domingo, 6 de abril de 2014

POLÓNIA : SANTUÁRIO DA VIRGEM NEGRA ** EM CZESTOCHOWA

Saímos muito cedo do hotel em Varsóvia,
seguindo directamente para ...
a cidade de Czestochowa...
para visitarmos um santuário tão importante para os crentes  polacos como o de Fátima em Portugal:
o da Virgem Negra, que é um ícone , e não uma escultura.
O padre polaco responsável pelo grupo(que  deve ter vocação para tudo, exceptuando sacerdócio) colocando a bandeira portuguesa na mochila de Yvonna , a nossa simpática guia.


A devoção  por esta imagem é tão grande que se fazem peregrinações a pé desde Varsóvia, a capital do país.




Após a visita ao Santuário, de que aqui deixo vários aspectos, 

seguimos para Oswiecim ( internacionalmente conhecido pelo seu nome alemão: Auschwitz),
onde almoçámos comida típica...
antes de visitarmos o complexo de Auschwitz-Birkenau, constituído por três campos(dos quais não restam vestígios do  mais pequeno , destinado a trabalho escravo).


**Como sabem, as Virgens Negras são imagens da deusa egípcia Ísis, tendo ao colo seu filho Hórus. Com o advento do cristianismo, a Igreja transformou-as em Maria e Jesus. Existem várias na Europa.

36 comentários:

  1. Que lindo passeio, bem aproveitado e aqui compartilhado com lindas fotos! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O passeio foi bonito e em Varsóvia vivi um dos momentos mais emocionantes da minha vida.

      Só que o padre deve ter confundido Peregrinação com Expiação...

      Abraço grande

      Eliminar
  2. Adoro estes teus reviveres...

    Mais uma vez, viajei através da tua magnífica reportagem fotográfica.
    Adorava "viver" o sentir dos campos de concentração.Imagino o "arrepio" e comoção que se devem sentir.


    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por apreciares, pois eu gosto muitissimo da tua companhia!

      Eu estive num campo de concentração belga, em 2006 visitei o campo de concentração do Tarrafal de Santiago ( a famosa "frigideira", no exterior do campo, já não existe) e em Auschwitz-Birkenau esta foi a segunda vez que entrei.

      Não há rigorosamente nada que nos prepare para aquele horror...e , depois, tudo se torna mais chocante porque sabemos que Israel foi fundado à custa de massacres de palestinianos e que actualmente tem um regime de Apartheid contra todos o não -judeus, encerrando os palestinianos em dois campos de concentração : Margem Ocidental e Gaza( recorrentemente bombardeada até com o proibido fóforo branco), além dos hediondos massacres incentivados por Ariel Sharon nos campos de refugiados de Chatila e Sabra.

      Fica bem,

      Eliminar
  3. Boa noite

    Um passeio lindo, que certamente ficam lindas recordações...

    Um beijinho

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O passeio foi muito bonito, mas a actuação do sacerdote e do seu grupelho foi muito desagradável!!

      Nem que me oferecessem a viagem eu , iria fosse onde fosse com esta criatura!!

      Bons sonhos

      Eliminar
  4. Para além das fotos que nós levam a sítios fabulosos, fiquei curiosa em saber qual a verdadeira vocação do sacerdote:-))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que era para atleta.Aliás , eu perguntei-lhe se estava a treinar para concorrer a alguma maratona....e, além de ser mais teimoso que uma mula empacada nem tem humildade para pedir desculpa!!

      Bons sonhos, rrss

      Eliminar
  5. Fabulosas fotos amiga, é como se viajasse contigo, gostei imenso.

    Boa semana Sãozita

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto muito que viajes comigo, Adelinha, rrss

      Que seja luminosa a tua semana.

      Beijinhos

      Eliminar
  6. São Que maravilha de viagem! Eu queria ver o Icone da Virgem Negra de perto.
    Nós temos a imagem de Nossa Senhora Aparecida que é negra e ela é a padroeira do Brasil!
    com carinho Monica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida, não dá para ver o ícone de perto: a capela está sempre a transbordar e , como vê, está cerrada por uma grade.

      Em Monserrat (perto de Barcelona), aí , sim. Pode inclusivamente, tocar na imagem de "La Moreneta", que é também uma Virgem Negra e padroeira da Catalunha.Na primeira vez levei uma hora para lá chegar .

      Conhecia Nossa Senhora da Aparecida como padroeira do Brasil, mas só quando estive em Fortaleza soube que é uma Virgem Negra.

      Moniquinha, que sua semana seja abençoada, amiga

      Eliminar
  7. oi São
    Uma viagem digna mesmo de registros ,que voce fez lindamente.
    E sempre voltamos revigoradas ,
    uma linda semana São
    abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Polónia é um país que me surpreendeu agradavelmente desta segunda visita, porque da primeira só vira Cracóvia, que é muito bonita,e Auschwitz -Birkenau, uma zona muito pobre na época.

      Gratissimo abraço pelo apreço, Lis

      Eliminar
  8. Lindas fotos, sabe gosto de viajar com os amigos da net, reparo em tudo, adorei, beijos Luconi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que aprecia viajar como eu, rrss

      Esperando ter sempre o prazer de sua presença lhe deixo grande abraço

      Eliminar
  9. Acredito que o mais emocionante tenha sido a visita ao campo de concentração. Visitei há uns 10 anos o de Natzweiler-Struthof, perto de Estrasburgo, e nunca mais o esqueci...
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que entrar num campo de concentração é algo que jamais esqueceremos.

      Num campo de extermínio, como é este (especialmente Birkenau), é entrar num mundo de horror.

      Aqui Mengele fez experiências terríveis com crianças gémeas e ficou conhecido pelo "Anjo da Morte" por indicar , friamente, com um simples gesto de mão quem iria directamente da Rampa para as câmaras de gás ou para trabalho escravo.

      Numa só noite, milhares de ciganos (povo a extinguir) fora assassinados, muitos em famílias inteiras.

      No entanto, o choque maior é Auschwitz, porque entramos nas câmaras de gás e vemos os fornos crematórios, ao contrário de Birkenau onde um dos fornos foi destruído pelos prisioneiros do Sonderkommando da altura e os outros três pelos próprios nazis quando souberam da inexorável aproximação do Exército Vermelho.

      O que choca muitissimo é não haver referência nenhuma aos milhões de vítimas não-judias e o facto de nós sabermos do regime de Apartheid que Israel pratica sobre todos os não-judeus e a maneira desumana com esmaga os palestinianos, depois de lhes roubado tudo: casas, vida, território.

      Esta coisa de se pertencer à "raça superior" ou ao "povo eleito" dá , pelos vistos, direitos especiais!!

      UMa emoção enorme foi a que senti em Varsóvia, às 17H de 1/Agosto/2012 quando a cidade parou e só se ouviam sirenes e sinos em memória da revolta contra os alemães, que em retaliação destruíra, 85% da cidade. E isto enquanto os russos, contactados e a pouca distância, não mexeram um dedo para auxiliar os polacos.

      Esse , perto de Estraburgo nem sequer sabia que existia.

      Que a semana seja luminosa.

      Eliminar
    2. No que visitei, o calor da cremação dos corpos servia para aquecer os nazis, através de condutas...

      Eliminar
    3. Meu Deus, como é possível?!...

      Até arrepia...

      Eliminar
  10. Maravilhosa Viagem ! Eu também já visitei o Santuário da Virgem Negra . Foi agrdável recordar a minha viagem através das suas imagens .
    Uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E da Polónia, só viu o Santuário? Não esteve em Cracóvia ?

      Abraço grato, rrss

      Eliminar
  11. Amiga São deve ter sido uma viagem maravilhosa e enriquecedora social e culturalmente.

    beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi, foi mesmo!

      Pena que o padre e o seu grupinho fossem tão antipáticos, o resto do pessoal foi muito agradável.

      Boa semana e abraços

      Eliminar
  12. Muito bom, São! São ótimas, amiga, estas tuas viagens e as fotos que delas resultam. Graças a elas, conheço um bom bocado da Europa! :) Boa semana, fica bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ter a tua agradável companhia nestas viagens e gostares de as fazeres, Swami!

      Que seja luminosa a tua semana, amigo meu

      Eliminar
  13. Gracias por compartir todos tus viajes.
    Me gusta como lo explicas.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito interessante viajar em boa companhia, como sabes.

      Gracias por achares que explico bem, rrss

      Bom fim de dia

      Eliminar
  14. Já estive no santuário há 19 anos, estava atafulhado de gente e era cá um pivete (centenas de pessoas sem tomarem banho e mudarem de roupa há mais de uma semana) que não fiquei com vontade de voltar!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atafulhado parece que sempre está...e a capela , então, é uma enchente!

      Vi o ícone a ser coberto, ao som da banda, às 12H, e só , então, saímos para aquela experiência sempre terrível de Auschwitz-Birkenau, que agora tem um sistema de guia muito melhor.

      Beijinho

      Eliminar
  15. Já estive na Polónia mas sinto que me merece pelo menos mais uma visita, quem sabe para breve...a tua reportagem aguçou o apetite!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se puderes , vai...e acho que apreciarias estar na Praça do Castelo , Varsóvia, às 17H de 1 de Agosto!

      Dorme bem, linda

      Eliminar
  16. Obrigada pelo passeio. Penso que já vi as fotos dos campos postadas por si, mas não sabia que tinha estado no Santuário.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viu algumas das fotos, mas das mais leves...

      Nós começámos em Varsóvia e demos a volta pelo Sul e regressámos à capital.

      Bons sonhos, amiga, e as melhoras

      Eliminar
  17. Aproveitei para ver esse post... interessantissimo saber da devoçao desse povo a virgem... adorei as fotos... o lugar é lindo...

    Mas entrar em um campo de concentraçao deve ser um choque... saber que ali morreram tantas pessoas... é uma parte horrivel da historia da humanidade...

    São...nao consegui achar como seguir esse seu blog...

    Beijos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu também não sei, porque este blog nasceu por acaso, já que eu não me entendo com maquinetas nem com as tecnologias modernas, terá que fazer o favor de ir espreitando ou , talvez, perguntar a Luma (porque eu penso que é a si que se refere ao dizer que tem na blogosfera uma amiga cigana que escreve muito bem) como fez....

      A devoção às Virgens Negras ainda se torna mais interessante porque só mostra como as religiões se constroem misturando-se ---

      Já entrei em vários campos de concentração (sendo Birkenau de extermínio humano, o que é ainda mais perverso) e semore saí mal fisica e psicologicamente, mesmo em Auschwtiz-Birkenau, onde esta foi a segunda vez que estive.

      Nada nos prepara para aquele pavor: nem leituras, nem filmes , nem documentários, nem testemunhos de sobreviventes, nada!

      O trágico é que a maldade humana ainda se continua manifestando largamente na actualidade...e por interesses que só têm a ver com venda de armas, recursos naturais e jogos de Poder, para os quais é necessário muitissimo dinheiro

      Bons sonhos

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...