terça-feira, 10 de abril de 2012

POESIA : AUGUSTO GIL


14 comentários:

  1. São, amei TODAS as postagens!!!
    Os poemas, as fotos queme fazem ter saudade de lugares que não visitei...
    Abraço, amiga!

    ResponderEliminar
  2. O meu agradecido abraço, minha linda.

    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  3. O simples, geralmente, é sempre uma beleza, não é?

    Um apertado abraço, Isabelinha.

    ResponderEliminar
  4. São
    Este poema é tão lindo que fiquei encantada!
    com amizade e carinho de Monica

    ResponderEliminar
  5. Folgo com esse agrado, RAÍNHA!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Querida MÒNICA, Augusto Gil é um poeta que admiro por causa da sua capacidade de dizr coisas muito bonitas de maneira simples

    Abraço cheio de carinho

    ResponderEliminar
  7. E nem são precisas grandes elaborações....

    Beijos. amiga

    ResponderEliminar
  8. Bolas São, adoro este novo estilo! faz realçar as escolhas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. E que bom foi chegar e revisitar toda a poesia linda, suave, doce de Augusto Gil
    Sabes? Soube a Páscoa ainda!
    Alegria na harmonia!
    Gostei MESMO!
    Beijinho, São

    ResponderEliminar
  10. Obrigada, ainda bem que lhe agrada, LILÁ!

    Beijinhos , muitos

    ResponderEliminar
  11. Olá, MANELA!

    Fico contente e grata pelo apreço, rrss

    Bons sonhos, amiga

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...