MALTA

MALTA

segunda-feira, 8 de março de 2010

DIA DA MULHER , CEM ANOS


VOTO

Muitas vezes desejei ter nascido mulher.

Parece-me a única forma segura de ser plenamente humano.

Pense-se nos problemas - alimentar as crianças,
Manter a saia a boa altura e os lábios vermelhos,
Estar atenta ao calendário e ao último autocarro para voltar a casa,
Ser gentil para as dezenas de convidados na sala;
Ter de mudar de penteado  e de nome
Pelo menos uma vez; aprender a aceitar as críticas;
Conseguir que o marido continue fiel, ocupar-se da casa

E de todas as coisas pelas quais deveria estar grata
- Votos e propostas, chocolates e lugares no comboio

Ou em que deveria ser perita - máquina de escrever, pó-de-arroz, caneta, diafragma, agulha, livro de cheques, tachos, cama.

Parece-me a única forma segura de enlouquecer.
Assim, porque quereria alguém ser mulher?
Será preferível ser-se o herói ou a vítima?
Será preferível vencer, seduzir e ler o jornal
Ou ser espancada, estar grávida e ter de pôr a mesa?

Nada é gratuito. Para pagar o preço
Não seria , afinal, mais simples não ter escolha?
Só a doença, recorrente, inevitável,
Pode ensinar-nos o gosto do que é sentirmo-nos bem.

Homem algum jamais sentiu a sua filha rasgar
A carne que ele já tinha rasgado para depositar a sua semente.

Os homens conhecem a dor do nascimento através de uma espécie de teoria:
Homem algum foi protagonista da história,
Esteve a sangrar, exausto e dolorido,
Á espera dos pontos, do sono e de estar só,
Escutando, com o seio palpitante, o vagido hesitante
Ao lado da cama, que se torna contínuo com o despertar.

É esse o preço. É esse o valor do amor.
Ele vai continuar a apertar-te o coração como secundinas.

Quer o escolhas , quer não, vais pagar e tornar a pagar.
Ao longo de toda a tua vida.

Nada é gratuito na terra.

LAURENCE LERNER
("SELVES", 1969)

NOTA: a ilustração é um quadro da pintora mexicana Frida Khalo, casada com Diego Rivera.

46 comentários:

  1. GRANDILOQUENTE - ELEVADO - SUBLIME - MAJESTOSO - TRANSCENDENTE - EXTRAORDINÁRIO - ESPLÊNDIDO - PODEROSO - OSTENTOSO.
    Há mais?
    Sim, talvez vultoso e ...

    Quantas mais palavras ...
    Uma boa semana e cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Ora ainda bem que lhe agradou.

    Uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  3. Nada é gratuito na terra. Essa é a frase-chave.

    Óptima semana.

    ResponderEliminar
  4. .______querida São




    sempre muito oportuna - diria até________certeira

    nas escolhas dos textos. cujas mensagens_____é uma convite à reflexão

    .sem recusa!

    ...

    cem anos se passaram_______mas!!!

    _______!!!_______...


    é só esbugalhar os olhos para a realidade


    .os direitos das mulheres são violados a todos os niveis a cada segundo que passa em todo o mundo

    estatísticas chocantes que revelam o verdadeiro alcance da violência contra a mulher:

    causa mais mortes e incapacidades do que o cancro - a malária - acidentes de trânsito e actos de guerra em conjunto_______...



    _______________///








    beijO_____ternO
    bSemana

    ResponderEliminar
  5. Pois, tamb+em acho que tudo tem um preço.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  6. Querida BETTY, por concordar plenamente contigo , escrevi eu mesma um texto para o "são" nesse sentido.

    Que seja agradável o teu Dia da Mulher.

    ResponderEliminar
  7. Saudação especiala todas as mulheres, neste seu dia
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Me recuso a comemorar o dia da mulher, pois acho esta uma comemoração sexista e preconceituosa. A mulher merece ser vista e respeitada em todos os dias do ano, não apenas em um dia especial.
    E cem anos deveriam ser tempo mais que suficiente para que todos fizéssemos esta reflexão.
    Mudando de assunto, gostei do quadro da Frida Khalo para ilustrar o post.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  9. Um texto muito lindo e inteligente. Obrigado por compartilhar.Que teu dia esteja lindo(que a tosse te deixe,rsrssr)beijos,chica

    ResponderEliminar
  10. Obrigadissima, meu estimado Jo RA TONE:

    Bem haja!

    ResponderEliminar
  11. Bom dia, minha querida amiga.
    Passando para dar uma espiada nas novidades e parabenizá-la pelo grande dia de hoje.
    Todas, mulheres tão bonitas quanto qualquer Estrela, que lutam todos os dias para fazer do mundo um lugar melhor para se viver.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... aproveita para desejar uma semana de muito Sucesso.
    Saudações Florestais!
    Em: http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Querida amiga, um texto intenso, eloquente e apropriado à reflexão. Bem real e verdadeiro.

    Parabéns querida São pelo dia de hoje e todos os da sua existência.

    Flor, beijos e aplausos!


    ____________███__█_████
    ____________ ██__██_____█
    ___________ ███_█__█_____█
    __________ ████_____██___██████
    _________ █████______██_█______██
    ________ █████_______██________█_██
    ________ █████_______█_______█
    ________ ██████_____ █_______█
    _________ ██████____ █______█
    __________ ████████_______█
    __ ███_________ ██______██
    ███████__________██
    _███████_________█
    __██████_________█_█
    ___███___█_______██
    ___________█_____█__█
    _______████_█___█
    _____██████__█_██
    ____███████___██
    ____█████______█

    ResponderEliminar
  13. Gosto de ser mulher !

    Espero que tenhas passado um feliz dia de mulher !
    O meu foi igual aos outros dias : feliz !

    E o meu filhote me ofereceu uma rosa encarnada. Bonito, não é ?

    Beijinhos

    Verdinha

    ResponderEliminar
  14. Um dia feliz para todas as mulheres!
    Por todas as razões e mais alguma.

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Nunca gostei de ter nascido mulher!
    Sempre percebi desde muito nova como eramos descriminadas e escravizadas.
    Dizia de mim para mim...dos homens só tenho pena, daqueles que vão à guerra!
    Agora, até as mulheres também vão à guerra...como estou velha!
    Sempre achei injusto...a mulher ter de fazer tudo, mesmo não tendo vontade de fazer...isto ou aquilo...ter de fazer, só porque é mulher e ter que obedecer!
    Sou, sempre fui... muito "rebelde".
    Hoje, envergonho-me de certas mulheres que se dão... "nas vistas" e para mim...desvalorizam a verdadeira MULHER!
    Depois de ser Mãe, fiquei feliz por afinal DEUS me ter feito mulher.
    Só espero...nesta já adiantada vida, não desgostar Aquele que me enviou a este Mundo, para trabalhar algo que ELE espera de mim. Afinal a nossa guerra é/são outras...formar gentes/filho(s) de acordo com as SUAS LEIS, sempre que possível.
    Mais um pouco de mim...
    Bjs.
    Mer

    ResponderEliminar
  16. Querida amiga Mer, partilhamos essa tristeza e essa sensação de injustiça.

    Também nunca percebi porque razão o facto de ser do sexo feminino implica só por si a submissão, a anulação e o sofrimento.

    E na nossa geração a condição feminina foi péssima até à revolução dos cravos.


    Estamos um pouco melhor mas ainda há um longuissimo caminho a desbravar...e a Humanidade já está em contagem decrescente.

    Também peço à Entidade Suprema em que creio que me ajude a ser exemplo.

    Um fraterno abraço, zogia.

    ResponderEliminar
  17. Obrigada, GATO! E também para os homens que nos respeitam como iguais, como tu.

    Uma boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Olá, VERDINHA linda!
    Neste momento, já estou reconciliada com o facto de ser mulher nesta sociedade machista, que até para os homenes é injusta.
    Mas paguei um preço muitissimo alto por isso, sabes?
    Folgo por teres passado um dia bom e seres feliz. Infelizmente, não posso dizer igual.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  19. Querida SAM, é muito bom tê-la aqui a festejar comigo o nosso Dia.
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  20. Que bom tê-la nesta roda do nosso Dia, minha querida!
    Felicidades para si, SILVANA!

    ResponderEliminar
  21. É , o nosso Dia ficou mais rico com a tua vinda!

    Um abraço, CHICA.

    ResponderEliminar
  22. Meu caro pENSADOR, também me desagrada esta estória dos Dias de...
    Mas, com existem mesmo, então talvez seja mehor não deixar passar em branco.

    Li seu texto e comentei, só que não entrou. Por isso lhe digo aqui que , de facto, o amor se quer livre e solto.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  23. Nada é gratuito na terra. palavras bem certas. E a mulher muito tem pago a falta de gratuitidade. boa semana

    ResponderEliminar
  24. Bela escolha, São. Muito bom o texto! :) Boa semana, amiga; fica bem!

    ResponderEliminar
  25. O que tenho não me pertence, embora faça parte de mim.
    Tudo o que sou foi-me dado um dia, emprestado pelo Criador para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida!

    Beijinhos doces e votos de uma bela Quarta-feira.
    Fica bem. Fica com Deus.
    Anita (amor fraternal)

    ResponderEliminar
  26. Pois concordo, a mulher paga tudo e bem alto.

    Um beijo, AVOGI.

    ResponderEliminar
  27. Obrigada por também gostares, amigo.

    Um abraço, ÀRABE!

    ResponderEliminar
  28. Obrigada...e do texto, que achaste?

    Um abraço, ANITA.

    ResponderEliminar
  29. Ora ainda bem que concorda com a minha opinião sobre ele.

    Mas gosatria de saber a sua opinião acerca do que está no "são", rrss

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  30. Olá São,
    Amei o texto postado.
    Parabéns pela escolha, parabéns por esse dia e os tantos outros que virão.
    Bjs,
    Dalinha

    ResponderEliminar
  31. Lindo texto. Concordo.
    nada é gratuitoo na vida.
    Saudações Florestais, São.

    ResponderEliminar
  32. Eu não tenho palavras!!!
    Vou "agarrar" as palavras do Zé (Torres) e fazê-las minhas, já que exprimem exactamento o meu sentir.
    Atrevo-me a acrescentar - Simplesmente FABULOSO!!!

    Que fiques (continues) bem, nena.

    Beijo
    Mariazita

    ResponderEliminar
  33. Querida São.
    A minha palavra para o teu texto é:_ EXCELENTE.
    Eu confesso, não queria ser mãe. Acompanhei sempre minha mulher, acompanhei o nascimento dos meus filhos e, com muito sacrifício da nossa parte construínos um ninho onde vivemos.Felizmente embora com enormes sacrifícios conseguimos ter um casal de filhos exemplares.Conseguimos a um deles darlhe um curso superior e a outro um curso méio pois não quis estudar mais. O que nos vale é que nenhum deles se queixa da falta da nossa ajuda.

    Mudando de assunto:- Espero que sejas aquela mulher de mente sã e que não te sintas comprometida com a minha postagem anterior.Se por acaso não foi interpretada com aquilo que pensei, peço perdão. Recebe aquele abraço de amizade e admiração. João

    ResponderEliminar
  34. Olá São,

    O texto é impressionante!
    Pena que ainda tenha que existir um dia para a Mulher.

    Deixo-te beijos.
    Branca

    ResponderEliminar
  35. Minha querida
    falas na Mulher e 100 anos se passaram, é certo que houve melhorias e alguma evolução, mas...até ser tudo perfeito, ainda falta muito.

    Nunca uma poesia disse tanto sobre o meu estado de espírito no momento, como esta. Preciso muito de silêncio à minha volta, estando sozinha e muito mais se estiver acompanhada, pois há pessoas que não medem as palavras que dizem e estão sempre a magoar e a dizer barbaridades, mais valia estarem caladas.
    O título do post tem a ver com a imagem captada por mim e que serve bem para ilustrar como está a minha vida.
    Cheguei ao momento em que na minha vida encontro uma bifurcação e tenho 2 caminhos à escolha; aquele de estrada alcatroada, de fácil condução e o outro, de estrada de terra batida e de difícil passagem. O problema é que não sei qual dos dois escolher, além de que a névoa que existe na foto é mesmo a imagem da minha mente, envolvida numa escuridão em que não sabe o que fazer.

    Fica bem.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  36. Tens razão, linda: ainda falta muitissimo! ma snão podemos desperdiçar a força que é nossa.

    Um bom final de semana.

    ResponderEliminar
  37. Absolutamente de acordo : lamentável a existãnica dos Dias...

    Um bom final de semana, BRANCA!

    ResponderEliminar
  38. Carissimo JOÂO, desde quando é que seria ofensiva a tua postagem? Tomei-a como aquilo que é : uma brincadeira.

    Fico contente por teres filhos assim, pois infelizmente o meu andou até aos 27 anos esbamjando dinheiro e acusa-me ( e ao pai) de que se não tem curso superior é porque não foi ajudado!!!

    Um excelente final de semana par ti e para os teus.

    ResponderEliminar
  39. Mariazita, linda, pois estamos em sintonia: foi o que eu achei quando o descobri há muito tempo...e por isso o quis partilhar.

    Bom final de semana, nena.

    ResponderEliminar
  40. E par nós, mulheres, ainda menos.

    Bom final de semana, SILVANA.

    ResponderEliminar
  41. Agradeço e retribuo, DALINHA.

    Um enorme abraço.

    ResponderEliminar
  42. mulheres! nós, as mulheres, pagamos sempre...
    o preço de existir, simplesmente, por vezes é esta a grande verdade, xará
    bom fim de semana
    beijinhos

    ResponderEliminar
  43. *
    palavra-mulher
    no transito da vida
    sentindo no corpo
    um cálice de sangue
    do filho nascido,
    pietá de nós
    amiga e noiva
    conselheira e mãe
    mulher, feita amante . . .
    ,
    conchinhas amigas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  44. Xará querida, o preço maior é sempre pago por nós...e, por vezes, em troca de nada.

    Fraterno abraço.

    ResponderEliminar
  45. Obrigada meu POETA: gostei!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...