeço a generosidade1
    bem haja, linda!

    ResponderEliminar
  54. APÁTRIDA
    Meu querido amigo, que alegria imensa encontrar-te hoje aqui na minha casa!!!
    Tinha imensas saudades tuas e fazem-me falta os teus escritos!
    Bom, fico então esperando, ansiosa, o tão esperado regresso...
    Um abraço bem carinhoso, cidadão do mundo!!

    ResponderEliminar
  55. Fartei-me de procurar dentro da matilha e, não encontrei o Buch. Será que está disfarçado?

    ResponderEliminar
  56. O homem com sua capacidade destrutiva acaba por sofrer as próprias consequencias de seus atos! Selvagens somos nós nessa gana por destruir a natureza!

    Um beijo pra ti e um ótimo feriado

    ResponderEliminar
  57. ESPAÇO DO JOÃO:
    Não, como é o big boss da alcateia , recatou-se...
    Bom feriado, caro João.

    ResponderEliminar
  58. MENINA DO RIO
    Sim, o homem branco é o maior dos selvagens, pois além de destruir a Natureza destrói seres humanos como ele o é.
    Obrigada e também um feliz 1º de Maio para ti.

    ResponderEliminar
  59. esta casa é tão "a sério" que até penso se cá devia vir. desculpe-me a ousadia.

    os meus respeitos,


    João

    ResponderEliminar
  60. pdtoHoje, 1º de Maio, não trabalho e por isso, não comento, peço desculpa.
    Apenas passo para deixar um abraço aos amigos e a todos os trabalhadores.
    Bom Dia de Festa! Viva a Liberdade responsável!
    SEMPRE!
    QUEIRA OU NÃO QUEIRA O PAPÃO!
    Jorge P.G.

    ResponderEliminar
  61. Olá São,
    Belo texto nos trazes aqui hoje!
    Tenho algo muito parecido que é a carta do chefe índio Seattle de 1854 ao Grande chefe Branco de Washington, texto que foi adoptado pela Unesco e divulgado pelas Nações Unidas em 1976, quando das Comemorações do Dia MUndial do Ambiente.
    É uma resposta a uma oferta de compra de uma grande extensão de terras índias, prometendo criar uma "reserva" para o povo indígena. E começa assim: "Como se pode comprar ou vender o firmamento, ou ainda o calor da terra? Tal ideia é-nos desconhecida. Se não somos donos da frescura do ar nem do fulgor das águas, como poderão vocês comprá-los? Cada parcela desta terra é sagrada para o meu povo. Cada brilhante mata de pinheiros, cada grão de areia nas praias, cada gota de orvalho nos escuros bosques, cada outeiro e até o zumbido de cada inseto é sagrado para a memória e para o passado do meu povo."
    In "Poema Ecológico" - Júlio Roberto

    Vale a pena ler todo este texto e ler depois no mesmo livro a Resposta de um homem do Mundo de 1978 dada por Júlio Roberto.

    São,mais um tema muito especial que trouxeste para reflectir, já não é só o mal que fizemos à cultura de alguns povos, é o mal que estamos a fazer à terra e a todos nós, principalmente às gerações vindouras.

    ResponderEliminar
  62. CASA DE PASSE
    Meu caro João, ficaria penalizada se deixasse de vir.
    Mas eu , de facto, tomo as coisas muito a sério. Embora também tenha sentido de humor, pode crer.
    Feliz feriado.

    ResponderEliminar
  63. JORGE SINEIRO
    O papão não é mais forte do que a razão, a justiça e a verdade!
    Feliz 1º de Maio para si!

    ResponderEliminar
  64. BRANCAMAR
    Eu retirei este texto de um livro intitulado: " A Fala dos Índios", cuja leitura recomendo vivamente.
    Júlio Roberto, conheço pessoalmente de uma vez que o convidámos para fazer uma palestra no Barreiro há muitos, muitos anos.
    Feliz feriado, linda.

    ResponderEliminar
  65. Amiga:
    Cada vez mais me sinto "culpado" por não ter nascido animal selvagem. Mas o Criador é que sabe!?
    Pois estaria em paz e muito distante desta selva humana!

    Beijos querida amiga!
    Do Zé da Maia, mais uma terriola deste Mundo maluco!

    ResponderEliminar
  66. Podemos tratar a Natureza como merece e assim já não teremos "culpas"

    Tudo de bom

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...