quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O CARDEAL MACHISTA


" A mulher perdeu muito do valor que tinha.

O trabalho da mulher a tempo completo não é útil ao país.

Se a mãe não tem tempo para respirar como vai ter tempo para formar? A sua função essencial é a educação dos filhos.

A mulher trabalha de manhã à noite e, quando chega a casa , o marido quer falar com ela e não tem com quem falar."

MANUEL MONTEIRO DE CASTRO
( Cardeal do Vaticano, Fevereiro 2012)

40 comentários:

  1. Por "exemplares" como este é que Portugal ainda está tão atrasado!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. E se fores espreitar ao "são" verá um exemplo ainda melhor do modo como estas criaturas raciocinam...

    Boons sonhos

    ResponderEliminar
  3. Se o Cardeal enxerga a mulher desse modo, como será que enxerga o homem?

    Esclarecendo que no passado, um homem que não tinha o suficiente para sustentar uma família, não casava ou procurava uma mulher com um bom dote. Mas nesse caso, ele deveria ter um caráter ilibado. Os homens também mudaram tanto...rs.

    Esse cardeal merece uma ovada!!

    Beijus,

    ResponderEliminar
  4. Minha querida, o machismo é uma mentalidade tão ruim que penaliza a mulher, mas até também o homem.

    SE espreitar o "são" verá como a mentalidade tacanha do vaticano se mantém...e se manterá!

    Bom Carnaval.

    ResponderEliminar
  5. A igreja católica sempre foi machista, e está nas "mãos" do Vaticano. Quase nada mudou, em tantos séculos...É um atraso de vida...mas, segue quem quer!

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  6. E o mais doloroso é que estas vesgas criaturas nem sequer têm a noção de que até para o homem, o machismo é pernicioso...

    Se quiser espreitar o "são" tem lá outro chocante exemplo de modo tortuoso e desumano da doutrina do Vaticano.

    Abraço grande, amiga.

    ResponderEliminar
  7. Sou católica como a São sabe, mas penso que a Igreja Católica tem tanto, mas tanto para mudar, a começar por esse tipo de pensamentos e formas de estar....
    Agradeço o seu carinho ao ter comemorado comigo o aniversário da minha mãezinha, deixando a sua preciosa mensagem.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  8. Será que vão mudar?
    Ou será para pior?
    Beijinho para si!

    ResponderEliminar
  9. Sempre valorizei a mulher-mãe...

    Os meus abstratos, são a arte que eu consigo fazer.....Como eu gostava de saber desenhar...
    Beijo..Obrigado pelo comentário...

    ResponderEliminar
  10. Nunca me convenceram... os cardeais, os machistas, as religiões e afins.

    Tudo de bom.

    :)
    ;)

    ResponderEliminar
  11. º° ✿彡
    Olá, amiga!
    Difícil, tudo muito difícil!
    Bom fim de semana.
    Beijinhos do Brasil.
    ✿ °•.¸
    ¸.•°♡⊱彡

    ResponderEliminar
  12. um cardeal, que parece ter saido da célebre "Ceia dos Cardeais"

    beijo

    ResponderEliminar
  13. É por esta e por outras que cada vez tenho mais relutância em alinhar com a Igreja.
    de tolos e loucos temos todos um pouco.
    Pobre cardeal, que não sabe o que diz!
    Beijinho São

    ResponderEliminar
  14. E assim vão as verdades de quem não sabe , " no campo " , do que está a falar .


    Um abraço , São ,
    Maria

    ResponderEliminar
  15. Ainda há tanta gente a pensar assim, infelizmente!

    ResponderEliminar
  16. Ah! Neste mundo masculino por excelência, a mulher tem de "fazer das tripas coração" para dar conta de suas atividades e, ainda, do injusto julgamento, como este, que nada traz de encorajador...
    Ainda bem que existem homens que já compreenderam que a mulher está ao seu lado, junto, na construção da família, na educação dos filhos, etc...etc...
    Agora, também a mulher é capaz de tocar a vida sozinha, sem ajuda masculina e se haver muitíssimo bem...rsrsrs...
    Grande abraço, amiga São!

    ResponderEliminar
  17. É dificil conciliar carreira e filhos.
    Atrever-me-ia mesmo dizendo que é inconciliável.

    O dia só tem 24 horas e uma criança exige muito tempo noa primeiros anos de vida.

    Não está fácil ser mulher nos tempos que corres...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. Conheço alguns desse género, não é espécie em vias de extinção...
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.
    ~Eduardo Galeano

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  20. Gosto que aprecies, como eu, Galeano!

    Diverte-te-

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente, parece-me até que estão a recrusdecer!!Oxalá me engane,

    Um abraço, LILÁ

    ResponderEliminar
  22. É complicado, mas acho que deveria hac«ver mais alternativas e discordo em absoluto da culpabilização da Mulher e/ou de a reduzirem tão só ao papel de mãe.

    Até porque o pai também tem responsabilidades na educação das crianças.


    Um abraço , PÉROLA.

    ResponderEliminar
  23. Abaixo aquele que não vê que a mulher deve andar AO LADO do homem em suas missões de educar, criar, sustentar e amar os filhos. Os dois têm responsabilidades iguais e hoje em dia a mulher tem o papel muitas vezes manchado por machistas assim. Não concordo também.
    abraço!

    ResponderEliminar
  24. São, o machismo continua e não só na igreja. Não tenho nada contra a igreja, mas tenho milhões de dúvidas e só segue quem quer. Adorava que fossemos vistas sobre outro prisma. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  25. Infelizmente ainda conheço alguem assim, muitos mais do que gostaria!
    bom feriado querida

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  26. Amiga, o machismo está demasiado enraizado ...até em algumas mulheres, desgraçadamente.

    Bons sonhos, amiga

    ResponderEliminar
  27. O machismo está muito presente em todas as culturas e religiões.

    Eu creio no Grande Espírito (designação dos indios natovos norte-americanos), mas não estou ligada a nenhuma religião e muito a igrejas.

    A responsabilidade religiosa é maior porque influencia a vida de milhões de pessoas.

    Desejo-lhe um divertido Carnaval, ROSA BRANCA.

    ResponderEliminar
  28. Obrigada pelo excelente comentário!

    Bem haja, CLAUDINHA.

    ResponderEliminar
  29. Querida MARIA, sou crente , mas nunca achei ser necessária mediação entre Deus e nós.

    Conheço pessoas exemplares e que respeito, mas penso - como a minha amiga - que , infelizmente, o Vaticano tem muito a mudar.

    Veremos o que vai acontecer agora na consequência da resignação de Bento XVI...

    Quis ir comentar o seu post sobre Mafra, mas no ecrã aparece a informção de que a página não pode ser encontrada.

    Um divertido Carnaval lhe desejo.

    ResponderEliminar
  30. A mesma questão me coloco, principalmente agora com a resignação de Bento XVI...

    Esperemos que se abram mais às pessoas e as entendam bem mais compreensivamente.

    Tudo de bom, VIEIRA.

    ResponderEliminar
  31. ANDRARTE, gostei de ver os seus azulejos e o gacto de eu gostar mais de arte clássica não significa que goste de toda ela assim como também existem peças de arte moderna que muito aprecio.


    Tenha um Carnaval divertido.

    ResponderEliminar
  32. Assino consigo, caro AFLORES.

    Divirta-se e cuide-se.

    ResponderEliminar
  33. Infelizmente assim é, querida.

    Linda INÊS, tenha Carnavla muito alegre

    ResponderEliminar
  34. Pois é, HARÈTICO.

    Como será o futuro Papa??

    Não é que me interesse por aí além, mas espero que tenha um espírito bem mais aberto e voltado para o mundo real

    Te desejo divertido Carnaval

    ResponderEliminar
  35. Amigo, eu nunca percebi porque motivo acham as pessoas serem necessários intermediários como sacerdotes e afins.

    E eu sou crente, mas a ligação é directa : não preciso de igrejas ,

    Um abraço, KIM

    ResponderEliminar
  36. MARIA "VIOLETA" a ignorãncia é a raiz de todas certezas...

    Que tenhas um Carnaval divertido.

    Te abraço

    ResponderEliminar
  37. E não só homens , pois mulheres há que alinham nestes disparates...

    Divertido Carnaval te desejo, JUSTINE

    ResponderEliminar
  38. Queruda VERA, há um preconceito cultural generalizado também nas religiões contra a Mulher.

    O mais grave e triste é que muitas de nós, em total alienação, aceitam esta culpabilização!!

    Amiga, lhe desejo um Carnaval com muita alegria.

    ResponderEliminar
  39. ....mas que é um dos elegíveis, imagune-se!

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...