MALTA

MALTA

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

DIA CONTRA A POBREZA :Padre Mário da Lixa sobre o actual Governo PSD/CDS



No Dia Contra a Pobreza deixo-vos com um sacerdote que sempre lutou pelos desfavorecidos e que , por isso, o Vaticano e a comunicação social portuguesa têm silenciado!

24 comentários:

  1. Gracias por tu visita amiga.....gracias a Dios que hay personas buenas que se preocupan de verdad por la gente más desfavorecida.Un abrazo

    ResponderEliminar
  2. Graças a Deus, temos ainda sacerdotes que cumprem os ensinamentos de Jesus, sim.

    O meu grato abraço pela agradável visita.

    ResponderEliminar
  3. existem coisas que não interessa à comunicação socil divulgar.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  4. Este sim, é um verdadeiro padre e patriota. Gostei, me emocionei! Parabéns, São, por divulgar!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  5. Emocionante!

    A liberdade de expressão está em "extinção".

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. É extraordinária a clarividência deste homem!

    Bjsss

    ResponderEliminar
  7. E cada vez menos.

    Acabei de saberv da venda de uma série de órgãos de comunicação social a um grupo angolano!!

    Outra cpisa: estou impedidade de cessar ao facebook, mas não por culpa deles. De qualquer modo, tenho que resolver isto e , só então, voltar.

    Um felzi final de semana, ADELINHA

    ResponderEliminar
  8. Amiga LÙCIa, nem imagina com me agrada seu apoio a uma pessoa que admiro muitissimo e de verdade.

    O meu abraço muito reconhecido.

    ResponderEliminar
  9. Duvido muito que isso aconteça.

    Se o não conseguiram calar até agora...

    Bom final de semana, HERÉTICO

    ResponderEliminar
  10. Ainda há alguns, sim, mas são tão poucos...

    ResponderEliminar
  11. Poucos, demasiado poucos...mas o importante é que aqueles que ainda existem não desistam, como é o caso.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  12. E cada vez mais. Preocupa-,e a venda de uma série de órgãos de comunicação social a um grupo angolano.

    Francamente, eu sempre achei que Angola não deveria ser colónia nossa, mas também não quero que Portugal seja propriedade de Angola!!

    Beijinhos, LISA

    ResponderEliminar
  13. Assim como a coragem!!

    Bom fim de semana, VIEIRA CALADO!

    ResponderEliminar
  14. Que nada prenunciam de bom!

    Um abraço, PÉROLA

    ResponderEliminar
  15. Va para esa!! Gran cruzada. Un abrazo mi muy querida amiga Sao.

    ResponderEliminar
  16. O Padre Mário e o Cardeal, tanta é a diferenca da moral.
    Abraco

    ResponderEliminar
  17. º°♪♫♫

    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    °º♪ Brasil ♫♫♫

    ResponderEliminar
  18. Fui a S. João de Tarouca com um grupo de amigos. Sei que o mosteiro só está aberto se se telefonar para o turismo a pedir que o abram.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  19. Obrigada.

    Infelizmente , era o que já previa. O Mosteiro de Pombeiro qi noa no passado estva aberto ao público, este ano segue essa regra.

    E de todos os monumentons integrados na Rora do Românico do Sousa também só se podem ver por fora.

    Tive a sorte de ver o Mosteiro de
    Paço de Sousa porque a empregada do pároco me abriu a porta da igreja.

    Num país que tanto precisa de se dar a conhecer e que tem tanta beleza natural e bastantes monumentos dignos de visita é um desperdício esta gestão de património.

    Bons sonhos.

    ResponderEliminar
  20. No meu abraço agradecido , retribuo o desejo, INÊS

    ResponderEliminar
  21. É que, JRD, o padre Mário defende quem deve, isto é, os pobres e o cardeal José Policarpo defende os interesses da instituição, como é habitual o Vaticano fazer desde sempre.

    Bons sonhos

    ResponderEliminar
  22. Querido RICARDO, o padre Mário é aquilo que verdadeiro servidor de CRisto de ve ser: defensor dao oprimidos , dos roubados, deos sem voz!

    Besos y abrazos, amigo mio.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...