terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A responsabilidade será nossa




Se depois de tudo o que está a ser exigido sem que haja preocupação por ninguém, senão pelos mais ricos, a culpa será nossa se for reeleito!!

Que a vossa Terça-Feira Gorda, também sonegada pelo Governo, seja divertida  - na medida em que sempre se pode boicotar decisões tolas.

20 comentários:

  1. Sãozita
    Um resto de tarde de terça feira feliz.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  2. No meú grande abraço, agradeço e retribuo, linda

    ResponderEliminar
  3. Querida São, eu como incorri num erro tão grave em deixá-la de fora na atribuição do selo, que sei que gosta tanto, venho aqui redimir-me: tem um desafio para si, lá na Turista! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. NELA, eu é que peço desculpa por não me ter feito perceber; estava a sério.

    Não gosto de responder a questões , quando muito só a tentar adivinhar cidades, pessoas.

    Bons sonhos.

    ResponderEliminar
  5. Óh São reeleito ?
    Aí sou eu que emigro , não só por ele mas , sobretudo , para não viver no mesmo país que os que reelegerem .

    Um beijo ,
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Pois eu defendo só um mandato ! - e que nele mostre-se a que veio. Volto de férias e deixo um bj do sul do Brasil

    ResponderEliminar
  7. Querida sao,

    La verdera responsabilidad arranca hacia uno mismo.

    Un beso fraternal,

    ResponderEliminar
  8. Bom dia!
    (⁀‵⁀,)
    ¸`⋎´
    ¸.•°`♥
    Beijinhos.
    Brasil

    ResponderEliminar
  9. Sem dúvida, a responsabilidade é sempre nossa quando podemos exercer o livre arbítrio, meu caro amigo.

    Beijo-te com muita amistad, RICARDO

    ResponderEliminar
  10. *
    querida amiga,
    vou esquecer o passos,mas voltarei.
    ,
    opino o teu blog colectivo, eis:
    ,
    há ... estou azul !
    que se passa com esta espanholada ?
    que sejas feliz, eu tenho mais estima, pelo triangulo, Galiza, País Basco e Catalunha,
    porém em tua honra, curvo-me á tua Castela . hehehehe !
    ,
    olha,
    já “dissuarrealizei” as minhas palavras,
    podes entrar nesta minha casa
    sem mais estorvos !
    ,
    conchinhas á Espanhola, ficam,
    *
    *

    ResponderEliminar
  11. Tens razão São,mas a responsabilidade foi nossa , nos anteriores, no atual e no que a seguir virá.
    E nada vai mudar. Não cuides tu de ti e todos te ignorarão.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Ah, o boicote veio à rua, mas esperemos que quando chegar a altura de sermos novamente chamados às urnas, os portugueses não tenham comido muito queijo! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  13. Olá São,
    Há gente que não disfarça.
    As pessoas é que esquecem!
    Obrigada pela sua companhia
    Bji

    ResponderEliminar
  14. Se isso acontecer e porque penso igual, vamos as duas , MARIA.

    Bom dia

    ResponderEliminar
  15. Caro Ivancezar, bom regresso lhe desejo.

    Para a Presid~encia da República também defendo um só mandato, sem dúvida.

    Só que Passos é Primeiro-Ministro e aí não é possível limitação de mandatos...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  16. Meu bem, desculpa, mas eu não consigo perceber o que queres dizer com a espanholada!

    E gosto mais da Catalunha , da Andaluzia e da Galiza do que de Castela.

    E cá fico esperando sempre as tuas agradabilissima notícias, amigo POETA

    ResponderEliminar
  17. Sim, eu sempre digo que quem vota vota em quem quer e tem essa responsabilidade e quem não vota tem também responsabilidade de deixar nas mãos de outrém o destino colectivo e, consequentemente, nem sequer tem o direito de protestar!

    Um abraço grande , amigo, desejando que te animes, pois me pareces triste, KIM.

    ResponderEliminar
  18. Bem vinda, TETÉ!

    Nessa altura, acho que nem dinheiro para comer queijo terão, mas oiderá haver efeitos retardados...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  19. Bem vinda é e será , MANUELA.

    Algumas esquecem-se e outras ignoram.

    Devemos estar com atenção ao futuro!

    Um abraço

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...