MALTA

MALTA

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CITAÇÃO - DR. DENIS MUKWEGE, PRÉMIO SAKHAROV


Tirei a foto em Espanha no Museu da Tortura de Santillana del Mar , 26/4/2014.
O objecto é um cinto de castidade.

"Vi vaginas onde espetaram pedaços de madeira, de vidro, de aço. Vaginas laceradas por lâminas de barbear, por facas, por baionetas. Vaginas queimadas com borracha em brasa, com soda cáustica. Vaginas em que deitaram gasolina e depois pegaram fogo.

As mulheres carregam a economia de África às costas. Se as quebrarmos física e pisicologicamente , estaremos a perpetuar o ciclo da pobreza."

Dr. Denis Mukwege


Este ginecologista de 59 anos já operou no Hospital de Panzi, em Bukavu, República Democrática do Congo , desde 1999, mais de quarenta e cinco mil vítimas de violação.

Como se sabe , a violação feminina é usada como arma de guerra e não se detém quanto à idade da vítima.

Em 2012 discursou na ONU e , no regresso ao seu país, atentaram  contra a sua vida.Evidentemente os agressores não foram castigados, sendo óbvia a protecção do Governo de Kinshasa.

Foi agora premiado , pelo Parlamento Europeu, com o Prémio Sakharov - com toda a justiça.

Esperemos que seja também consagrado Prémio Nobel da Paz !

54 comentários:

  1. Ena amiga, que texto arrepiante!!

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dói só de ler, sim...mas temos que saber destas infâmias para as denunciar e apoiar quem luta no terreno contra os canalhas que as praticam.

      Bons sonhos, Ci !

      Eliminar
  2. Tantos horrores acontecidos,
    acontecer, quantos mais irão
    atenção, não fiquemos distraídos
    trancas na porta antes que chegue o ladrão!

    Um abraço para você amiga São,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos, sim , que travar estas selvajarias cometidas por criaturas cobardes e perversas!!

      Bom fim de semana, amigo

      Eliminar
  3. Sãozitamiga

    Um texto arrepiante, mas... um belíssimo texto. Concordo contigo: é de lhe dar um Nobel, qualquer que seja!

    Qjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que estas Pessoas é que deveriam ter voz e lugar nos meios de comunicação social e receberem todos os prémios existentes!

      Abraço grande :)

      Eliminar
  4. São
    Arrepio-me de saber que, a barbárie tenha chegado ao século XXI, o mesmo é dizer, que jamais acabará. Consola saber que também, sempre no mundo haverá gente boa, com enfatizas também.
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A humanidade é cruel por natureza, pelos vistos.

      Felizmente existem Pessoas compassivas e de bem!

      Abraço de bom fim de semana

      Eliminar
  5. Tristeza tudo isso! Seria um merecedor mesmo do Nobel! bjs,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tristeza , mesmo! Como é possível?! Os patifes que magoam desta maneira horrorosa seres humanos só porque são do sexo feminino mão se lembrarão que foi uma mulher que sofreu para estarem vivos e na Terra ??!!

      Beijos, Chica:)

      Eliminar
  6. Arrepiante! Monstruoso!

    Passam séculos e a violação continua e continuará.

    Esperemos que o Nobel lhe seja atribuído.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque será, amiga, que a Humanidade não compreende o animalesco da crueldade e a segue praticando?!

      Bom fim de semana e excelente Novembro, Lisa!

      Eliminar
  7. A mutilação genital é um dos expoentes do puro horror, São.
    Valha-nos que ainda há Homens como este.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É algo de absolutamente animalesco e preconceituoso, que revela uma amálgama de ódio e medo!!

      Sim, graças a DEus, ainda existem Homens assim!!

      Tudo de bom, Pedro

      Eliminar
  8. O texto do Dr , Denis Mukwege é arrepiante , sem dúvida e a sua obra mais que meritória .

    Agora pensemos no horrores que infligiam ás mulheres , nas prisões , aqui mesmo , neste pacifico Portugal .

    Um abraço , São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria bom que quem viveu esses pavorosos dias em Portugal, desse o seu testemunho...

      Abraço e bom fim de semana, Maria !

      Eliminar
  9. Olá SÃO,

    vê-se como Hitler deixou e desgraçadamente, uma escola de tortura e desumanidade, sendo a sua narrativa um pequeno episódio grotesco, do que se pratica no continente africano e nos países pobres em geral, pelas nações "donas do mundo"!!!

    Ainda bem que, deste filme de terror com toda a sua entourage de satânicos personagens,emerge uma figura do bem que conforta com sua pericia médica, tantas mulheres desgraçadamente violadas, interna e externamente.

    Nossas homenagens ao Dr.Denis Mukewege,por este trabalho humanitário e Prêmio Nobel da Paz, para ele, SIM!

    Um abração carioca e parabéns São, por trazer para o conhecimento do mundo através da internet, este descalabro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, África é um continente a que nem liga.

      Torturas mais sofisticadas e menos divulgadas também existem, desgraçadamente, em países ricos.Sob pretexto de segurança nacional ou de qualquer outra coisa.

      Infelizmente , a Mulher é sempre um alvo mais vulnerável.

      Obrigada ( e a Luma também ) ! Não faço mais que o meu dever de denúncia.

      Oxalá este Homem seja mesmo galardoado com todos os prémios inventados e por inventar!!

      Abraço grande , Paulo

      Eliminar

  10. MepreguntoSan DONDE ESTAN LOS DE DERECHOS HUMANOS!!!!!!!!!!!!!!!!! preocupandose de presos y no de victamas como las mujeres que son como bien se dice botin de guerra.
    Horrible,desleneable y nadie hace nada!!!!!!!!

    Cariños

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bienvenida!

      Ninguém faz nada porque o cinismo e a hipocrisia imperam, desgraçadamente !!

      A Mulher continua sendo vítima até na concepção que dela fazem as religiões mais importantes...

      Besos

      Eliminar
  11. Fico sempre com um nó na garganta e um aperto no peito quando sei destas atrocidades.

    A Cobardia no seu expoente mais alto.

    Homens assim ainda nos fazem ter alguma esperança na humanidade.

    beijinho amiga São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tenho as suas espectaculares e lindissimas rosas negras da Turquia nos olhos!!


      Partilho inteiramente essa sua angústia, amiga.

      Cobardia, ausência de humanidade e compaixão e, até, ingratidão . Porque foi de uma mulher que estas malvadas criaturas nasceram!!

      Haja ainda Homens que nos dão alguma esperança ---

      Abraço fraterno, Fê

      Eliminar
  12. Fiquei arrepiado ao ler...Como é possível existir ou ter existido tanta maldade e crueldade...Como é possível ???

    Bom fim de semana

    Deixo cumprimentos

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A perplexidade é mesmo essa: como é possível tanta crueldade, tanta infâmia?!

      Saudações cordiais e bom Novembro :)

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Bebés e crianças também, Xavi!!!

      Como podem estas criaturas praticar monstruosidades destas ?!

      Abrazos e bom fim de semana

      Eliminar
  14. Boa tarde, é a realidade vivida por mulheres vitimas da força do poder e dos interesses pessoais, os poderosos que brevemente pelo natal vão aparecer em todo o mundo a falar a favor das crianças e dos mais desfavorecidos, são os mesmos que levam o ano inteiro assobiar para o lado a ignorar a realidade muito bem partilhada pela são.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, é esse cinismo que tão bem refere que dói e permite a continuação de selvajarias como esta aqui denunciada...

      Grato abraço e bom Novembro.

      Eliminar
  15. Que monstros que fazem tais barbariedades e que médico merecedor de
    tal prémio por tanto bem fazer.
    Quando será que certos homens, que vieram do ventre da mulher,
    a respeitarão?
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço a mesma pergunta!

      E é essa uma das razões que detesto insultos machistas ...e que até ceras mulheres utilizam !!!

      Beijinhos, amiga

      Eliminar
  16. Ojalá se cumpla tu deseo.
    Besos, querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oxalá, porque merece ...e , ainda mais, que essas atrocidades se deixem de praticar!

      Bom Novembro, amigo mio :)

      Eliminar
  17. Não conhecia essas palavras dele, que me levaram aos horrores praticados contra as mulheres e me provocaram um aperto no coração. Quanta crueldade! Exerce um trabalho que o coloca frente a frente com a dor. E merece reconhecimento. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda!

      Graças a DEus, ainda existem seres humanos dignos desse nome e que se erguem contra estas aberrações!!

      Beijinhos:)

      Eliminar
  18. Oi, São!
    Que seja! Estou torcendo... Olha a que barbaridades a mulher se presta quando subjulgadas à força do homem. Mulheres anônimas que sofrem, enquanto existem mulheres que se vendem em troca da fama. É preciso alertar o mundo contra essas barbaridades. Parabéns por expô-las em seu blogue! Tenho certeza que como eu, muitos que dos que passarem por aqui se indignarão com tanto subjulgamento!
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda!

      As mulheres não se prestam a estas atrocidades : são vítimas da perversidade de criaturas que só merecem ser designadas por bestas!!!

      Subjugar uma mulher e torná-la objecto de violência é uma cobardia, sempre.

      Esperemos que este médico receba o Nobel, porque o merece muito !!

      Evidentemente que não me surpreende a sua indignação, Luma !

      beijinhos e bom serão

      Eliminar
  19. São...em Madrid vi exposto elementos de tortura e doeu-me a alma só de imaginar o que terão sofrido!!!
    Seria bom que todo o tipo de tortura fosse banida do mundo!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando foi a exposição itinerante sobre a a tortura praticada pela Inquisição recusei ver...e em Santillana del Mar desta vez entrei porque estava integrada num grupo .

      Acho diabólico e perverso o que certas criaturas ,que de humano só têm a forma, são capazes de fazer a um ser humano indefeso !!

      Abraço grande, Maria da Graça .

      Eliminar
  20. 。°°✿⊱。
    Que horror!

    Bom fim de semana, amiga!
    Beijinhos.°✿⊱
    °。.✿✿⊱

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um horror inominável, absurdo e cruel!!!

      Querida, beijinho e bom fim de semana.

      Ah! O Kim, infelizmente, não está bem de saúde.

      Eliminar
  21. Excelente vivencia, mi querida Sao.

    Un abrazo grande y fraternal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda existem pessoas que nos reconciliam com a Humanidade, graças a Deus!

      Querido Ricardo, que seja muito feliz o teu Novembro :)

      Eliminar
  22. Relativamente às mulheres "carregarem a economia de África às costas", penso que não é só em África. Lembrei-me logo daquele projecto dos microcréditos (agora deu-me uma "branca" e não me recordo do nome próprio), cujo autor, salvo erro indiano, ganhou o Prémio Nobel da economia. Esses microcréditos foram (não sei se ainda se mantêm), na GRANDE maioria, concedidos a mulheres, porque elas iriam gastá-lo bem, em benefício da família e ainda criando emprego :)
    Beijinhos, bom sábado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O dr Mukwege fala de África porque é o contexto em que se insere e o continente mais sofrido e abandonado do planeta : com o ébola, aparecido em 1976, só agora e porque contaminou brancos é que se alvoroçou tudo acerca da vacina.

      Também não sei como está decorrendo essa obra do senhor indiano que recebeu o Nobel, mas espero que esteja correndo tudo bem e que as mulheres continuem a ter apoio.

      Abraços e que seja bom o seu Novembro :)

      Eliminar
  23. Respostas
    1. Dura e terrível, perfeitamente injustificável!

      Bom Novembro, Lisette

      Eliminar
  24. Oi São!
    E quando se fala em feminismo, ou se torcem o nariz, ou nos insultam ou simplesmente ficam zuando ou nos ignoram.
    Se com o feminismo, o mundo já está a este ponto, imagine se algumas mulheres (e homens também, como este doutor) não se manifestassem, não mostrassem tais barbaries (como tu mesmo aqui o faz) não se manifestassem e não tomassem a frente em alguns desses trabalhos, como todas as mulheres estariam?
    Esse relato é muito duro, mas infelizmente realista.
    A mutilação genital que ocorre nestes países também é bárbara, atitude de homens que se dizem humanos mas não passam de vermes inseguros.
    Aliás, todo homem que desrespeita a mulher, seja de que maneira for, da mais bárbara como esta até das mais "sutis" merece mesmo o título de um verme.
    Quando puder, convido a ler um post que escrevi sobre nossa situação na internet.
    O pior de tudo é quando se culpam as vítimas e não os opressores, chega me embrulhar o estômago!
    Beijos e uma semana abençoada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Mi!

      Sou feminista ainda antes de saber do conceito, porque houve sempre frases que nunca achei justas mesmo quando as ouvi(a) em menina.

      Concordo totalmente consigo... e pelas mulheres alienadas que tomam o partido do agressor sinto uma mistura de pena e repulsa!!

      Senti na pele, desde que nasci, o desamor de minha mãe por ser do sexo feminino e que se transformou em detestação quando , ao saber que o G , tinha uma amante, pedi o divórcio.

      Beijinhos e boa semana :)

      Eliminar
  25. Reproduzes a parte "barulhenta" desses actos em tempos de Guerra. Permito-me dizer que a mutilação genital feminina tem tanta (ou mais) incidência sobre a mulher (sobretudo Africana) nos chamados tempos de Paz de cada dia.
    Será que estes crimes culturais são actos de paz? Até quando?



    Beijos



    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já falei da mutilação genital feminina.

      O que me dói mais é que nesse caso , mulheres existem que ,totalmente alienadas, querem mutilar as próprias filhas!!! Uma dessas idiotas só o não fez porque o marido, pai da menina, não permitiu, Deus o abençoe!

      Temos que denunciar , sempre , e todas as formas de violência!!

      Boa semana :)

      Eliminar
  26. Séc. XXI e tanto caminho por percorrer...!

    Divulgar é já um passo a caminho da solução.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não encontrei blogue seu, sendo assim não posso retribuir a agradável visita.

      Sim, século XXI depois de Cristo ..se juntarmos os outros todos , que são ainda mais, antes nem sequer se consegue perceber como é que estas selváticas e cobardes violências persistem!!

      Folgo que concorde ser a denúncia muito importante e um passo para a solução.

      Abraços :)

      Eliminar
  27. Faço minhas as suas palavras, São: esperemos, sim! As torturas infligidas às mulheres notadamente na África são, realmente, um atestado de crueldade e ignorância! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. África é o Inferno em vida!!!!

      Obrigada por estar a nosso lado nesta luta contra as prepotências e o machismo absurdo que tanto violenta as mulheres, querido Swami!

      Deus te proteja, amigo !

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...