MALTA

MALTA

sábado, 30 de janeiro de 2010

MAHATAMA


                                MOHANDAS  KARAMCHAND GHANDI
(2/10/1869 - 30/1/1948)

"O que mais me impressiona nos fracos é a sua necessidade de humilhar os outros para se sentirem fortes.
Uma civilização é julgada pela forma como trata as minorias."

68 comentários:

  1. Que homenagem tão especial.
    Este HOMEM é mais UM, dos que jamais morrerão...

    Forte abraço
    Mer

    ResponderEliminar
  2. Les fleurs ne son pas fini. Rien du tout. Bom fin de la semain.

    ResponderEliminar
  3. É um exemplo único para mim, de paz, humildade, sabedoria, um exemplo de como se pode viver sem nada tendo tudo, sendo TUDO.
    Os fracos de espírito infelizmente sempre tiveram e têm um problema de autoridade, logo gostam de humilhar os outros. Pena que passados tantos anos esta mensagem continue actual, mas vejo e acredito que já se limaram muitas arestas e outras se limarão, graças à força do carácter de homens como Mahatma Gandhi.
    Nunca é demais lembrá-lo e homenageá-lo.
    Bem-hajas, São.
    Um bom Dmingo para ti, felicidade e saúde para a tua neta.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. excelente afirmação! como todas deste grande HOMEM!
    são sempre os mais fracos que prepotentemente alçam a mão e levantam as vozes sem razão, apenas para amedrontar e "escravizar" os outros, quantas vezes mais fortes no seu coração e mente!
    bom domingo, xará
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. São exemplos destes que nos dão força para continuarmos, não é?
    Um abraço amigo, MER.

    ResponderEliminar
  6. Oh, tu parles trés bien!
    Sur Ghandi, rien?
    Je t´embrasse, mon cher ami JEAN.

    ResponderEliminar
  7. Querida BRANCA, para mim, este ser humano é, também, exemplar e a provada prova de que é possível lutar por ideias sem matar ninguém por eles.
    Concordo, já evoluímos, mas há ainda um longo caminho pela frente.
    Um abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  8. Querida xará, só quem não tem força interior utiliza a exterior, não é?
    E o caminho será feito!
    Um abraço bem grande, GAIVOTA livre sobre a vida.

    ResponderEliminar
  9. Como ele tinha sabedoria, não?!
    Amiga, voltei, mas ando em tempos fracos de alma...
    Passei para desejar um Bom Domingo!
    Com gratidão, mari.

    ResponderEliminar
  10. Querida amiga, que este rico ser humano a possa inspirar nestes tempos que lhe são difíceis.
    Por si e consigo rezo a Deus para que tudo lhe corra muito bem.
    Aceite minha estima.

    ResponderEliminar
  11. Sobre Gandhi, o que tenho a dizer é que a humildade, supera todos os valores do ser humano. Como bem sabes, sou agnóstico, mas não deixo de verificar que há seres humanos tais como Gandhi , Madre Teresa de Calcutá, Martin Luther King, entre outros que merecem todo o respeito e consideração.

    ResponderEliminar
  12. Voltando à carga.
    Eu não sou pobre. Já algumas vezes não tive dinheiro. Não ter dinheiro , depende da ocasião, ser pobre depende do espírito.

    ResponderEliminar
  13. Se não t6e importas, respondo aos dois, num.
    Ghandi é um daqueles seres que nos fazem crer que algo nos transcende, concordo.
    E, sim, estou em total partilha de covicção: a pior pobreza é a de espírito. que habitualmente não tem cura!

    Mais um abraço, JOÂO.

    ResponderEliminar
  14. Grato pela passagem no meu espaço. Quanto ás laranjas, seria um prazer poder dá-las , pelo menos eram aproveitadas. Quanto aos cavalos, não tenho dúvidas que como os câes são fiéis amigos e, têem uma memória formidável. Resta-me as flores, nunca as cabeças de veado estiveram tão belas. Já me esquecia:- já sei o nome delas graças a um amigo muito interessado em plantas. Já lá está o respectivo nome. Volta sempre, è um prazer receber-te. Um Abraço forte de amizade. João.

    ResponderEliminar
  15. Ontem terminou a minha exposição sobre a Índia - em várias partes faço referência a Ganghi, inclusivamente uma das imagens mais bonitas da exposição é o túmulo de Gandhi.
    Parabéns por esta bela e merecida homenagem.

    Hoje recorri aos conselhos dos arcanos e do horóscopo, saiu o seguinte:
    No período que vai de 31/01 (Hoje) a 03/02, o Sol se encontrará na Casa 4 e a Lua na Casa 11 do seu mapa, Ester. Seu sentimento de bem-estar emocional estará associado aos seus amigos queridos, mas de uma forma mais introspectiva: bom momento para selecionar quem é mesmo seu amigo, passar uma peneira fina! Este é um momento particularmente propício para fazer reuniões em casa com as pessoas mais queridas, ou mesmo visitar amigos-irmãos. Gradualmente, sua alma se abre para uma fase bem mais sociável, que emergirá nos próximos dias!

    Pois, há que seguir os conselhos!!!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  16. 62 anos depois ainda dá lições ao mundo... e continuará a dar para sempre.
    Bj
    Mariazita

    PS:
    RESPOSTA - A CASA DA MARIQUINHAS TEM SEMPRE AS PORTAS ABERTAS, MIGA.
    POR ISSO PODES TRAZER (E LEVAR...) TUDO O QUE QUISERES. É TUDO TEU!!!

    ResponderEliminar
  17. ... e assim é, São. Apenas os homens verdadeiramente grandes são conscientes de que é em nós que a grandeza se encontra. :) Boa semana, amiga!

    ResponderEliminar
  18. Um grande homem, que merece todo o meu respeito.

    ResponderEliminar
  19. Certamente. Gandhi disse tudo.
    Estou lá no meu blog contando um pouco da literatura africana, uma de minhas tantas paixões.
    Uma boa semana para você.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  20. Eis mais motivo de pena por não morarmos perto: assim eu aproveitaria muitas das laranjas, pois adoro o sumo ou partidas ( com acúcar)

    Obrigada, amigo JEAN.

    ResponderEliminar
  21. Viva, TULIPA!
    Folgo por saber que a exposição foi exitosa.
    Ghandi faz parte de número de pessoas realmente importantes.
    Conselhos? É bom ouvir, sim.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  22. Pena serem tão poucos e tão mal escutados, não é?
    Boa semana, DONA.

    ResponderEliminar
  23. Te agradeço a generosidade grande, nena!

    Ghandi é terno, tal como mais uns poucos seres humanos mais.

    Um terno abraço,MARIAZITA.

    ResponderEliminar
  24. Sábia e correctissima asserção a tua, MESTRE!
    Te saúdo com estima, ÀRABE!

    ResponderEliminar
  25. Que bom compartilharmos essa admiração por alguém que a merece.
    Boa semana, PENSADOR.

    ResponderEliminar
  26. Também admira o arauto da não-violência? Que bom isso, SILVANA!
    Uma feliz semana.

    ResponderEliminar
  27. e quantas pessoas não se esquecem disso???

    infelizmente, é só olhar um pouco pela Europa... vivemos tempos estranhos! e temos muito má memória

    ResponderEliminar
  28. Minha querida.
    E, mais não saboreias porque não queres voltar a passar nas origens. Atreve-te a passar por estas bandas e, verás como serás bem recebida. Só não te vou buscar de charrete, mas se fosse o caso também tenho amigos que têem charrete e, de boa vontade faziam o jeito. Um abração . João

    ResponderEliminar
  29. É a arma dos incompetentes: são bastantes lamentavelmente.

    Pessoas assim perdurarão, as suas acções e as suas palavras são um exemplo a seguir.

    Todo um acerto, querida amiga.

    Como hoje é o dia dos abraços aqui fica um para ti, meu.

    ResponderEliminar
  30. ... quando os ingleses começaram a perceber(?!) que Ghandi não era um mero contestatário da presença colonial britânica na India, já era tarde demais.
    Uma força intelectual impressionante que levou a India a libertar-se do jugo da Grâ-Bretanha.


    Abraço.

    ResponderEliminar
  31. Palavras que me acompanham...foi bom encontrálas aqui, São! Obrigada
    Jhs

    ResponderEliminar
  32. Olá São boa tarde.
    Venho agradecer a sua visita lá no meu cantinho.
    Volte sempre pois será muito bem vinda.
    Votos de um dia abençoado.
    Fique bem. Fique com Deus.
    Anita (amor fraternal)

    ResponderEliminar
  33. Ai, que já pensava me teres esquecido...Que bom ver-te aqui!

    Sim, na Itália , particularmente, ventos de estranha mudança estão correndo sobre emigrantes e ciganos.

    Abraço-te . LEONOR.

    ResponderEliminar
  34. Caro JOÂO, venho comovida das tuas lindas papoilas.

    Como já te informei, é.me sempre complicado combinar encontros, pois estou dependente de boleias, já que não conduzo.

    De qualquer modo, obrigadiiiiissiiiima!

    ResponderEliminar
  35. Quem tem força interior , não necessita de humilhar ninguém e sustenta-se de pé defrontado tudo, não é?

    Também há Dia dos Abraços?! rrss Então, um também para ti, carissimo DUARTE.

    ResponderEliminar
  36. Caro ALBERTO, eis aqui um exemplo de como uma única pessoa pode influenciar a História.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  37. CLARINDA querida, é muito bom aqui te ver.
    Comparo este homem com aquele que em "Se isto é um homem..." desafia os restantes prisioneiros a enfrentar os carrascos alemães , acabando por ser morto frente ao marasmo dos companheiros.

    precisamos, muito, de pessoas assim!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  38. Bem vinda é e será, ANITA.
    E de Ghandi, que diz?
    Obrigada pelas palvras.

    Que o seu dia seja luminoso.

    ResponderEliminar
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  40. Óh mulher não te amofines com as anedotas que contam dos Alentejanos é um povo admirável e que deve ser emtendido cmo povo superior. Ainda não vi povo que adore tanto que se lhes conte anedotas como estes povo. No entanto previno que nunca sai vencedor. Ser alentejano , não é viver no Alentejo mas sim, conviver com eles, têem sempre uma lição a dar. Pese embora não abandone as minhas raízes, não abdico de me converter ao Alentejano. As suas lutas e os seus saberes são dignos de serem bem divulgados. Bien, por aujourdui , fini. Bon travaille dans cete semaine. Jeam

    ResponderEliminar
  41. Um exemplo que devia servir de inspiração e referência no dia-a-dia a todos!

    ResponderEliminar
  42. Sabes, anigo, é que eu não suporto injustiças.

    Quando ouço dizer que os alentejanos são preguiçosos, só me dá vontade de pôr as criaturas que dizem tal asneira no cimo da torre de menagem do castelo de Beja , entre as 12H e as 16H de um dia de Vrão tipicamente alentejano.

    Au revoir, mon cher JEAN.

    ResponderEliminar
  43. Caro FERREIRA_PINTO, não seria má ideia nestes tempos de crise de valores , não.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  44. Folgo em que admires a Grande alma, CHANA!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  45. Boa tarde.
    Dando uma passadinha para apreciar as últimas novidades. Para quem cultua, hoje é dia de fazer pedido, é dia de Iemanjá.
    Aproveito a minha estada aqui no seu cantinho para comunicar que, devido a diversos pedidos com algumas explicações, farei uma série com os orixás importados da cultura africana e cultuados no Brasil
    Comecei como Iemanjá, pois hoje é o dia dela.Espero que aprecie um pouco dessa literatura africana que muito nós outros por suas histórias e mitos.
    Um grande abraço.
    Silvana Nunes

    ResponderEliminar
  46. Bem vinda e obrigada , quer pela série que fará quer pela informação.

    Aqui, só escrevo uma vez por semana.
    No outro blogue , sou mais assídua. Se quiser também ir espreitando por lá, gostarei.

    Um abraço grande-

    ResponderEliminar
  47. olá, são, aqui estou pra te convidar pra uma nova visita e aproveitar pra dizer que a paz é a paz mahatama, não a do cemitério, mas a paz dos horizontes, dos futuros, do imprevisível, desse encontro.
    beijos
    luis de la mancha

    ResponderEliminar
  48. Poderíamos estar aqui um dia inteiro a ouvir citações de Ghandi que em todas elas encontraríamos uma dose enorme de sabedoria e uma auréola de paz.
    Assim caminhasse o mundo.
    Ainda bem que gostas do Zé co Cão. Quando o conheceres pessoalmente vais gostar muito mais.
    Beijinho São!

    ResponderEliminar
  49. Caro LUÍS, ainda tenho o ritmo do teu excelente texto na cabeça.

    E , sim, a paz não é a paz podre da cedência , mas sim a de lutarmos pela verdade e pela justiça.

    Bem hajas.

    ResponderEliminar
  50. Bem vindo, KIM!

    Ghandi é exemplar, pena que nesta época haja tão poucas pessoas a reger-se por valores.

    O Zé é dos meus primeiros contactos e acho muita graça às suas estórias e comentários.
    Além do mais, é do meu clube , rrss, como descobrimos recentemente.

    Gostaria imenso de o conhecer em pessoa.

    A ti, pele foto, acho que conheço...ou alguém muito parecido.

    Esperando que voltes muitas vezes, te desejo uma serena noite.

    ResponderEliminar
  51. Este senhor merece o meu mais profundo respeito...e a São também...:)

    ResponderEliminar
  52. Perante a listagem de blogs (que fazem parte do perfil) interessantes para ler, escolhi este para comentar...talvez pela mensagem do post.

    Algumas minorias fascinam-me, para além do exemplo que nos podem transmitir.

    Agradeço e retribuo visita ao meu blog.

    Bem haja.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  53. Olá São,
    É bom passar por aqui e encontrar esse ícone da paz que vivera sempre nos corações fraternos.

    Obrigada pelas visitas, eu estava no Nordeste, por isso sumi um pouco. Mas já estou na ativa.
    Beijos,
    Dalinha

    ResponderEliminar
  54. Bom tarde,
    Conforme o combinado, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... continua com a série mitologia dos orixás como eu havia prometido: hoje eu escrevo sobre a lenda da criação. Se puder, passa por lá.
    Tenha um bom dia.
    Beijo grande,
    Saudações Florestais !

    ResponderEliminar
  55. _________________________________

    Gandhi era um grande Mestre! A sua mensagem brilha com a luz do amor e da compaixão...

    Obrigada, por traze-lo, amiga!


    Beijos de luz e o meu carinho...

    ________________________________

    ResponderEliminar
  56. Toda cidade vai cantar
    E finalmente vai voltar
    O tempo da paz os tempos atrás
    O tempo da consideração
    Quando era menos ambição
    E o coração valia muito mais
    Toda a cidade vai cantar
    O cancioneiro popular de tempos atrás
    Que já não se faz
    E chega a me dar uma emoção
    De contemplar a multidão
    Cantando pelas ruas principais
    Joga todo mal pra fora
    Abre o peito e chora em paz
    Que é bonito demais
    Toda cidade cantando
    Como nos antigos carnavais

    Paulo Cesar Pinheiro
    Beijo e seja feliz!

    ResponderEliminar
  57. o Homem...
    sem dúvida...
    sou o seu fã nº 1

    abrazos serranos

    ResponderEliminar
  58. Bem vindo, MARCO.

    Tentei deixar o meu comentário lá em casa, mas não entrou.

    De qualquer modo, sempre que possa ir ouvir o seu humor, o farei.
    Até ao regresso, fique bem.

    ResponderEliminar
  59. Olá, AFLORES.

    Pois também acho que as minorias, quem se encontra à margem tem , geralmente,pontos que me interessam.

    Bem vindo é e será.

    ResponderEliminar
  60. Fico feliz com seu regresso, amiga DaLINHA!
    Um resto de semana bom.

    ResponderEliminar
  61. ÓI, SILVANA, passar, passei...mas não entrei, que não abriu.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  62. Amiga ZÈLIA, quanto tempo!
    Sabe que estamos em sintonia, pois eu estava para a visitar ?

    E, sim, a Grande Alma é um exemplo para toda a gente, principalmente para quem tem poder sobre pessoas.

    Um abraço, zogia.

    ResponderEliminar
  63. Bonito poema, TOSSAN!
    Ghandi gostaria, decerto.
    Fique bem.

    ResponderEliminar
  64. Bem vindo , MIXTU do amor (im)possível!
    De facto, este era um Homem!
    Abraço.te

    ResponderEliminar
  65. _________________________________

    Minha amiga... Não sei a qual das músicas se refere. Como é um playlist, as músicas se sucedem a cada vez que abre a página... São várias!


    Beijos no coração!

    ________________________________

    ResponderEliminar
  66. Grtatissima, linda.
    Muito gentil da sua parte, Zélia!
    Deus a abençoe.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...