domingo, 24 de janeiro de 2010

MODELO DE SUCESSO

devolvamos

o pior que as instituições

estimulam e

fabricam e

cultivam e

produzem e

reproduzem e

de graça:

patrões, chefes, militares, padres, aristocracias ,

quadros intelectuais,

mulheres anoréxicas

devolvamos pro lixo da história

o lixo da pré-história

que persiste

subjugando

com mortal vitória

são, devolvamos,

antes que a vida se extinga

e, na catinga da vã glória,

se finda

devolvamos

pro limbo das olimpíadas do Olímpio

os bisnetos, netos, filhos, pais, avós e bisavós

do estado de trégua:

a viver em redoma

com tubos de oxigênios

pro amor

e mais tubos de oxigênios

pra amizade

e mais tubos de oxigênio

pra realidade

pra tudo afinal

tubos de oxigênio

pra eternidade transcendental

devolvamos ao céu profundo

e porque não suportam os ares do mundo

freqüentam sempre o continente ilhal

igual à passarela de desfile de ponte aérea internacional

com seus ambientes sofisticados

assépticos, dizem

é lindo

é normal

eis aí a encarnação parasitária da mais-valia geral

devolvamo-las

ao mundo das idéias

celestial



eis aí os agenciadores

da guerra contra os mundos

os angélicos marcianos dos séculos

dos séculos

séquitos do fascismo bestial

encarnados em todos nós?

os invasores implacáveis

do presente

as autoconfiantes

oligarquias desafiantes

das americanas presenças constantes

com seus tubos de oxigênio eletrônicos

são os recrutas auto-publicitários de almas inconstantes

a lançarem bombas de auto-propaganda e de auto-engano

através dessa bomba de nêutrons: a televisão

pois sabem que a verdade é uma mentira

vinda do tubo de ressonância da caixa de oxigênio da casa branca

pois sabem que a beleza é um perfume de merda

espalhado no corpo anoréxico das modelos multinacionais

pois sabem que a moralidade é uma praga

porque é a moral da maioria que compra a mentira da casa branca

e o perfume de merda da beleza anoréxica dos bombados perfumes

de efeitos monolaterais

das modelos nas bombas de oxigênio

artificiais

{duvido que algum homem do mundo

que não viva em ilhas de fantasia

de verdadeiras belas mentiras

bestiais

duvido que algum homem do mundo

tenha, algum dia,

batido punheta

pra anoréxicas modelos globais}

são bombas de oxigênio femininos

de ódio às verdadeiras mulheres do mundo

são cafés sem cafeínas

degustadas por terroristas de congelados sorrisos

faciais

bombas de inexistentes mulheres

de lábaros labiais lábias monumentais

são bombadas bombas mentirosamente fundamentais

são caixas de propaganda de fundamentalismos de infantilismos

de gerânios plutônios de brancos fósforos de cânceres geracionais

{recentemente uma pesada anoréxica modelo de caixa de propaganda dos americanos, de seu exército, de sua humanitária força, lançada de um avião britânico, caiu sobre a cabeça de uma criança afegana, e a matou. Do lado da criança morta pelo peso espiritual de desprezo ao vivo mundo, tinha uma foto de uma modelo, bomba sensacional}

viva a anoréxica publicidade do American way of life

viva o racismo ao mundo

o racismo a tudo que é deste mundo

sem platônicas idéias cruciais

viva o prêmio Nobel ao bombardeio humanitário

viva o golpe democrático

viva o imperialismo genocida

viva o ódio ao mundo

à singela vida
 
LUIS  EUSTÁQUIO SOARES

64 comentários:

  1. Querida São.
    Não tenho palavras para comentar este belo texto. Muito pensamento, muita verdade, pouca vergonha, pouco valor pelo ser humano, e mais não digo...

    Quanto a comentário sobre a Camélia, rosa nipónica ou simplesmente japoneira, garanto que se não fossem as geadas estaria mais bonita. Afinal é bem verdade, não podemos ter sol na eira e chuva no nabal.

    ResponderEliminar
  2. Do melhor! Obrigada por partilhares.


    Beijo de carinho e boa semana, querida São.

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente com o teu comentário. Aliás, foi por achar o texto muito profundo e lúcido que o coloquei aqui.

    Mas olha que mesmo assim , estão maravilhosas.

    Caro JOÃO, feliz semana aí na bela Naaaatureza alentejana.

    ResponderEliminar
  4. Minha querida GRAÇA, folgo por achares o mesmo que eu acerca do texto.

    Sê feliz.

    ResponderEliminar
  5. eis que retornamos, querida são,por essas vias que nos deviam, pelos inverossímeis caminhos tortos, os únicos que nos salvam.
    obrigado pela publicação do poema,
    saudações e uma semana de telúricos brilhos estrelares, nos compassos de nossos passos.
    beijos
    luisdelamancha

    ResponderEliminar
  6. Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
    Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  7. Caríssimo LUÍS, eu é que tenho a agradecer ter-me permitido enriquecer esta casa com um texto possuidor de tão alta qualidade!

    Bem haja!

    ResponderEliminar
  8. Um comentário lindo, este!
    A casa é tua e o teu regresso uma feliz ocasião, caro SANDOKAN.
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  9. *
    parabéns
    pela tua escolha,
    parabéns ao Luís,
    ,
    uma achega,
    em 1915 os Americanos,
    invadem o Haiti, a pretexto
    de ajuda, correm com os
    Franceses e fizeram de um
    Paraíso, um dos países mas
    pobres do Mundo . . .
    ,
    conchinhas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  10. Amigo, os norte-americanos têm o condão de Midas pelo avesso: tudo quanto tocam , se transforma em cinzas.

    um abraço afectuoso para ti.

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga,

    li este texto com a agradável visita do poeta no meu blog Desnuda. E , como você, fiquei impressionada com toda esta verdade que é preciso de alerta e conscientização. O poeta através da sua sensibilidade e talento expressa o que vai no mundo. É urgente uma avaliação de conceitos.

    Beijos, amiga! Linda semana.

    ResponderEliminar
  12. Pois concordo totalmente, amiga, o que está em crise não é a economia . são os valores e as consciências.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Quase me deixa sem folgo!
    Empolgante!!!

    Parabéns... sim, por trazeres aqui algo tão sério. Isto é ao que se pode, e deve, chamar, uma reflexão com todos os sentidos.

    Um grande abraço e a minha estimação

    ResponderEliminar
  14. Sim, eu também tive que respirar fundo...mas , como tu, considerei o texto extraordinário e adivinhei que iria agradar.

    Um forte e abraço, Companheiro.

    ResponderEliminar
  15. Obrigada, São! 1000 beijos estalados e com carinho.

    ResponderEliminar
  16. Retribuidos em dobro, linda, e muito agradecidos.

    Bom dia!

    ResponderEliminar
  17. até me senti engasgada... com vontadde de gritar o texto mais alto que o céu!
    a realidade presente no seu todo...
    comecei a ler, pensei no zé mário branco, no fmi...
    ninguém tem vergonha nem respeito por nada nem por ninguém!
    minha querida xará... não posso dizer mais nada!
    parabéns e obrigada por teres partilhado este sempre em dia texto
    beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Diferente... mas gostei muito. Obrigado pela partilha... e parabéns pelo aniversário do blog. Atrasados, talvez... mas de coração! :) Boa semana, fica bem.

    ResponderEliminar
  19. Que engraçado : também me recordei do Zé Mário a dizer o FMI: ainda hoje me emociono.
    E quanto a respeito, xará querida, essas criaturas só respeitam o dinheiro e o poder, nada mais.

    Um fraterno abraço, GAiVOTINHA.

    ResponderEliminar
  20. NÒs DO BLOG:
    Espero que essa seja uma declaração de apreço, rrss

    Até ao regresso.

    ResponderEliminar
  21. Meu apreciado ÀRABE, os amigos nunca chegam atrasados.

    Folgo por te ter agradado.

    Um abraço grande.

    ResponderEliminar
  22. Toda verdade do mundo neste belíssimo texto. mas o importante é que conseguíssemos mudar esta verdade.

    São, deixei um selo prá ti no meu blog, sei que não postas selos, mas não poderia deixar de dedicar a ti esta homenagem.
    Beijos no coração.
    Cleo

    ResponderEliminar
  23. E o ser humano ?
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  24. Querida São,

    Não sendo contra o texto de maneira nenhuma, quero ser sincera e dizer que não gostei da violência destas palavras. Aliás não gosto de violência nenhuma e acho que a violência não se trata com violência.
    Sabes como sou....

    Sim, sou belga, pura belga mas nascida na África mas já sou também muito portuguesa por ter vivido mais anos da minha vida em Portugal. Aliás, na minha receita da felicidade, logo no
    inicio do meu blogue, está sub-entendido que sou belga...

    Deus queira que possas um dia voltar a pisar o solo deste país que , pelo que li, já te acolheu. Espero que te acolheu tão bem como o Portugal o fez !

    Beijinhos

    Verdinha

    ResponderEliminar
  25. Querida São...
    sempre excelentes os teus posts...
    Passo apenas para te deixar um beijinho e dizer-te que estou afastada da escrita mas tenho os amigos no coração...

    ResponderEliminar
  26. Minha querida CLEO, o teu amável selo, que muito agradeço, já está no Compagnon-de-Route.

    E, sim, seria muito bom que conseguissemos fazer mudar a realidade deste texto.

    Um abraço frtaerno.

    ResponderEliminar
  27. Ma chérie, eu também considero que a violência não se resolve com violência. Mas, convenhamos, não é este texto que fará entrar o mundo em belicismo.

    POis, desculpa, mas só recentemente é que desconfiei de não teres nascido em Portugal.

    E, sim, passei quinze dias em casa de uma prima em Vilvoorde.Melhor, fiz daí o meu campo de retaguarda para os passeios que dei à Holanda, Luxemburgo,Alemanha,...

    je t´embrasse amicalement.

    ResponderEliminar
  28. O ser humano, cara SILVANA, anda meio perdido nesta confusão toda, não é?
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  29. Mas que alegria enorme ver-te aqui e saber que estás bem, querida!
    Sempre que possas dá um saltinho até cá, sim?
    Um abraço bem grande, ALICINHA.

    ResponderEliminar
  30. Querida amiga.
    Respondendo ao teu comentário sobre a praia da Costa do Norte em Sines, e como já sabes o caminho, se algum dia se proporcionar passa por estes lados. Fico à espera.

    ResponderEliminar
  31. *
    Segunda Volta . . .
    ,
    estou com,
    Luis Eustáquio Soares,
    ,
    o Obama
    é um servo do Pentagano,
    ,
    as cinco pontas da USA,
    ,
    Exercito,
    Marinha,
    Aviação,
    CIA,
    FBI . . .
    ,
    conchinhas, deixo

    c

    ResponderEliminar
  32. O que se aprende por estas paragens.
    Desconhecia que existia quem escrevia assim.
    Como sou um bocado "retardado", tive que fazer copy e paste para um ficheiro e ler tudo seguidinho.
    Gostei.
    Não posso é ser compelido, não com as palavras (já passei a pré-história, penso eu), mas com a "devolução" de:

    "bisnetos, netos, filhos, pais, avós e bisavós".
    Deste belo "conjunto, só tenho 2 filhos e partiram para as suas vidas ...
    Também que a amizade não necessite de oxigénio e prevaleça sobre todas as turbulências e baste um ventajar para se deslocar.

    Um abração.

    ResponderEliminar
  33. Boa noite São, é a São Morgado que está a seguir este blog e a quem eu mandei um email?
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  34. Obrigadissima pela tua grande gentileza. Eu costumo ir até Aljezur a casa de uma casal amigo.
    O problem é que , como não conduzo, vou sempre de boleia ...
    Mas se for possível, terei todo o gosto de te conhecer pessoalmente.
    Bem hajas,meu caro JOÂO!

    ResponderEliminar
  35. POETA, nunca me iludi muito com Obama: ele , antes de tudo, é norte-americano!
    Abraço-te.

    ResponderEliminar
  36. Um autêntico grito de guerra

    contra todos os ladrões,

    impostores de facto assassinos

    deste mundo!

    *****
    Quanto ao que me pergunta sobre os contadores:

    eu sei pouco disto. Foi um amigo que mo instalou.

    Mas experimente o seguinte:

    Vá ao meu marcador (que está à vista e à direita) e clique.

    Do lado direito da janela que abriu, há 3 opções para ter um marcador.
    Escolha a que diz free, clique, abra e siga as instruções.

    Creio que poderá instalar (à borliú...), um como o meu.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  37. Caro JOSÈ, ainda bem que lhe pude dar a conhecer este extraodinário senhor, que pode acessar através do comentário que o proprio tem aí atrás.

    Felicidades, também para a descendência.

    ResponderEliminar
  38. MARIA EMÍLIA, agradecia que -se voltar aqui - me deixasse opinião acerca do post.

    Respondendo à sua questão: não sou a São Morgado.

    Boa noite.

    ResponderEliminar
  39. Caro VIEIRA CALADO, gratissima pela prontidão fda resposta!
    Tentarei, embora já me tenham colocado um que acabou por deixar de funcionar.
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  40. Chamar os bois pelos nomes... é sempre importante!

    Abreijo.

    ResponderEliminar
  41. Foi por também assim pensar que o coloquei.
    Beijnhos.

    ResponderEliminar
  42. Interessante o texto e a nova forma de o publicar
    Beijinho

    ResponderEliminar
  43. Minha querida São!
    Não sei nem como começar a comentar esse belo texto.
    Um alerta de como estamos sendo empurrados nessa sujeira.
    Reflexão profunda.
    uma semana de muitas realizações e paz.
    Beijinhos doces, minha linda amiga.
    Regina Coeli.

    ResponderEliminar
  44. Gostei que lhe agradasse.
    Um abraço, caro Jo Ratone

    ResponderEliminar
  45. Alegria enorme v^-la aqui, querida DEUSA.
    Sim, todos os alerats são poucos.
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  46. ._________querida São





    está tudo dito!!!

    excelente este trabalho________que nos leva por um "trilho" bem esclarecedor


    obrigada pela partilha



    ...



    "Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
    E examinai, sobretudo, o que parece habitual.

    Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar".

    (Bertold Brecht)








    ______________///










    beijO_______ternO

    ResponderEliminar
  47. Querida amiguinha
    Só por ti levantei-me mais cedo e alinhavei um post...ih ih ih ih ih !!!
    Falando sério, eu já estava com muitas saudades do blog, só que me tem sido impossível, e vai continuar a ser, fazer postagens, visitas às amigas (e amigos...), responder aos comentários...
    Mas quando a Mariazita me disse que tinhas perguntado por mim, fiquei inchado que nem um balão, com tanta alegria.
    Por isso levantei-me mais cedo e preparei um post, um bocado à pressa, mas foi em ateção a ti (especialmente) e a todas as amigas, que o escolhi. Quando lá fores verás porque digo isto...

    Agora tenho que ir. Lá fora está tudo coberto de neve. Quando chegar ao carro vou ter que a limpar para poder seguir viagem. Tem que ser.

    Sempre que eu puder vou aparecer, fica combinado.

    Um beijo muito grande, cheio de amizade e um abraço apertado.
    Ah! E parabéns à vovó. A Mariazita disse-me que tens mais uma netinha.
    Um beijinho para ela e as maiores felicidades.

    Teu amigo que não te esquece
    Botinhas

    ResponderEliminar
  48. .

    . bel.íssimo .

    . na assertividade da partilha .

    . que não se devolve . antes, envolve .

    . um bom fim de semana .

    . um beijo sempre amigo .

    .

    . paulo .

    .

    ResponderEliminar
  49. Querida BETTY, que bom encontrar-te aqui de novo.
    Estupenda essa citação, se me permites clocá-le-ei como post um dis destes.
    E folgo por teres apreciado o texto, que acho muito bom, de facto.

    Um excelente final de semana,

    ResponderEliminar
  50. Meu BOTINHAS, nem sabes a alegria que me dá a tua presença aqui.
    E, já agora, é por seguir aquelas tuas bem humoradas e sábias Regras Básicas que me divorciei com 33 anos e me encontro só aos actuais 60, rrsss
    Obrigada pelos parabéns: é, nasceu uma Madalena...
    Sinceramente te desejo tudo de bom, e a maior felicidade junto aos teus.

    ResponderEliminar
  51. É bom ver-te aqui, PAULO.
    Gosto que tenhas gostado, sabes?
    Um excelente final de semana para ti.

    ResponderEliminar
  52. "Agora já sei por que vai ter juízo final. É porque ninguém tem culpa sòzinho"
    Ziraldo, escritor e cartunista.

    ResponderEliminar
  53. Ziraldo tem razão, mas como escreveu Orwell" todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que outros"...
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  54. McCann Unravels. "Los MCcánn nó són víctimas són verdúgos"

    "ENCUBRIENDO EL MALTRATO INFANTIL ABUSOS SEXUALES Y ASESINATO en primer grado" "UN SPSICÓPATA"
    Gerry MCcann es pederásta y no le ímporta que sea niño o niña lo que les interesan a los pederastas es su infáncia. LA JUSTICIA CUMPLE SE REHABRE EL CASO . SOS: EL RESCATE, DE MADELEINE (MCCANN) LA NIÑA “INGLESA” RAPTADA EN (PORTUGAL)
    "AQUI HAY TONGO"
    Madeleine MCcann el gobierno portugues y ministro de justicia mas fiscal y el juez toman una alternativa para los "Mccann" no hay cadaver no hay juicio.El juicio de "Marta Del Castillo" no hay cadaver pero se hace justicia......................
    Madeleine MCcann En la primera anestesia la niña se despertó cuando se encontró al padre abusando de ella fue golpeada salvajemente por el propio padre al darse cuenta que no era bien recibido y volvió a ser anestesiada de hay la sangre de la niña de los golpes recibidos recordando en todo momento que estaba bajo los efectos del alcohol de hay el ataque cardíaco. Cadena perpetua para Un Pederasta y pedofilo Fueron los padres los asesinos mas torturaban a la niña. Los McCann y sus siete amigos cenaban cada noche durante sus vacaciones en Portugal, incluida aquélla en la que desapareció Madeleine, aseguraron que éstos bebían entre 10 y 12 botellas de vino, a las que precedían cervezas y cócteles durante el aperitivo mas lo que tomaban durante las comidas . kate y Gerri de profesión médicos anestesiaban a Madeleine puesto que lloraba 18 horas al día con mucha regularidad porque tenían en casa a su maltratador era ese el motivo de su llanto y se combirtio en un suplicio o martirio para el matrimonio causa del asesinato premeditado en primer grado aquí no podía haber ningún accidente por exceso de anestesia puesto que los dos son médicos .Estos asesinaron a su hija con premeditación .Los Mccann tenían deudas de tres mensualidades de su hipoteca de tres mil euros mensuales y las cuentas al rojo y se tomaron unas vacaciones veraniegas mas 40 días sin pagar nada por sentirse el director del hotel responsable de la desaparición de Madeleine total unas vacaciones a lo grande y todo a costas del asesinato premeditado en primer grado. No hay ningún retrato robot que valga basta, basta, de tanta comedia la falsa del retrato robot inventado por Remenber de Rokley portavoz del gobierno Británico y periodista que costo un millón y medio de Euros que tubieron que pagarles los Mccann por limpiar el nombre. La verdad de Madeleine MCcann DIRÉ PARA MI PESAR QUE BÚSCO DE ÉSTE MÚNDO LA HÓNRADEZ Y DIRÉ QUE ÉSTE COMUNICÁDO ESTÁ YÁ EN PUBLICACIÓN DE MÁS DE 1800 BLOGG DISTRIBUIDO POR LA CIUDAD DE ALGÁRVE Y PORTUAL ES DE HÓNRADEZ LO QUE ESTOY PUBLICÁNDO CON EL BLÓGG MÁS ANTÍGUOS QUE HOS MANDÉ EN SU TIEMPO MUCHAS GENTES SE QUEDARÓN EN PÁRO EN ALGARVE Y PERDIDAS DE TURÍSMOS POR CÚLPA DE LOS MCCANNES ARROGÁNTES PREPOTENTES GENTÚZAS SÍN ESCRÚPULOS AMBICÍOSOS PEDERÁSTA Y ASESÍNO CASO MADELEINE MCCÁNN...SÍ MADELEINE MCCANN ESTÁ VIVA PERO EN NUESTROS CORAZÓNES.PORTUGÁL TERRA DE TRABALLADORES Y EMIGRÁNTES QUE SÓN LOS QUE LA HÁN LEVÁNTADO.Cuando se descubra la verdad se recuperara el turismo y la alegria de algarve recuperacion de empleos y la normalidad con el mundo.Está la reputación de portugal en jaque. "El último gríto de Madeléine MCcánn"
    En vez de mistério tuvo más de círco y todo para tapar un asesinato que un niño no lo pasaria
    desapercibido, lo demás de rísa por no llorár... Quisiéron hacérles al múndo un labádo de cerébro con retratos robot y comedias con el porta voz al frente.
    Caso Madeleine McCann - Operación Task...
    Es una manipulacion de ciertos jornaleros implicados con los MCcanes y remenber para segir estafando y sacando fondos Estamostodosaqui...Estamos hante una Máfia Órganizada ...

    ResponderEliminar
  55. Lamento imenso o que aconteceu a Madeleine e também que os gémeos continuem com o casal.
    Nunca me deixei comover nem convencer com a estória com que até o meu Governo e Bento XVI se deixaram iludir.
    Penso que a responsabilidade da desaparição da garota é exclusivamente de seus pais, ainda que seja verdade a versão que contam.


    Mas, posto isto, se volta a aperecer neste espaço mais um texto tipo , será eliminado.
    Gostaria, sinceramente, de não ser obrigada a tomar essa medida!!

    Saludos.

    ResponderEliminar
  56. QUERIDA AMIGA SÃO, BELÍSSIMO TEXTO...SIMPLESMENTE SUBLIME...!
    ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  57. Bom dia, amigo.
    Passando para dar uma espiada nas novidades e desejar um bom final de semana.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  58. Querida São,

    Mesmo longo não cansa, o texto é belíssimo, lê-se de um fôlego.
    A verdade nua e crua deste nosso mundo, comandado por uns quantos poderosos. Lembrei-me do filme "Lions for Lambs", traduzido para português como "Peõs em Jogo", com três grandes actores, Meryl Streep, Robert Redford e Tom Cruise e que nos mostra bem o contraste entre as políticas de gabinete e as suas consequências no terreno, nos cenários de guerra e na vida simples das populações, bem como nas suas próprias consciências, nas suas opções.
    Até que ponto poderemos mudar isso, eis a questão? Textos como este, protestos e consciências vivas e alertadas como esta, ainda que possam ser gotas no mar, acredito que fazem a diferença e farão sim um grande oceano...
    Beijinhos.
    Branca

    ResponderEliminar
  59. Que bom ver-te aqui, FERNANDINHA.
    Folgo por teres gostado.
    O meu carinhoso abraço para ti.

    ResponderEliminar
  60. Viva, SILVANA!
    Convido-a a passar pelo meu outro espaço, isto é, "são" para me conhecer.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  61. BRANCA, companheira de ideais e de anseios, partilho essa tua convicção de que mesmo a mais insignificante acção tem poder próprio ...e por isso temos o dever de a realizar.
    Um fraterno abraço.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...