MALTA

MALTA

terça-feira, 10 de junho de 2014

DIA DE CAMÕES

    Alma minha gentil, que te partiste
 Tão cedo desta vida, descontente,
Repousa lá no Céu eternamente
      E viva eu cá na Terra sempre triste.

Se lá no assento etéreo onde subiste,
Memória desta vida se consente,
Não te esqueças daquele amor ardente
Que já nos olhos meus tão puro viste.

E se vires que pode merecer-te
Alguma cousa a dor que me ficou
Da mágoa, sem remédio, de perder-te

Roga a Deus, que teus anos encurtou,
Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
Quão cedo de meus olhos te levou.


LUIZ VAZ DE CAMÕES

24 comentários:

  1. Bom dia São!

    Belo Soneto! Só podia ser de quem é!

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Ci!

      Camões é um poeta de qualidade universal, sim.

      Bom feriado.

      Eliminar
    2. Alma nossa ainda existe,
      viva Portugal e a língua de Camões
      porque morreu, já não vive
      continua vivo nos nossos corações!

      Um abraço e bom feriado.

      Eliminar
    3. Camões merecia melhor sorte do que a teve quer em vida quer em mortem o pobre!

      Amigo, agradeço e visita :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. A poesia lírica de Camões tem poemas lindissimos : este é tão-só um deles.

      Abraço ; Chica :)

      Eliminar
  3. Um dos mais belos poemas de Camões, para mim pelo menos que não grande apreciadora dele, muito embora lhe reconheça o mérito.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considero Camões um enorme poeta e a sua poesia lírica tem verdadeira obras -primas!

      Mas, obviamente, tudo passa pelo gosto de cada pessoa...

      Abraço grande, Elvira

      Eliminar
  4. Para mim será sempre o dia de Camões!

    beijinho e bom feriado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim também, amiga!

      Bom resto de feriado e um grande beijo :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Sempre, sem dúvida!

      A lírica, então, é tocante.

      Eliminar
  6. Creo que lo he entendido bien.
    Es de los que me gustan.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Folgo que Camões te agrade, pois é um dos maiores poetas que temos; adoro a sua lírica!

      Abrazos, Xavi

      Eliminar
  7. Que saudades eu tinha deste grande poeta.

    Obrigado por mo relembrares.

    Outros tempos!

    Portugal nunca foi pátria fácil.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu por me fazeres companhia nesta memória de alguém , cuja poesia lírica tem poemas lindos!

      Portugal foi, é e será sempre um país onde não é fácil viver, porque as ditas elites são de fancaria!

      Bons sonhos, Margarida :)

      Eliminar
  8. Boa noite amiga São!!!
    E na vida real, tem pessoas que assim fazem...tanto falam...tanto pedem que vão cedo também ao encontro do outro no céu...
    Belíssimo!!!
    Obrigada por seu carinho, fiquei feliz em saber que foi a primeira vez que viu uma festa junina, e bem a de meus filhos...legal!!!
    Tenha uma semana feliz e abençoada!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Bia!

      Sim, por vezes a dor e a saudade são tão grandes que natural é que se peça a morte, mas ...ela é única coisa certa que nós temos!

      A lírica de Camões tem uma enorme beleza, sem dúvida.

      Nada tem a agradecer, a Tainá é um doce: adorei vê-la no seu seu vestido verde-mar com trancinhas emilianas, rrss

      Num enorme abraço, agradeço e retribuo seus amáveis votos, amiga

      Eliminar
  9. A melhor homenagem é reler o Vate, São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também acho!

      E que o não utlizem mal, porque é um escritor de níevel mundial

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Para mim, Camões é um génio - mesmo mundial e com uma lírica que me agrada muitisssimo!

      Ainda bem que aprovas a escolha, :)

      Beijinhos

      Eliminar
  11. Excelente escolha Sãozita, será sempre o dia de Camões.
    Viva Portugal.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida e já somos duas!

      Beijinhos, Adelinha , e cuida-te :)

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...