quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Eduardo Galeano - El Derecho al Delirio


16 comentários:

  1. Ô dona menina! kkk Que porreta, muito bom!

    Utopicamente escrevendo serve para caminhar, então, caminhemos...kkkkk

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  2. Sonhar vale sempre a pena, mesmo que a linha do horizonte nos afaste cada vez mais.
    Beijinho São

    ResponderEliminar
  3. Direito ilimitados como dizia o George Carlin.
    Para não passarem a ser privilégios e não direitos

    ResponderEliminar

  4. Muito bom, São!
    Descobri o que faço aqui!

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem, Laura, ainda bem!

    Grato abraço.

    ResponderEliminar
  6. Penso que os direitos devem ser iguais para toda a gente assim como as oportunidades.

    Bom dia, PEDRO

    ResponderEliminar
  7. Sem sonhos nem esperança a Vida seria um deserto imenso e terrível.

    Um grande abraço amigo, KIM

    ResponderEliminar
  8. Viva a utopia !

    Só temos que caminhar e ur cada vez mais linge, né?

    SIBARITA, para si, abraço amigo.

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde

    A vida é um caminhar constante

    Fique feliz
    ***********
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Mi muy querida amiga Sao.

    La frase " Si no nos dejais sonar, no os dejaremos dormir", es una clara indicación de que el callar no necesariamente arregla las situaciones.

    Un abrazo grande.

    ResponderEliminar
  11. Olá, boa tarde.

    A Vida, é um desafiar de teses. são, as consequências, desse desafisar, que chamamos, de Direito.
    Gostei da postagem.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  12. Vamos trilhando o nosso caminho e sempre defendendo os nossos direitos, é assim que tem de ser!

    ResponderEliminar
  13. Por muito que nos custe e por muito que nos dificultem o caminho só temos que seguir adiante e lutar palões nossos direitos!

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  14. Bem vindo , JOSÉ MARIA!

    A Vida é algo que , em muito, depende da nossa capacidade de sonhar e de lutar...

    <grato abraço

    ResponderEliminar
  15. Assim é , RICARDO.
    Temos mesmo que avançar!


    Está complicado comentar no seu blogue.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  16. Estimado amigo, , existe uma história zen sobre o silêncio e os equívocos que pode provocar que eu sempre utilizava nas minhas acções formativas e que mostra que o silêncio não resolve nada...

    Besos, querido RICARDO

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...