MALTA

MALTA

domingo, 6 de maio de 2012

"O GRITO"


Este quadro foi pintado pelo norueguês Munch e vendido há dias por cento e vinte milhões de dólares norte-americanos, tornando-se assim o quadro mais caro de todos os tempos.

Francamente, considero completamente obsceno que se possa dispender esta fabulosa quantia por mero capricho.

É impossível que não haja aqui branqueamento de dinheiro proveniente de actividades ilegais: tráfico e escravatura de pessoas, drogas e armas.

Já para não focar o aspecto imoral de pessoas vivendo em condições degradantes ,sem oportunidades , morrendo de fome , enquanto criaturas se permitem esbanjar verbas astronómicas sem se importarem minimamente com os seus semelhantes.

Que tenhamos Luz!!

24 comentários:

  1. Concordo totalmente, São, e muito honestamente nem gosto do quadro!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Buenos dias Säo, cierto desde hace mucho que el Arte esta horriblemente prostituido y dirigido a estas practicas comerciales.
    Se que hay Artistas comprometidos y en todos los ramos del Arte, aunque lamentablemente somos pocos.
    Besos
    Jesus

    ResponderEliminar
  3. Completamente de acordo .

    Um beijo São ,
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Tens toda a razão: UMA AFRONTA!!!

    Bom domingo, MONA LISA.

    ResponderEliminar
  5. º°❤ Olá, amiga!
    °º✿

    E quem disse que há justiça na distribuição de bens??? Em lugar nenhum do planeta!...
    Boa semana!
    Beijinhos.
    Brasil

    ¸.•°`♥✿⊱╮
    °º✿ ¸.•°`

    ResponderEliminar
  6. Querida ANA, em primeiro lugar os meus parabéns pelo aniversário do blogue e sinceros votos de que siga com muito sucesso!

    O seu novo modelo não me deixou entrar o comentário e eu não consigo saber qual é o seu último post.


    Há um autor russo que diz uma coisa com a qual conordo de todo e que tem a ver com o facto de o único critério que ele aceita sobre obras de arte é se gosta ou não delas.

    Pois aqui entre nós, minha amiga, também lhe digo que nunca percebi porque se alucinam as pessoas por Guernica(Picasso), por este quadro e pela Gioconda (Leonardo da Vinci) -só por exemplo.

    Desejo-lhe um excelente domingo.

    ResponderEliminar
  7. Lamentavelmente poucos, dizes bem. Onde as canções de intervenção, por exemplo?

    Estmos todos a ficar pobres e calados.

    E lembrar que em vida , a maior parte destes artistas , cujas obras agora servem para lavagem de malfeitorias, passaram tão mal!

    Fuerte abrazo para ti e Encarna, amigo JESUS.

    ResponderEliminar
  8. Nem outra coisa esperava de ti, MARIA!

    Abraço forte.

    ResponderEliminar
  9. Querida INÊS, tem razão: não há justiça na distribuição de riqueza.


    Mas não tem que ser assim obrigatoriamente!

    Só a ganância dos homens leva a situações tão más quanto esta.

    Um excelente domingo, amiga minha.

    ResponderEliminar
  10. São, Querida

    Este Quadro, apelidado de "Grito", encaminha-nos para um grito de alguma revolta e inconformismo.
    Gritar pelo acto e pelos valores milionários, movimentados. Gritar pela injustiça criada por comparação inequívoca com a miséria de que não é visível a mesma publicidade.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Amigo meu, aho que sim, que "o grito" representa isso mesmo : o insuportável.

    E que o tapar os ouvidos significa a impossibilidade de ouvir tantas mentiras!!

    Um bom domingo

    ResponderEliminar
  12. Concordo com suas palavras. Acho um afronta isso.
    E o quadro nem é tão bonito.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Estamos em sintonia, linda. Nem o quedro é tão bonito assim nem nada existe que valha esta soma brutal enquanto pessoas sifrem de todas as carências!

    Bem haja!

    ResponderEliminar
  14. Sãozita
    Má gestão!
    Uns com tanto outros com pouco e até sem nada.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  15. Má gestão e muita . muita ganãncia e pouco, muito pouco respeito pelso outros, minha amiga.

    Bons sonhso, ADELInha

    ResponderEliminar
  16. Também acho...revolta.
    Mas, neste dia especial, deixo um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  17. É vergonhoso, não é?


    Minha amiga, no meu grato abraço desejo que este Dia lhe tenha sido bem mais feliz do que o meu.

    ResponderEliminar
  18. Estas são as verdades,que deviam ser ditas por todos os cantos do mundo. Como é que meia dúzia de riscos feitos por picasses ou "munchos"valem verdadeiras fortunas.
    Não me venham dizer a mim, que tudo está bem feito, só visto pelos olhos da ignorância...

    ResponderEliminar
  19. O que é belo na Arte,será para ver e sentir com alma.
    Também não concordo com estas "quantias loucas"!Isto é, o mundo do capital,valorizam a "coisa"e esquecem o ser humano.
    (Um dia saberemos valorizar o ser e não o ter".
    Um abraço grande para a São,desejando que esteja bem.
    Mariana

    ResponderEliminar
  20. A culpa nem é dos artistas, pois só dá o dinheiro quem quer.

    E há casos _ Van Gogh , por exemplo - em que vivem muito mal e depois existem uns oportuinistas que se servem do seu talenyo.


    Boa semana, JOSÉ.

    ResponderEliminar
  21. Amiga MARIANA, cpncotdo totalmente consigo: haverá um dia emq ue o Ser terá mais valor do que o Ter!!

    Um abraço grande para vós, com votos de feliz semana.

    ResponderEliminar
  22. Não é o meu estilo, e por uma coisa assim não dou nada.
    Pinto, desenho, mas nunca chegaria a copiar algo assim.
    Abraços de vida

    ResponderEliminar
  23. Também não é o meu estilo preferido de modo algum, mas mesmo pela Pietá ,de Miguel Ângelo; pelo quadro do fuzilamento, de Goya ; pela jovem da pérola de Vermeeyer, não daria uma quantia assim!!

    Bons sonhos, amigo.

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...