MALTA

MALTA

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

PEDOFILIA CLERICAL

"Infelizmente, há crianças que procuram o afecto que não têm em casa, e se encontram um padre podem fazê-lo cair em tentação."


                                                                    GINO FLAIM 
                                                  ( "Visão" nº 1180  15-21/10/2015)

Este padre da diocese de Trento é o exemplo perfeito dos pedófilos  - que culpam a criança sua vítima.

É mentira que a criança inicie jogos sexuais, por todos o motivos possíveis e imaginários. Mas  se , por absurdo, isso acontecesse, seria sempre o adulto a cortar imediatamente a  situação, como é óbvio.

Desgraçadamente , a religião dita cristã  tem como  matriz a culpabilização e o castigo - sendo o  da Mulher  o mais evidente  e persistente. Desresponsabilizando sempre o Homem , quer seja laico quer seja sacerdote .

O santificado Papa polaco João Paulo II, que colocou nos altares Josemaria Escrivá , fundador da Opus Dei e cuja colaboração incondicional com o ditador espanhol Franco lhe valeu um título  de nobreza, protegeu dentro dos muros do Vaticano um sacerdote que as autoridades dos EUA procuravam por pedofilia continuada . Além disso, teve sempre relações muito cordiais e próximas com o padre fundador de uma organização católica sul-americana, conhecido por ter filhos e cometer crimes de abuso sexual contra crianças.

Um asco !!!

Francisco já declarou firmemente que estes crimes são imperdoáveis e que agirá com severidade contra quem os comete.

Receio que tenha o mesmo destino que João Paulo I. Oxalá me equivoque.
 

20 comentários:

  1. Quem diz uma coisa dessas não é digno de servir o Senhor, São.
    Não é digno, ponto final.
    O crime mais hediondo que consigo imaginar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. para mim, também.

      E quando eu ouço criaturas destas que dizem representar Deus na Terra, só me ocorre perguntar que deus é o desta gente .

      Daqui , boa tarde ,

      Eliminar
  2. É um discurso típico de pedófilo. Eles nunca têm culpa, a culpa é sempre das crianças, sejam eles padres, ou leigos, crentes ou ateus.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um nojo este cinismo e pecado mortal, para utilizar a terminologia clerical, que o Vaticano proteja estes crimes hediondos

      Bom resto de dia, amiga

      Eliminar
  3. Crianças são culpadas? Um asco mesmo pensamento assim! bjs,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É caracteristico da pedofilia culpar as crianças... mas que seja assumido por quem diz representar Jesus, leva-me a afirmar cada vez com maior convicção que não é Judas o maior traidor do Mestre!!

      Abraço e bom resto de dia

      Eliminar
  4. Nem sei que diga!!
    Beijo e um dia feliz.
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Face a uma barbaridade destas , é normal que se fique sem palavras.

      Beijinhos, Ci

      Eliminar
  5. Bem... pelo menos, já durou lá mais do que 33 dias... mas às vezes, também penso o mesmo... e oxalá, que também me engane!
    Finalmente compreendi... que uma criança quando procura afecto, desperta todos os sentimentos... menos afecto, num padre! Eis a confissão de um... a confirmá-lo!...
    Por causa destas e de outras... é que sou agnóstica, e relativizo todos os princípios de fé... que se apregoam... mas que nem os próprios, ao mais alto nível, das organizações religiosas, muitas vezes os cumprem... ai se o intimo, de cada um deles se fizesse ouvir...
    Adorei o post, São! Um tema bem pertinente, e actual... e sem resolução à vista... embora se vá expondo mais o problema... as consequências destes actos ficarão para sempre gravadas na memória dos abusados... e disto, nem Deus os salvará, nesta vida, pelo menos... e nem com um pedido de perdão de todos os padres no activo, em fila... se resolverá... para mais, se muitos deles continuarem a ser protegidos...
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Ana.

      Acho que a morte de João Paulo I tem sido o seguro de vida do actual Papa, já que seria demais dois Papas progressistas e dispostas a efectuar mudanças no Vaticano morressem ambos repentinamente e com muito pouco tempo de actuação.

      Sim, nem todos os pedidos de perdão conseguem apagar os traumas nas vítimas!

      Creio em Algo que nos transcende infinitamente, mas sempre repudiei a necessidade de mediação..e cada vez menos gosto de Igrejas organizadas.

      Grato abraço e bom serão

      Eliminar
  6. Um nojo!
    Merecem a pena de morte, com sofrimento!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Repugnante, cobarde e vil !

      Sou contra a pena de morte, mas garanto-te que as criaturas prefeririam morrer se me fossem entregues.

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Os padres devia casar, porque em vez de comerem do alheio fora de casa, Comiam o que era deles, dentro de sua casa! E dão deles lições de moral aos outros. "Escutem o que eu digo, não olhem para o que eu faço"

    Tenha uma boa noite amiga São. um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo consigo, mas o que se passa entre pessoas adultas e com consentimento de ambas as partes, enfim é tolerável.

      O que é um crime nefando e asqueroso é o abuso sexual de crianças e , para cúmulo do descaramento e da vilania, a culpabilização da vítima!!!

      E como bem diz, ainda estas nojeiras ambulantes se arrogam o direito de julgar as pessoas !!

      Abraço amigo , meu caro Eduardo

      Eliminar
  8. Repugnancia, é o que me inspiram.
    Abraço-te amigavelmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida , é o sentimento que estas desprezíveis criaturas merecem

      Abraço de amizade te dou

      Eliminar
  9. Excelente texto, São. Esse crime é dos que mais me revoltam, no que têm de cobardia, hipocrisia e prepotência. E a igreja tem sido desde sempre um instrumento de controlo e manipulação das pessoas, começando pelas crianças.
    Crime imperdoável !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imperdoável, sim, e merecendo castração a frio e prisão perpétua.
      E isto porque sou contra a pena de morte.

      Grato abraço

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...