MALTA

MALTA

sábado, 24 de agosto de 2013

POEMA : JOÃO DE DEUS


22 comentários:

  1. Muito lindo! Belo fim de semana,beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. João de DEus foi um intelectual muito prestigiado ainda em vida e criou a famosa Cartilha Maternal.


    A minha licenciatura em Educação de Infância foi tirada na Escola Superior de Educação João de DEus e tive como professora Maria da Luz, sua neta.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia

    LINDISSIMO

    Bom fim de semana
    Abraço
    *******************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. João de DEus foi um excelente poeta, sim!

    Ricardo, por favor, que se passa com o seu blogue? É que eu fui parar a um outro que nem tem sítio para comentar.

    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Visitando aqui pela primeira vez... bonita mensagem... se gostas de gatinhos vem conhecer meu blog... beijos na pontinha do nariz.

    ResponderEliminar
  6. Bem vinda!

    Claro que gosto de gatos, rrss

    Saudações ronronadas

    ResponderEliminar
  7. Sãoamiga

    João de Deus foi um poeta a quem alguns "críticos literários" apelidaram de menor...

    Não acho. Foi o que foi - e está tudo dito. E, entretanto, concordo contigo: para mim a sua maior obra foi a Cartilha Maternal pela qual aprendi a ler e a escrever.

    O seu método silábico ainda hoje é considerado excelente para a época. Penso até que muito boa gente que por aí anda a bolsar asneiras escrevinhadas e oraladas (gosto de inventar palavras) o devia usar...

    E se mais não fora, bastava ver o Jardim Escola João de Deus, ali à Pedro Álvares Cabral, que também não é perfeito... Vejam-se os engarrafamentos que os papás e as mamãs originam quando levam ou trazem os respectivos crianços...

    Qjs

    Henrique
    _________

    Há séculos que não vais à nossa Travessa... Estás zangada comigo? Tratei-te mal? Insultei-te? Penso que não...

    ResponderEliminar
  8. João de DEus foi um ser humano sensível, que ainda assim -mesmo apelidado de poeta menor - foi aclamado em vida, coisa raríssima em Portugal(onde só depois de mortas e/ou reconhecidas no estrangeiro se lembram da sua existência).

    Concordo de todo: seria bom que muitas das criaturas andantes tivessem aprendido pelo Método João de DEus.

    Não comentei nada na Travessa, porque gosto de saber que sentes a minha falta, rrrsss

    Abraço apertado

    ResponderEliminar
  9. Sí, totalmente!

    Bom fim de semana, TORO

    ResponderEliminar
  10. É isso São! A vida é folha que cai!
    Só é pena que não lhe demos o devido valor enquanto podemos.
    Felizmente que eu tenho sido um homem muito feliz e, apesar das maleitas que vão aparecendo, espero continuar a sê-lo mais uns anos.
    Aprendi cedo a resolver um problema de cada vez. Este é apenas mais um para ultrapassar.
    Muito obrigado pela tua preocupação.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Una belleza la poesía y el nuevo look del blog.
    Besos , amiga !

    ResponderEliminar
  12. Mais um dos nossos excelentes poetas!
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Lindo Sãozita, um grande poeta.
    Bom domingo querida

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  14. Adorei recordar tão magnífico poema!

    A descrição ,correcta, da vida!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. KIM, pois tens razão: só damos real valor àquilo que temos por adquirido, por vezes , tarde demais.

    Espero sinceramente que te recomponhas de maneira rápida e definitiva.

    Podes contar com a minha solidariedade e nada tens a agradecer,meu amigo.

    ResponderEliminar
  16. És um ser humano muito generoso, meu estimado RODOLFO.

    O meu grato beijo , com votos de semana feliz.

    ResponderEliminar
  17. João de DEus teve a sorte de ser reconhecido ainda em vida!

    Tudo de bom, LILÁ.

    ResponderEliminar
  18. Há quem o considere um poeta que não é dos melhores, sabes?


    Mas teve uma ideia brilhante, especialmente para a época, a Cartilha Maternal.

    Um bom domingo, ADELINHA

    ResponderEliminar
  19. Para mim, também . A vida é aquilo mesmo...ou , então, a definição de um chefe índio norte-americano.

    Bom domingo, LISA

    ResponderEliminar
  20. Porreta! kkk
    A vida é isso mais aquilo do viver na corda bamba dos dias... kkkk

    Belo poema!

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  21. Viver na corda bamba, sim...mas só para algumas pessoas, pois outras estão bem instaladas em confortáveis poltronas, né?

    Beijinhos, rrrss

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...