MALTA

MALTA

sexta-feira, 11 de abril de 2014

ADRIANO CORREIA DE OLIVEIRA : Trova do Vento que Passa

Por causa da corja instalada no Poder  e arredores e da nossa passividade , esta belíssima canção tão bem interpretada por Adriano Correia de Oliveira, está cada vez mais actual !!


30 comentários:

  1. Respostas
    1. Concordo: Adriano tinha uma voz linda e esta canção é uma maravilha!

      A esta hora daqui, lhe desejo bom serão, rrss

      Eliminar
  2. Bom dia

    E Música é bem bonita...


    Tenha um excelente fim de semana,

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva, linda!

      A canção é mesmo extraordinária, não é?

      Bom fim de semana, rrss

      Eliminar
  3. São. a melodia é linda, mas nao entendi muita coisa do portugues. Parece que é outra lingua.
    Eu também nao fui a shows de nenhum dos dois: nem do Caetano nem do Gil. Mas eles continuam na midia.
    com carinho Monica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida ,aqui tem parte da letra o resto está no comentário da nossa amiga Fê Blue Bird(logo abaixo) e lendo os dois ficará a saber toda a letra da canção, que é um poema de Manuel Alegre, grande escritor e resistente à ditadura Salazar-Caetano:

      Pergunto ao vento que passa
      Notícias do meu país...
      E o vento cala a desgraça
      E o vento nada me diz

      Mas há sempre uma candeia
      Dentro da própria desgraça.
      Há sempre alguém que semeia
      Canções no vento que passa.

      A sua dificuldade em compreender o nosso português é fruto da , infelizmente, pouca interacção cultural entre os nossos dois países.Principalmente de cá para aí.

      Somos países-irmão, segundo a propaganda e foi um membro da Casa Real portuguesa que deu a independência ao Brasil, mas muito tem que ser feito.

      Fiquei pasmada quando , em Fortaleza, vi na televisão uma telenovela portuguesa com legendas!!!!

      Caetano e Gil são dois dos nomes mais conhecidos e respeitados aqui, até porque foram amigos de José Afonso, autor da canção-senha para a Revolução de 25/4/1974:"Grândola, Vila Morena".

      Que deus a protejam Moniquinha


      Eliminar
  4. Amiga São:

    Esta canção emociona-me sempre !
    Amiga sinto uma grande tristeza por ver o nosso país neste descalabro.
    Só espero que haja alguém que resiste, que haja alguém que diz não.

    beijinho e bom fim de semana


    "Mesmo na noite mais triste,
    em tempo de servidão,
    há sempre alguém que resiste,
    há sempre alguém que diz não.
    Há sempre alguém que resiste,
    há sempre alguém que diz não. "

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho essa emoção e há uma outra dele que ,desgraçadamente, continua muito actual e me leva às lágrimas e que colocarei aqui ou no outro blogue.

      Além de tristeza pela situação desesperada de milhões de compatriotas e revolta pelo roubo de que estou a ser vítima com o estão a ser todas as pessoas reformadas , sinto desprezo por quem está a destruir deliberadamente o país e não respeita minimamente quem é mais indefeso e ainda tem o descaramento de proclamar que o país está bem.

      Mas a responsabilidade também é nossa: como é que se elege Passos , sabendo-se que não tinha experiência para agarrar o país, principalmente numa altura complicada?

      Como é que se crê que partidos de Direita se iriam preocupar com a classe média ?!

      ESperemos, amiga, que saibamos resistir e que sigamos o exemplo espanhol!!

      Bons sonhos, Fê

      Eliminar
  5. Sempre actual, infelizmente!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando deixará de o ser? Quando despertaremos?

      Abraço grande

      Eliminar
  6. Magnífico , marcante e actual poema interpretado por uma voz ímpar.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino por baixo, com todo o respeitinho que me merece uma divertida Mona Lisa de chapéu e a quem desejo todas as felicidades, rrss

      bem hajas!

      Eliminar
  7. Há muitos anos atrás :) um "colega de armas" dizia «só nos lembramos da nossa mãe, quando não a temos».

    A corja instalada no Poder é uma pequena parte do resultado da "nossa" passividade, cúmplice durante estes 40 anos passados, após a Revolução de Abril.

    Aliás, sou da opinião que nas mesas de voto deveria existir um aviso como nas passagens de nível: «PARE, ESCUTE, OLHE» e depois sim, VOTE BEM!

    :))))))))))))))))))

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não estar de acordo consigo, Alberto?!

      Sempre votei e jamais deixarei de o fazer, até por uma questão de princípio e porque essa foi uma das discriminações que o Estado Novo me impôs só por ser mulher.

      Mas tenho a consciência tranquila, pois nunca votei nem CDS nem PSD nem no partido que Ramalho Eanes inventou ainda enquanto Presidente.

      Votei sempre Esquerda e quando não me agradou quem por ela se apresentava, inutilizei o boletim...que talvez seja , se o panorama se mantiver como está, o que farei nas próximas legislativas!!

      Leu o artigo do Professor José Gil na "Visão" desta semana? Muito interessante, como sempre.

      A corja actual não tem legitimidade além da formal, pois a campanha foi baseada em difamações , mentiras e irresponsabilidades e , infelizmente, as duas primeiras figuras do Estado nem honrar os respectivos cargos sabem!!

      Também poria essa placa, embora tenhamos criaturas que votam por partidarite à maneira da clubite( mas essa não prejudica ninguém).

      Como se compreende que uma idiota que viu emigrar os filhos, está a ser prejudicada por esta austeridade cega e sem bons resultados , afirma que irá votar agora e sempre PSD?!

      Com luminárias destas, caminhamos só mais depressa para o abismo!!

      Um bom fim de semana, rrss

      Eliminar
  8. °✿✿⊱
    ♪♫

    Triste vida, triste canção!

    Bom fim de semana!
    Beijinhos do Brasil.
    °º。♪♫♬° ·.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda mais triste, porque Portugal está atravessando um período negro em que quem nos deve defender , está, afinal, do lado de quem nos ataca!!

      Gostei muito da linda imagem de seu post, rrss

      Bem haja, amiga

      Eliminar
  9. Minha querida

    Infelizmente está cada vez mais actual, o que nos diz que pouco mudou. Pobre País!

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe, minha amiga, para mim o nosso país encalhou algures numa esquina do Tempo...e anda em círculos sobre sim mesmo!

      Abraço com afecto

      Eliminar
  10. Há canções que nos deixam com um nó na garganta .
    Pela beleza e actulidade .

    Araço , São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão: esta é uma delas. E uma outra dele, que também tenciono colocar aqui ou no outro blogue, também!

      Beijinhos, Maria

      Eliminar

  11. Esta canção nunca perderá a actualidade, pelo menos por largos anos. Para lá do que transmite é repleta de beleza.

    Bom domingo

    Bjgrande do Lago

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não perderá, não....pelo menos enquanto o sonho de Sá Carneiro - que se tornou no nosso pesadelo e na destruição de milhões de vidas - continuar no Poder!!

      Abraço grande

      Eliminar
  12. "Morre cedo quem os deuses amam".
    Felizmente que há sempre alguém que diz não!
    Beijinho São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há, sim, projectos de vida demasiado curtos...tens razão!

      E que haja sempre alguém com força para recusar o status quo!!

      Abraços, amigo

      Eliminar
  13. Incompetências à parte, a nossa passividade é o mais assustador, digo eu.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E diz muito bem!

      Até porque foi com o voto da maior parte das pessoas que Herr Coelho ascendeu ao Poder, quando era claro e sabido não ter preparação para tal, mormente em tão complicado momento do país...

      Abraços

      Eliminar
  14. Há sempre alguém que diz não e ao ponto que chegou este nosso Portugal. Cambada de incompetentes que nos tiram tudo, sem dó nem piedade e o mais grave é, que nós vamos deixando...Beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo de todo e o que mais me dói é que estas criaturas estão lá porque, formalmente, estão legitimadas pelo voto!!

      Abraço grande e afecuoso

      Eliminar
  15. Uma pena, quem sabe o que seria capaz de criar!... GRANDE!!!
    O que é de lamentar, é que de nada tenha servido, o esforço e a entrega de estes homens, e mulheres.
    Um grande abraço, querida amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morreu demasiado cedo, mas ...pelo menos, não sofreu o desgosto de ver destruído deliberadamente tudo por quanto lutou.

      Tanta gente que sofreu horrores e muita outra que perdeu a vida, para agora estarmos nesta terrível situação.

      Duarte, meu querido amigo, abraço e que tenhamos esperança - embora não veja muito bem como, sinceramente.

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...