MALTA

MALTA

sábado, 8 de maio de 2010

DESVARIOS



" A paixão, como também o crime, encontra-se à margem da ordem estabelecida e da bonomia do quotidiano, e todas as desordens da estrutura social , todas as perturbações que ameaçam o mundo lhe são bem-vindas , porque mesmo vagamente se poderão revelar em seu proveito."

THOMAS MANN

48 comentários:

  1. Não consigo fazer um paralelo entre a paixão e o crime.
    São duas coisas tão distintas e opostas.

    ResponderEliminar
  2. vagamente...
    nem assim, e daí???
    paixão na maior diversidade de "critério"...
    todos os desvarios são possíveis hoje em dia, xará querida!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sim, mas existem os ditos crimes passionais, não é?

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Há tanta maneira de viver uma paixão e existem tantos objectos de paixão, não é?

    E quanto a desvarios, minha querida xará, anda tudo muito desvairado , realmente...

    Um abraço grandeeeeee.

    ResponderEliminar
  5. Acho que a paixão (desmedida incontrolada) pode ser o começo do crime.
    A paixão é mesmo um desvario...pode levar ao desvario de um crime...e crime para mim, não é somente matar...há várias formas de cometer um crime sem chegar ao ponto de matar.
    Pode estragar-se a vida de alguém...por paixão. Por paixão, alguém rejeitada, magoada, incompreendida, aí quem tem essa "doentia paixão" entra por caminhos terríficos e pode estragar a vida desse alguém que era a sua paixão.
    Isto é da chuva... que não pára...desculpa São...estava a pensar alto!...meu filho está como está, derivado a não ter correspondido a uma louca paixão desvairada, doentia.
    Abraço
    Mer

    ResponderEliminar
  6. Minha amiga, não nenhuma razão para pedir desculpa. Aliás, eu também considero que a paixão é um risco muito grande quando a pessoa a não controlar ou a sente de maneira totalmente irracional.

    E há crimes de vária ordem, sim.

    Que Deus nos ilumine segundo as nossas necessidades.

    Um bom fim de semana, apesar da chuva.

    ResponderEliminar
  7. Pois...ambos podem ser proveitosos.

    Beijinho doce

    ResponderEliminar
  8. esperemos que sejam...

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. Querida São,

    amiga querida, em nome da paixão são cometidos crimes bárbaros, muitas vezes com julgamentos abrandados em razão do estado de espírito que conduziu a pessoa a tal situação. A paixão de modo geral, costuma abalar a sociedade em vários seguimentos como a política, futebol, etc e não somente a paixão amorosa. A paixão produz impulsos irracionais e desmedidos com sérias consequências.


    Carinhoso abraço e um especial beijo. Obrigada pelo carinho e lembrança, amiga.

    ResponderEliminar
  10. Pois é, a paixão provoca a obliteração de tudo quanto é racional...o que é lamentável!

    Para se gostar não é necessário nem odiar o que é diferente nem fazer loucuras.

    No meu carinhoso abraço, o voto de feliz Dia da Mãe, minha querida amiga.

    ResponderEliminar
  11. Buenos dias Saö, cuando la pasion se une a la sobervia incluso a los celos, puede llegar a convertir a las personas en criminales sin escrupulos.
    En estos dias, hay ejemplos feacientes.
    Beijos e bom fim de semana.
    Jesus

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente assim é, pois as pessoas perdem o controle de si.
    Há relações doentias , verdadeiramente.

    Besos para ti e Encarna.

    ResponderEliminar
  13. è bem profundo e a paixão,se desmedida, pode levar a resultados não tão bons. beijos,lindo dia das mães,chica

    ResponderEliminar
  14. Obrigada, embora o nosso Dia em Portugal seja no primeiro domingo de Maio.

    A paixão é sempre um estado alterado e intenso. A sua bondade ou maldade depende do objecto investido.

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  15. texto que suscita polémica...paixão e crime não conjugam nada pelo menos na sua essência.
    Há casos em que, infelizmente, uma leva ao outro...obrigado pela visita.
    Boa noite e meus cumprimentos.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  16. A paixão, se for uma explosão de sentimentos na potência máxima, desencadeia surpresas inesperadas, para o bem e para o mal.

    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Sim, em princípio nada deveria ligar paixão e crime. Mas quando a primeira se descontrola excessivamente, pode levar ao segundo, por desgraça.

    Bem vinda é e será, MAYA!

    Feliz semana.

    ResponderEliminar
  18. Assim é. Mas também muita coisa do depende do objecto investido.
    Um abraço, GATO.

    ResponderEliminar
  19. Ainda estou respirando o ar do mar...

    E será que Mann saberia?

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  20. Muito bem dito, São! O Mann, realmente, é ótimo! :) Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  21. Sim, é um bom escritor.

    Uma feliz semana, meu querido Swami!

    ResponderEliminar
  22. Obrigada.

    Ainda estou cheia de poeira, rrss

    Fica bem.

    ResponderEliminar
  23. Antigamente eu pensava que o mundo tinha uma ordem... agora tenho a certeza que anda tudo ao Deus-dará!

    ResponderEliminar
  24. eu ainda creio nessa ordem, mas também me parece que a Humanidade anda completamente desorientada.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  25. Querida São,

    "A paixão (do verbo latino, patior, que significa sofrer ou suportar uma situação difícil) é uma emoção de ampliação quase patológica" diz o Wikepedia, daí a poder resultar em crime, digo eu.

    E eu a pensar que era tudo AMOR....

    Beijinhos

    Verdinha

    ResponderEliminar
  26. ._______querida São




    .um grave "DESVARIO"


    "Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são"

    (William Shakespeare)


    contudo: parecer o que é - é um crime - parecer o que não se é_______um sucesso!


    !!!:)


    que o mundo está de pernas.para.o.ar_______não restam dúvidas!


    .agora as "serpentes" cacarejam!!!SIM! quanto às galinhas______ainda vão dando alguns ovos


    ...




    _________///




    beijO_______ternO

    ResponderEliminar
  27. A questão é ter um pretexto.
    Opto pelo AMAR.

    Abraços de boa amizade

    ResponderEliminar
  28. VERDINHA, ma chérie, a paixão pode ser uma coisa terrível, sim. è um pouco como o ciúme.

    Mas o Amor, em sentido lato, é bem melhor.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  29. Querida BETTY, de facto, o mu do parece estar todo do avesso e a crise de valores está a levar-nos ao abismo.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  30. Caro amigo, também opto pelo amor, sem dúvida!

    Um grande abraço para ti, DUARTE.

    ResponderEliminar
  31. Crime é um tipo de paixão mas, sinceramente, acho bom que um homem apaixonado pela mulher - no caso de Obama - fará menos , um pouquinho menos mal ao mundo do que a frieza de um Bush e tantos outros.
    Ele se alimenta de algo mais do que simplesmente "poder".

    ResponderEliminar
  32. Sim, Bush - além de frio- é, principalmente diminuído mental e inculto!!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  33. *
    a dualidade
    da incerteza . . .
    ,
    Paixão e Crime
    ou
    Crime sem Castigo ?
    ,
    Receber o Nobel da Paz
    no dia em que envia 1.500
    militares para a Guerra,
    não lembra a ninguém,
    Lembra ao Pentágono, que é o
    verdadeiro Presidente Americano !
    ,
    conchinhas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  34. Estou sem voz!
    Como é possível isso?!
    Um abraço perplexo, companheiro.

    ResponderEliminar
  35. __________________________________

    Concordo... Creio que o autor do texto, não se referiu apenas à paixão amorosa, mas aos arrebatamentos que levam o homem a cometer atos nem sempre positivos. Penso que a paixão é um estado alterado de consciência e que pode sim, provocar atos violentos.

    Gostei da reflexão!


    Beijos de luz e o meu carinho!!!

    ______________________________

    ResponderEliminar
  36. A sua abordagem ao tema é muito semelhante à minha.

    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  37. Achoque esta fotografia só pode ser uma montagem. Ou não?


    Nini

    ResponderEliminar
  38. Se é montagem, não foi feita por moi, que não tenho saberes para tanto!

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  39. Agradeço a sua visita, sempre bem vinda, meu caro VIEIRA CALADO.

    Mas aqui, só escrevo semanalmente.

    No "são" é que normalmente existem sempre (mais) novidades.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  40. Hoje ofereci as cores da minha paleta
    A uma amiga na sua dor
    Ouvi seu choro ao meu ouvido
    No fatalismo do desamor

    Hoje o sono acordou-me
    A nostalgia agitou suas asas cinzentas
    Esqueci no acordar o ultimo abraço
    E contei as nuvens que eram tantas


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  41. Gostaria que comentasses o que aqui partilho.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  42. Mt legal a foto e a frase... e aprendi uma palavra BONOMIA !!!
    =D
    obrigada

    ResponderEliminar
  43. Amiga

    Há quem mate por paixão - chamam de doença!

    E há quem mostre a paixão, ao mesmo tempo que manda matar inocentes!

    Mas isso não intgressa nada...

    O mundo continua cego, surdo, e só não é totalmente mudo, porque ainda grita, quando lhe vão ás algibeiras!
    Só por isso!
    Não grita por cansaço de assistir a tanta falta de estructura moral/ética ou ausência de valores!

    E ainda dizem que a MÂE NATUREZA é madrasta!

    Abraço meu
    Sempre...
    MAriz

    Que fraca humanidade esta, não?

    ResponderEliminar
  44. Muito fraca e muito mal encaminhada, muito ignorante: que Deus a ilumine!

    Um abraço, Amiga.
    NAMASTÉ!

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...