terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

GISBERTA

É algo que me transcende  a crueldade que algumas criaturas exercem sobre as pessoas.

Completam-se dez anos sobre o assassinato da transexual  brasileira Gisberta.

O crime foi efectuado por um grupo de menores sob a responsabilidade das Oficinas de S. José , instituição católica.

Que valores foram, afinal, transmitidos àqueles  adolescentes? Esta questão torna-se ainda mais preocupante se tivermos em conta que foram retirados da família por esta não apresentar condições adequadas nem à sua educação nem ao seu desenvolvimento.

Pior, a instituição além de não cumprir o seu papel  educacional , nem foi penalizada sequer.

Passada uma década sobre algo que lhes marcou a vida, onde andam e que fazem os jovens  capazes de agredirem até à morte um ser humano desvalido e indefeso e o atirarem para um poço?

Que trabalho se fez com as IPSSs ? Nenhum, porque o pouco poder que o Estado tinha relativamente ao seu funcionamento  foi total e completamente destruído pela governação PSD/CDS.

Portas e Passos limitaram-se a despejar milhões e milhões de euros mensalmente nas contas bancárias desses privados sem exigirem cumprimento dos seus deveres para com os utentes  nem para com o Estado.

 Aliás, o CDS tomou conta dessa área  a nível ministerial ( até porque há aí excelente colheita de votos) e, tal como defendera sempre, entregou às IPSSs funções cuja delicadeza e responsabilidade só cabem ao Estado.


Evidentemente, as relações entre as Direcções e o Estado complicaram-se e as respostas a casos urgentes e complexos diminuiram ainda mais.

Esperemos que estas tragédias passem a conseguir melhorar o apoio à população e a qualidade do mesmo.


30 comentários:

  1. Parece que foi no outro dia... e uma década se passou... impunemente... pois realmente nunca mais ninguém falou do assunto...
    Neste país ninguém assume a responsabilidade de nada que seja muito grave...
    Mas se alguém já roubar algo da prateleira dum supermercado... issssssssso é que já traz consequências...
    Enfim! É o triste país que temos...
    beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mal é que o triste país que temos conserva religiosamente os seus defeitos...

      E as pessoas , como pensar dá muito trabalho, continuam a drogar-se com programas televisivos de quinta qualidade e futebóis.

      Quando as tragédias acontecem , é um sururu ensurdecedor , com tendência de arranjar bodes expiatórios, geralmente os elos mais fracos, mas depois da agitação tudo como antes no quartel de Abrantes!

      Beijinhos, Ana

      Eliminar
  2. Cuanto odio hay a lo diferente.
    Qué tragedia!!!

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O preconceito reina ainda muito perto do absoluto... e se se mistura com conceitos religiosos e falta de educação, tudo piora!
      Abrazo, Xavi

      Eliminar
  3. O ser humano pode comportar-se pior que animais, para mal dos nossos pecados.
    E o descaso estatal é imperdoável.
    PAF foram e são uns sacanas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto do termo, mas sou obrigada a concordar : é o que Passos, Portas e toda a actual Direita , é!

      Eliminar
  4. Como sempre disse o homem é o maior predador do próprio homem.
    Esperemos que casos destes não voltem a repetir-se.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha amiga, acabei de saber uma situação recente que não anda muito longe desta, ainda que a agressão fosse só psicológica .

      Bom resto de dia

      Eliminar
  5. Um texto necessário para que possamos ficar atentos em quem estamos dando poder para governar nossos Países.E confirmar que só a educação pode ajudar a salvar instituições relevantes como a de jovens.
    E a quem elas são entregues.? ... até quando vamos presenciar cenas como a citada aqui e milhões de outras por todos os cantos do mundo, em particular as do nosso lado _ ali na esquina.
    Fico indignada São e admiro quem repassa essas verdades pra gente pensar. As vezes ,de propósito, tento me alienar para nao me tornar uma desencantada. Aí, fotografo ,leio poesia , viajo.
    Mas sei o quanto é doloroso nao ter voz nao saber como agir diante de fatos assim.
    um abraço e desculpe me alongar.
    Obrigada por ser porta-voz da indignação que compartilho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lis, eu também sigo um pouco essa receita de defesa, pois não me quero tornar amarga.

      Simplesmente, toda a minha vida profissional foi dedicada à Educação.

      Mesmo após a aposentação ofereci-me como voluntária nessa área para Timor( disseram-me ser muito velha, com 55 anos), para África ( após muita insistência, o contacto efectuou-se através do preenchimento de um Questionário longuíssimo onde eu declarei que respeitava as crenças religiosas de toda gente, mas que não sigo nenhuma religião embora eu creia em Deus - o que determinou o corte sem um explicação da instituição): ambas as Instituições eram católicas.

      E para não a maçar mais não lhe conto mais, por agora.

      Grato abraço pelo comentário

      Eliminar
  6. Bem me lembro!
    Uma atrocidade!
    Bem haja por esta reflexão!
    bjinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atrocidade de cortar o coração , principalmente por ter sido cometida por jovens...

      Grato abraço

      Eliminar
  7. Esses dois senhores, um do PSD, outro do CDS, durante a sua governação só apoiaram o grande capital. Por isso é que eles estão contra o orçamento do governo actual. O qual eles dizem de que dá com uma mão e tira com a outra mão. Pois eu digo que este governo, já me deu alguma coisa, do muito que ele me tiram com as duas mãos!

    Eles estão cheios de raiva, por os não terem deixado continuar, com as suas politicas, de tirar a quem menos tem, para dar a quem mais tem. Eles querem a todo o custo voltar, para se vingarem!

    Tenha uma boa noite, amiga São, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino por baixo cada uma das suas palavras, Eduardo!

      Passos , Portas, o reformado de Boliqueime e sua quadrilha espojam-se de raiva por não poderem continuar a saquear-nos e a destruir o país.

      Bom fim de semana

      Eliminar
  8. Querida Sao.

    Gran falla de esa entidad educativa.

    Si quieres ver un ejemplo de un desenlace distinto y con mucho amor, te recomiendo veas la película The Danish girl ( La Chica danesa).

    Te envio un gran abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Ricardo, grata pela sugestão do filme, que já estava com vontade de ver :)

      Falha tremenda da INstituição e mais grave ainda o laxismo do EStado.

      Amigo mio, fuerte abrazo

      Eliminar
  9. Já não me lembrava desse episódio macabro.
    E não deve ser esquecido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com tanta coisa acontecendo, acabamos por esquecer.

      E , não, não podemos deixar passar estas infâmias em brancas nuvens.

      Eliminar
  10. Tomara que haja respeito por parte da população pois todos têm direito de viver dentro de suas escolhas. A vida nos foi dada por Deus e só ele poderá tirá-la
    Que os governantes sejam mais coercitivos e punam com rigor os autores de crimes principalmente quando o teor se pauta no preconceito e na discriminação
    Um big beijo São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracita, concordo em tudo e totalmente consigo.

      Infelizmente, parece que tudo está piorando, até por causa desta mania de que a juventude é um valor em si mesma e e de todas as pessoas têm que ser magras , lindas e saudáveis.

      Beijinhos amigos

      Eliminar
  11. Uma lástima São, que tal crime ainda possa ocorrer, principalmente em cidades mais evoluídas culturalmente.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamentável, realmente, que vinte e um séculos depois de Cristo ainda haja esta intolerância , que pode levar ao assassínio ...

      Beijos

      Eliminar
  12. Bom dia, São!
    Infelizmente casos como estes estão presentes no mundo todo.
    Acredito que a própria família já não faz o trabalho que deveria fazer e assim são com as instituições. Por aqui, adotar uma criança é tão complicado e com tantas exigências... porém, as instituições que os acolhem sequer dão condições dignas de viverem. E o que dizer então de nossas escolas e professores sobrecarregados? A desculpa é sempre a "falta de verba". Verba que sobra, mas está em bolsos particulares.
    O que falta mesmo é amor ao próximo e consciência para fazer o melhor pela vida a cada dia.

    Um dia de bênçãos pra você,
    Abração esmagador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Márcia!

      Ah! Nem imagina como concordo com seu comentário !!!

      Bom fim de semana e seja feliz , sempre !

      Eliminar
  13. São ,
    assino por baixo o comentário escrito por "Poções de Arte"
    Até mesmo o abração esmagador,
    Maria [ lilazdavioleta@hotmail.com ]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos, então, as três de acordo total.

      Agradeço e retribuo o abraço, Maria !

      Eliminar
  14. Olá são:

    As trevas andam a par da luz...escolha-se o caminho!Eles escolheram esse e um dia terão o retorno.

    Beijinho doce:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, linda!

      Assim é, tens razão!

      beijinhos, muitos

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...