segunda-feira, 23 de agosto de 2021

POEMA - TORO SALVAJE ( 4/8/2021)

 Todo se va

Y aqui me quedo siempre solo.

Viendo como se van los familiares vestidos de muertos,

viendo como se van los amigos vestidos de abandonos,

viendo como se van las ilusiones vestidas de viudas rotas.

Viendo como se va la esperanza  caminando ciega hacia el abismo.




28 comentários:

  1. Linda! Ótima semana! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admiro muito o autor do poema!

      Beijinho e feliz semana

      Eliminar
  2. Um retrato dos dias que passamos.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, infelizmente.

      Tens um poema teu no "são".

      Beijinho, Amiga, feliz semana :)

      Eliminar
  3. Justo así.
    Un honor estar aquí.

    :)

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A honra, amigo mio, é minha !

      E, sim, é mesmo assim como escreveste, infelizmente.

      Te abraço, boa semana

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Um inferno que não acaba....mas , mesmo sem pandemia, as palavras do poema são verdadeiras.

      Cordiais saudações e boa semana :)

      Eliminar
  5. Poema sublime!
    Onde a realidade de todos nós, está bem patente nestas belas palavras!
    Parabéns, pela excelente partilha!
    Votos de uma excelente semana, amiga São.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem imaginas como me agrada esse teu elogio a um escritor que sigo há anos aqui na blogosfera!!

      Carinhoso abraço, Mário, excelente semana

      Eliminar
  6. Melancólico, São. Mas verdadeiro... e realmente magnífico! Quantas coisas ditas, em um pequeno poema! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro estes poemas breves , mas com uma profundidade enorme, Swami! E Xavi tem muitos...

      Grande abraço, meu Amigo, boa semana :)

      Eliminar
  7. Beleza de poema com força da dura realidade que é vida.
    Tudo se vai, até que o plano comuta a dor em flor.
    Uma linda escolha São.
    Uma semana leve e alegre para você.
    Beijo amiga.
    E vamos nos cuidando.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto muito de sua análise a este belo poema.


      Caloroso abraço, meu amigo, e tudo de bonito na sua vida :)

      Eliminar
  8. Oi, São!
    É a realidade da vida. Por mais que exista uma preservação, chega um tempo em que não há como não olhar para trás e perceber as pessoas que já partiram da nossa vida, mas não podemos fazer apenas conta de subtração. Pessoas também chegam e podemos nos surpreender quando abrimos as portas.
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão, mas quando se ultrapassam as sete décadas de vida...as contas são mesmo de subtracção, minha amiga .

      Beijinho e feliz semana :)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Sim e, principalmente, muito real.

      Principalmente para quem já é velho, como eu o sou.

      Eliminar
  10. ¡Ay qué triste esta prosa, Sao! pero bonita y poética. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo como dizes e tão profunda....

      Te abraço, Ingrid !

      Eliminar
  11. Palavras profundas num poema sublime.
    É tão triste quando se sente que até à esperança caminha para o abismo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino por baixo as suas palavras, minha querida Maria!!

      Caloroso abraço

      Eliminar
  12. Uma poética descrição do actual presente... não está fácil de moralizar, quem perdeu as suas rotinas, e como antes, não pode socializar... com risco da própria vida... falo dos mais idosos e frágeis... cuja falta dos antigos estímulos... deixa marcas para o resto da já sua curta vida, nestes tempos de pandemia...
    Belíssimo e profundo poema! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha geração não foi poupada a rigorosamente nada, infelizmente.

      Grato abraço pelo merecido elogio a este extraordinário poema!

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

CITAÇÃO : ALEXANDRA COELHO

  "A violência de Israel é muito profissional e organizada, estão a fazer tudo para que seja impossível existir ali um outro Estado. Há...