segunda-feira, 11 de novembro de 2013

POEMA - ANA TAPADAS


36 comentários:

  1. Poesia linda! Desejo uma semana assim: linda,bem colorida!
    beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Gostei! Linda poesia

    Beijo e uma excelente semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Bela escolha, São! Como sempre, aliás. :) Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  4. Espero bem que sim, porque senão estamos a ir em marcha acelerada para o fim.


    Boa semana, Rosa.

    ResponderEliminar
  5. Grato abraço , SWAMI!

    No teu blogue quis dizer , e mantenho, que não tem mal alegrar-nos com as nossas capacidades, rrrss

    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  6. Grato beijo em nome da minha amiga Ana, rrss

    Bom S. Martinho, CIDÁLIA

    ResponderEliminar
  7. Beijinhos com muita gratidão, CHICA.

    Bem haja!

    ResponderEliminar
  8. Há tanta gente de qualidade que desconhecemos, não é?


    Uma boa semana, VERA

    ResponderEliminar
  9. Como sabes, não sou grande fã de poesia, mas gosto (quase) sempre dos poemas da Ana que nos vais trazendo por aqui e também acolá.

    ResponderEliminar
  10. Gosto de poesia, amigo meu, mas principalmente de poemas que , breves, tenham profundidade...como é o caso da Ana.

    Bom S- Martinho, rrss

    ResponderEliminar
  11. Um "nada" não teria gostado, viu?

    Beijinhos, DIANA

    ResponderEliminar
  12. Lo que he entendido me ha gustado...

    Besos.

    ResponderEliminar
  13. Levo sempre, de um poema
    algo que aprenda

    Aqui, todos os versos são necessários

    ResponderEliminar
  14. SÃO,

    ainda tentando puxar o ar tão rarefeito de emoções que senti, ao deparar-me com o seu desejo aos seus seguidores de um bom fim de semana e ali colocando O TRENZINHO CAIPIRA de HEITOR VILLA lOBO,aqui salta aos olhos a pátria.

    Pátria sua São, atualmente maltratada pela injunções econômicas que assola toda Europa e meu Brasil, um dia descoberto por vocês e que, parece, estar agora dando certo!

    Lindíssimo poema e para tanto sentimento de amor,deixo aqui registrado esse:

    "Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
    E ainda que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
    E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
    O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso: o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
    Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
    Não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade;
    tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

    I Corintios 13: 1 ao 7 "

    Um abração carioca e receba todo meu afeto.

    ResponderEliminar
  15. Lindo !

    obrigada pela partilha .

    Um abraço e boa semana , São ,
    Maria

    ResponderEliminar
  16. Temos que nos levantar e seguir em frente.Há motivos mais que suficientes para a desilusão, mas que seria de nós se perdessemos a esperança? Há que lutar! Beijinhos e obrigada pela partilha. Parabéns à tua amiga!

    ResponderEliminar
  17. Obrigada a todos e um abraço muito especial e fraterno à São, minha querida amiga, que...me sobrevaloriza.


    Beijo, outro.

    ResponderEliminar

  18. A arte, um reflexo da realidade, transfigurado.

    Lídia

    ResponderEliminar
  19. Bom lembrar da poeta Ana Tapadas_ que leio pouco mas me instiga pesquisá-la mais,
    boa semana São

    ResponderEliminar
  20. Excelente escolha Sãozita, adorei!

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  21. Minha querida

    Lindo e profundo este poema da Ana, que eu adoro.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  22. Há muita gente com valor que é desconhecida enquanto outra , que nem por isso, está na boca de muita gente, Pedro...

    ResponderEliminar
  23. ROSINHA, pois... a Ana tem poemas lindos.

    Aliás, também gosto da sua poesia. Mas atraem-me muito poemas que em poucas palavras conseguem transmitir imenso.

    Por esse motivo, aprecio muito o género japonês Haiku.

    Beijinhos, linda

    ResponderEliminar
  24. Grato abraço meu e da Ana, minha linda-

    E cura-te depressa, Adelinha!

    ResponderEliminar
  25. Olá, LIS!


    Aquilo que a Ana escreve sempre vale a pena.

    Abraço para si

    Ainda: gosto muito da sua nova foto!

    ResponderEliminar
  26. A minha amiga Ana é alguém que escreve muito bem e tem enorme sensibilidade.

    Bem hajas, TORO!

    ResponderEliminar
  27. Um poema pode ser de luta sem ser panfletário, coisa que jamais me agradou...

    Bons sonhos, ROGÉRIO

    ResponderEliminar
  28. Querido PAULO, comovida, lhe agradeço este belíssimo comentário tão profundo e tão terno.

    Bem haja!!

    ResponderEliminar
  29. MARIA, abraço grato por mim e pela minha amiga Ana, rrss

    Dorme bem

    ResponderEliminar
  30. EMÍLIA, só temos mesmo que lutar e oferecer resistência, para que pelo menos não nos vençam facilmente!!

    Grato abraço de nós duas, rrss

    ResponderEliminar
  31. ANINHAS, não te sobrevalorizo nada, admiro-te . O que é diferente e tu mereces...

    Abraço fraterno agradecido e correspondido, linda!

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...