terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

POEMA DE XAVI


28 comentários:

  1. Muitro lindo,São! bjs, tudo de bom,boa noite!chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xavi é uma das pessoas que melhor escreve aqui na blogosfera....

      Abraços

      Eliminar
  2. LINDOOOOOOOOOO

    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como sempre o são os poemas de Xavi, Ci!

      Bons sonhos, rrss

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Estive hoje a ver um debate entre o Governo espanhol e a Oposição....bom, á única diferença era que estavam falando em castelhano!

      Bons sonhos

      Eliminar
  4. Sãozita passei apenas para deixar o meu beijinho e uma flor.

    Até breve. desculpa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida, desculpa de quê? Por favor...

      Agora tens só que fazer o teu luto. Verás que a dor vai atenuando com o tempo,...só que saudade vai aumentando!

      Abraço apertado, amiga , e também ao Rodrigo

      Eliminar
  5. Pergunto ao vento que passa,
    Notícias do meu país.
    E o vento cala a desgraça,
    O vento nada me diz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada lhe diz, para lhe evitar as lágrimas.Que é neste momento, o que aqui mais temos!

      Abraço desconsolado com o actual PREC( é o segundo que sofro ,e se o ourto não foi bom , este é pior ainda)

      Eliminar
  6. Ai, é mesmo "hacia el abismo"!
    Beijinhos e bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que no abismo já nós estamos...e , por isso, os suicídios diários estão em assustador crescendo. Mas ninguém fala nisso claro, só no pseudo milagre económico - quando Portugal está muito pior do que antes da entrada da Troika e o reformado de Boliqueime afirmava que os sacríficios têm limites!!

      Tudo de bom

      Eliminar
  7. Que agradáveis são as carícias e que lindo Poema !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando a brisa nos acaricia é tão bom, não é?

      Xavi tem poemas belíssimos...

      beijinho

      Eliminar
  8. Lindo poema.
    Espero que leve à outro lugar que não seja o abismo.
    Mas está difícil não flertar com ele.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que se passa com seu perfil, pois o Blogger diz não estar disponível ...pelo que não consigo aceder ao seu blogue!

      Xavi é um excelente poeta e com um humor muito particular.

      No abismo nós já estamos, parece que nos querem é enterrar em vida!!

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Acho que consegui colocar o meu perfil de volta. Aleluia!!!!!!
      Só ficou faltando a foto, mas vou providenciar.
      Um beijo.

      Eliminar
    3. Aleluia, sim, porque tudo está bem agora, rrsss

      Abraço grato e bons sonhos

      Eliminar
  9. Olá São

    Lindo poema.
    Obrigada pela partilha.

    Sobre o meu ANO SABÁTICO tenho a dizer que
    "nem tudo o que parece é"
    pois...

    Agora, o que poderei fazer para não desistir de viver - é tentar
    aproveitar da melhor forma este infortúnio que me estava destinado
    e para isso, ocupar o meu tempo com coisas que gosto.

    Fui ao cinema e deixo uma sugestão:

    Philomena Lee, a mulher que serviu de inspiração ao filme «Filomena», que relata a sua busca pelo filho que 50 anos antes uma instituição católica entregou a uma família de acolhimento, encontrou-se com o papa Francisco, no Vaticano....
    Philomena Lee, de 80 anos, participou na última quarta-feira numa cerimónia na praça de São Pedro e, no final,
    foi apresentada ao Papa Francisco.

    poderás ver mais no:
    http://tempolivremundo.blogspot.pt/
    mas se quiseres passar nos outros aqui vai:
    http://pensamentosimagens.blogspot.pt/
    http://momentos-perfeitos.blogspot.pt/

    Beijinhos
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Igreja Católica pode ser tão ou mais fundamentalista que os muçulmanos ainda hoje!

      Por essas e outras é que não estou ligada a nenhuma religião organizada e estruturada retrogradamente.

      Esperemos que Francisco não morra tão inesperada e convenientemente como João Paulo I !!

      Tudo de bom

      Eliminar
  10. Que o abismo permaneça onde está e que o vento continue a soprar boas ideias e atitudes em nossas mentes, para que prevaleça a razão, a fraternidade. Belo poema!
    Não conhecia o autor. Um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que assim seja, Claudinha!

      Mas não me parece que a nossa vontade se cumpra, pois estou a ver demasiada convulsão no mundo e Portugal está a ser destruído deliberadamente.

      Xavi costuma comentar aqui como "Toro Salvage" e eu já tenho publicado outros poemas dele.

      beijinhos, querida

      Eliminar
  11. Maravilhoso poema!
    Gostei demais!
    Depois de um tempinho ausente, aqui estou.
    Um abraço com muito carinho, e ótima semana!
    Beijos grande!(•̃‿•̃)ღ ✽ ღ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço por mim e por Xavi o apreço!

      Ora que bom tê-la aqui de novo, rrss

      Bons sonhos e serena semana

      Eliminar
  12. Amiga São o poema é mesmo uma carícia de palavras.

    Vai desculpar a minha ignorância mas não conheço o poeta.

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que lhe agradou.

      Acho que conhece o poeta, porque tanto aqui como no outro blogue tenho publicado já bastantes poemas dele.

      Beijinhos e bons sonhos, amiga

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...