MALTA

MALTA

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

CABO VERDE :SANTO ANTÂO


Atravessando o Mar di Canal numa viagem de uma hora entre Mindelo (S.Vicente) e a ilha de Santo Antão: dá para enjoar, mesmo com o mar calmo!

Panorâmica já do cimo da montanha, numa ascensão brusca da planície para uma elevada altitude, pois Santo Antão é de origem vulcânica recente...
 
onde existem vales profundos habitados...
 

e cercados por crateras impressionantes onde se podem ver vários estratos de material geológico .



A senhora cabo-verdiana fumava calmamente o seu cachimbo e deixou-se fotografar, mas em certo momento achou demasiado e acabou com a sessão fotográfica.
.
 
Seguimos depois para um trapiche onde se fabrica o tradicional grogue, de que tive a infeliz ideia de comprar uma garrafa....



porque com a sinuosa costa da Santo Antão e más estradas,


não obstante, ser o celeiro do arquipélago, como este vale testemunha,

ao subirmos até à povoação quase incontactável das Fontainhas...
 
de casas equilibradas por milagre ...



em estreitos socalcos ...

à beira do abismo, a garrafa  partiu-se e nem imaginam o pivete na carrinha!!
Regressámos de novo em carrossel por montanhas e vales...

 
o que me fez chegar completamente surda, mas satisfeita, ao Mindelo.

48 comentários:

  1. Maravilhoso lugar e adorei as casinhas,parecem coladas,rs Lindo! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Uau!!!
    Acabei de chegr de uma linda viagem com essas fotos e com vc!
    Lindo lugar, legais os comentários, tudo muito aconchegante e maravilhoso.
    Amando estar aqui com vc!!
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  3. Sim, antes que o destruam: Santa Maria , no Sal, já deve estar toda descaracterizada.

    Bem haja, PÉROLA!

    ResponderEliminar
  4. A ilha é muito bonita e estava (não sei se ainda estará) em estado quase virgem.

    Ir até às Fontainhas é uma experiência inesquecível: não sei com as pessoas conseguem viver ali, naquela casinhas que - como bem diz - parecem ci«oladas.

    Beijinhos, CHICA

    ResponderEliminar
  5. Reflectindo ainda em seu texto, lhe deixo um grato beijo, RITINHA.

    ResponderEliminar
  6. Imagino que o passeio tenha sido maravilhoso
    As imagens são fantásticas

    Deixo um abraço
    ****************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Foi mesmo e se puder irei ainda conhecer as restantes ilhas de Cabo Verde...pois são todas diferentes, a do Sal é o oposto desta.

    Seja feliz!

    ResponderEliminar
  8. Qué bonito!!!
    Quizás algún día vaya.

    Besos.

    ResponderEliminar
  9. Pois que sim...e em boa companhia!

    Abrazos.

    ResponderEliminar
  10. Que maravilha!

    Não conheço Cabo Verde!

    Adorei o vale com as casinhas.

    Obrigada pela viagem que me proporcionaste através das tuas belíssimas fotos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Taí um lugar que eu não conhecia e achei muito interessante.As fotos muito bem tiradas por sinal,deram a conhecer a belezura do lugar.Meu abraço.SU

    ResponderEliminar
  12. Excelente viagem amiga, adorei acompanhar-te.
    Belissimo Sãozita


    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  13. Há aqui em Macau uma numerosa comunidade cabo-verdiana.
    Alguns com muitos, muitos anos de permanência em Macau.
    Graças a eles, de quando em vez,. há aqui alguns eventos (arte, culinária) ligados a Cabo-Verde.
    Acontece com todos os países de expressão portuguesa.
    E cada vez mais.
    Por vontade expressa da China nesse sentido.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. Qué luz más bella la de esa tierra.
    Besos, querida amiga.

    ResponderEliminar

  15. Mas que bela reportagem!

    Lugares de deslumbramento.

    Um beijo

    ResponderEliminar

  16. Fartei-me de rir com a descrição das peripécias do sobe e desce e também a imaginar o cheiro que terá ficado. :))

    Beijo e bom fim de semana.

    Laura

    ResponderEliminar
  17. Minha querida

    Deve ser mesmo um verdadeiro Paraíso ainda por desbravar. Adorei as fotos.

    Um beijinho com carinho e bom fim de semana.
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  18. Que viagem atribulada mas emocionante amiga São.

    beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  19. Uau!! Que lugar exótico! E saber que pessoas vivem em lugares de tão difícil acesso. Gostava de saber sobre os hotéis, São!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  20. Sãoamiga

    Hoje sou eu que assino na nossa um texto intitulado Sermão do Lázaro. Aviso desde já que ele não deve ser lido por damas, meninas, solteiras, casadas ou viúvas, cavalheiros com menos de 98 anos e máximo 99, integrados na ordem democrática vigente, e com sólida formação moral e cívica. Aqui deixo um excerto.

    Teodósio acordou rouco. Rouco? Rouquíssimo. E o sermão? Nisto meditava quando se dirigia à igreja paroquial e por isso disse com decibéis negativos ao sacristão Jaquim. Como iria ser? Ninguém o entenderia com aquele falar roufenho. Uma desgraça!

    Qjs

    Henrique

    /////////////

    NB – Este texto já saiu na Zorra da Boavista e no Ler, escrever e viver… Um homem não chega para tudo. Tende piedade…

    ResponderEliminar
  21. Mas que maravilha de imagens! deve ter sido uma experiência única!
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Ei sua menina! kkk Que beleza de fotos e paraíso, oi que bom! kkkk

    Deve ser um lugar muito do gostoso... kkk

    Obrigado por compratilhar com seus leitores esse aprazível lugar, Cabo Verde, quiçá um dia eu possa conhecer!

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  23. Olá São; excelentes fotografias de belos lugares....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  24. Ah, como é fácil viajar por estas fotos de tuas incursões, minha cara... Idílico! Parabéns pelas fotos e pelo divertido diário: meu abraço e apareça!

    ResponderEliminar
  25. Meu grato abraço pelo apreço, Mas desta feita as fotos não são minhas, porque na altura eu ainda não tinha máquina digital...

    Acabei de chegar de sua romântica ilha, rrrs

    ResponderEliminar
  26. Obrigada CHANA, em nome de que tirou as fitos, que não fui eu...
    Abraços

    ResponderEliminar
  27. Boa nova, essa da vontade expressa da China.

    A gastronomia cabo-verdiana agrada-me muito e as pessoas são muito calorosas.

    Além disso ,é um povo bonito, no geral: algumas pessoas têm olhos verdes e o tom de pele é sempre mais mate do que escuro.

    As paisagens são de início do mundo. Neste momento, porém Santa Maria, no Sal, já deve estar toda estragada pelas urbanizações que estavam em início quando lá fui em 2006.

    Boa semana, PEDRO

    ResponderEliminar
  28. E eu adorei que viesses comigo, pois a é sempre bom viajar com quem sabe apreciar.

    Beijinhos, ADELIN HA

    ResponderEliminar
  29. Cabo VErde é um arquipélago cujas ilhas são todas diferentes e que as fotos aqui partilhadas conseguiram captar bem , sim.

    Agradeço em nome da amiga que as tirou, popis - ao contrário do habitual - estas não ~foram tiradas por mim.

    Um abraço de boas vindas, SUZANE!

    ResponderEliminar
  30. Santo Antão é verdadeiramente espectacular e ainda muito pouco explorada, o que é muito bom.

    Em nome de quem tirou a fotos, o meu reconhecido beijo, LISa.

    ResponderEliminar
  31. Belíssimas reportagem desse lugar lindo que até fiquei com vontade de conhecer graças as suas excelentes imagens. Abraço

    ResponderEliminar
  32. Uma hora de barco, São, realmente é muito tempo. Mas como compensa, amiga! Lindas fotos, lindo lugar. Boa semana. fica bem.

    ResponderEliminar
  33. Compensa, sim.

    Até porque vi um peixe-voador a planar sobre ó oceano azul durantes largos minutos: experiência inesquecível!

    Contrariamente ao que é usual , estas fotos não foram tiradas por mim, rrss

    Amigo querido, bem hajas!

    ResponderEliminar
  34. Uma excelente descrição,bem acompanhada de belas imagens. Quanto à garrafa eu calculo mais ou menos o que terá sido isso. Em tempos meu pai fazia vinho e do bagaço final fazia aguardente.
    Um ano, ora deixe cá ver, o Pedro tinha 6 anos, el fez 33, portanto há 27 anos atrás, Nós fomos passar férias a S. Pedro do Sul. E meu pai pediu-me para eu levar uma garrafa de vinho e outra de aguardente para oferecer a um cunhado que vivia em S. Pedro. Ora nós fomos de comboio até Aveiro e depois apanhámos uma camioneta que ia de Aveiro a Viseu e que passava por Águeda e atravesava a serra do Caramulonum trajecto que levou na altura 4 horas até S. Pedro do Sul.
    Era um tal de sobe e desce de curva e contra curva que antes de chegar a S. Pedro a garrafa de aguardente se partiu e era um tal pivete na camioneta que já estava quase tudo grogue. Numa povoaçã que já não lembro o nome, o motorista teve de parar e pedir uns baldes de agua para lavar a camioneta, não fosse alguém acabar por se sentir mal.
    Um abraço e resto de boas férias

    ResponderEliminar
  35. Cabo Verde é um lugar de paisagens diferentes consoante as ilhas ( estive em Sal, S. Vicente, Santo Antão e Santiago)e tem lugares de início do mundo...

    Grato abraço pelo apreço,TOSSAN, só que desta vez as fotos não fui eu que as tirei, rrss

    ResponderEliminar
  36. O pior é que quando entrei. com o resto do grupo, e vi a garrafa escavacada , peguei nela e paralisei...um dos jovens é que ma pediu e atirou-a para a ravina. E o cheiro, não houve solução senão aguentá-lo, mesmo de janelas todas abertas, rrss!

    Abraço grato, porém as férias este ano não tive e estas fotos não as tirei, rrss

    ResponderEliminar
  37. SIBARITA, pois que conheça e em boa companhia, rrss

    Mas se prepare: as ilhas não são todas iguais .

    Vou ainda colocar aqui fotos de Sal e verá o oposto.

    Abraço grande e agradeço pela pessoa que tirou as fotos.

    ResponderEliminar
  38. Estes lugares ainda preservados de turismo massivo são sempre inolvidáveis...

    LILÁ, em nome de quem tirou as ftos o meu beijo de agradecimento.

    ResponderEliminar
  39. Caro HENRIQUE, se não te for muito incómodo, gostaria de que comentasses os meus posts e podes estar à vontade para criticar , se for o caso, rrss

    Fica bem.

    ResponderEliminar
  40. LUMA, Fontainhas é algo de incrível: não sei como pessoas vivem ali, francamente.

    Em Santo ANtão, quanto a Hotéis não posso dar informações, pois visitei a ilha num só dia. Até porque para atravessá-la em largura, os guias recusam a não pernoitar, dada a péssima qualidade da estrada.´Pelo que só a atravessamos em altura.

    Eu e aminha amiga escolhemos , na agência de viagens, hotéis de quatro estrelas e ficámos satisfeitas. Principalmente na ilha de Santiago.

    Boa semana

    ResponderEliminar
  41. Bem vinda, FÊ!

    Pode mesmo dizer: quando comecei a subir para as Fontainhas, embora não seja nada medrosa comecei a ficar apreensiva e piorou quando tivemos que fazer a manobra de regresso!!

    Noite repousada, minha amiga

    ResponderEliminar
  42. ROSINHA, esta ilha é realmente muito pura ainda , quase intocada...e isso lhe dá encanto.

    Pena não podermos pernoitar para a conhecer melhor.

    Reconhecido beijo pelo apreço , só que estas fotos não foram tiradas por mim, rrss

    ResponderEliminar
  43. rrsss e não viste tu o meu estarrecimento sem saber o que fazer , o que levou um dos jovens (aquilo era um grupo aberto) a dizer-me "Minha senhora, dê cá" e quase me tirou aquilo e atirou tudo para a falésia...

    POrque, ainda assim, a sorte foi a garrafa estar embrulhada em papel dentro de um saco de plástico, senão seria pior ainda, rrss

    Que tu e a tua menina tenham um dia muitoooooo feliz, rrss

    ResponderEliminar
  44. Grato abraço, LÍDIA, rrrss

    Bem haja!

    ResponderEliminar
  45. Concordo, meu querido amigo.

    E há recantos que parecem intocados completamente...

    Besos, PEDRO

    ResponderEliminar
  46. Não conheço, mas confesso que adorei a "viagem".

    Obrigado pela partilha.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  47. Venha espreitar de vez em quando , porque vou oferecer mais viagens por outras ilhas, rrss

    Grato abraço

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...