MALTA

MALTA

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

POEMA - ANTERO DE QUENTAL


18 comentários:

  1. Bom dia São!

    Não quero concordar, embora saiba que é verdade! Tenho medo. lol

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para Antero foi mesmo: suicidou-se em Ponta DElgada, S. Miguel.

      Não tenho medo da morte em si, mas sim - e muito - do sofrimento.

      Minha linda, tenha bom dia.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Para Antero , foi pois se matou. Para mim, talvez o seja face a certas situações.

      Abraços

      Eliminar
  3. E por isso a abraçou de livre vontade!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim!

      Foi coerente, sem dúvida.

      Bom serão.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. De acordo.

      Mas em determinadas situações, eu - pessoalmente - prefiro a morte!

      Abrazos, amigo mio.

      Eliminar
  5. Face ao anterior conteúdo do soneto não concordo nada com o Antero!
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que ele foi coerente com a conclusão do soneto...lá isso foi, porque se matou mesmo.

      Abraços

      Eliminar
  6. Pois, eu prefiro a vida.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for uma vida com qualidade, também a prefiro à morte, rrss

      Abraço grande, amiga

      Eliminar
  7. Estive diante dela São, várias vezes... Venci!
    Prefiro a VIDA! Com todo respeito a Antero de Quental e a você!
    Beijos e que a vida lhe sorria sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi muito bom tê-la vencido , Claudinha, e fico contente com tê-la aqui com qualidade de vida .

      Também prefiro viver, embora a minha vida nunca tivesse sido fácil nem nada me chegasse de mão beijada, mas prefiro indubitavelmente a morte ao sofrimento, à dependência, à falta de qualidade de estar viva!

      Seja sempre feliz e que nunca mais passe por tão dura experiência!

      Eliminar
  8. Antero é um pensador e um poeta que muito aprecio.
    Essa ideia, transmitida já doente faz aquele sentido que sabemos: vida sem qualidade é não-vida...

    beijo grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Total sintonia outra vez, Ana.

      Viver só tem sentido quando se está bem , caso contrário não vale a pena.Mesmo!

      Noite serena

      Eliminar
  9. Para o AQ foi uma opção.
    Pessoalmente prefiro a VIDA, pelo menos até hoje, aqui e agora, porque amanhã... é sempre uma incógnita.

    Tudo de bom.

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Permite que assine o seu lúcido comentário, Alberto?

      Bom serão

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...