MALTA

MALTA

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

CITAÇÂO - BISPO DA GUARDA


12 comentários:

  1. Vale a pena ler o comentário de Frei Bento Domingues à mensagem de Francisco que hoje publico.
    Uma economia que mata não é aceitável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Frei Bento Domingues, que já tive o gosto de ouvir pessoalmente ( num encontro sobre religião , em companhia de Mário Soares e Moisés espírito Santo) é alguém inteligente e com liberdade de expressar o que pensa.

      Gostei de lê-lo no seu blogue, obrigada-

      Tudo de bom

      Eliminar
  2. Mas não foram apenas e só os bancos...muitos mamaram à fartazana e o produto do roubo foi para contas no estrangeiro...ofshores ...etc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo por isso que não peço facturas: só o farei quando acabarem com offshores e afins !

      SE quiser comentar a foto colocada por mim no "Retales Visuales", agradeço.

      Bom dia.

      Eliminar
  3. Pois!!

    Passo para desejar um bom dia

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria bom que Clemente, Patriarca de Lisboa, seguisse o exemplo do Bispo da Guarda !!

      Bom dia, linda

      Eliminar
  4. Bom dia amiga São!!!
    Nestas situações sempre os menos favorecidos sofrem mais.
    Feliz e Abençoado Dia!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderEliminar
  5. Viva, Bia!

    Infelizmente, assim é.

    Grato abraço, retribuindo os votos de excelente dia, amiga

    ResponderEliminar
  6. A Igreja sempre gostou do poder temporal.
    É histórico.
    Talvez deva, tenho dúvidas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Igreja sempre gostou do Poder em todas as suas formas,,,

      Durma serenamente, sim?

      Eliminar
  7. O Bispo da Guarda ainda sonha!!!

    Os ricos continuarão a ser ricos e intocáveis!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos, enquanto a impunidade e a promiscuidade reinarem livremente, como actualmente acontece em Portugal!!

      Abraço grande

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...