MALTA

MALTA

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

CITAÇÃO - ALFREDO BRUTO DA COSTA

"O Governo sabe em quantos casos 600 euros alimentam a pessoa, mais os filhos e mais os netos?
 
As actuais políticas económicas em Portugal são uma calamidade moral. Não podemos fazer sofrer um povo sem nenhuma contrapartida. E o que vemos é que as políticas estão a falhar de forma persistente, o que é um problema grave com implicações morais evidentes.
 
Estamos perante um Governo que, unilateralmente e por vias retroactivas, está a querer passar um pano por cima de um contrato onde há duas partes em que uma se sobrepõe à outra, o que é um claro abuso do Poder.
 
O Governo anda propositadamente  distraído com a pobreza em Portugal."
 
                                            ALFREDO BRUTO DA COSTA
                                                   ( Sociólogo,17-10-2013)

32 comentários:

  1. São, obgda. pela visita. O Atelier continua encerrado como muitos outros por esse país fora. Mas o Jardim d'abrolhos está bem ativo e cheio de viço. Se puder, passe por lá e delicie-se com as flores. Um abraço e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar

  2. 600 euros, quando uma renda de casa ronda, em média os 350, diz bem da perversidade destas políticas.
    A desresponsabilização do estado na Saúde, Educação e Serviços Sociais é incompatível com a carga de impostos a que obrigam os cidadãos.


    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Não faz falta ser sociólogo para chegar a essa conclusão, basta vivê-lo: mas se o diz ele o peso especifico é maior e terás maior repercussão.
    Um abraço grande, querida amiga

    ResponderEliminar
  4. Viva, BENÓ!

    Acabei de chegar e fez-me bem a beleza das fotografias.

    Quando lhe apetecer visitar-me, deixe-me a sua opinião sobre o que aqui tenho, sim?

    Grato abraço

    ResponderEliminar
  5. LÌDIA, este governo CDS/PSD . apoiado incondicionalmente pelo reformado de Boliqueime, não tem sentido de Estado, não tem estratégia, não se importa minimamente com o facto de estar a destroçar milhões de vidas com as suas politicas.

    Abaixo , está publicado um poema seu.

    Abraços

    ResponderEliminar
  6. eles querem la saber do povo!!!
    agradeço a sua passagem pelo mau cantinho. brisas doces ***

    ResponderEliminar
  7. O Governo não quer saber do bem estar do Povo ! Eles estão lá para angariarem benefícios para eles próprios !

    ResponderEliminar
  8. Querido DUARTE, infelizmente, a verdade que Bruto da Costa proclama gá milhares de pessoas a vivê-la em Portugal , mas raramente se ouve em televisão, porque agora até saiu um estudo dizendo que os portugueses estão convencidos de que o país sairá da crise muito em breve, imagina!

    E isto é uma redonda mentira, porque toda a gente sabe que a situação está muito má e que o Orçamento de Estado para 2014 a ser aprovado hoje pela coligação PSD/CDS ( e que será aceite pelo reformado de Boliqueime , porque o acha crucial, mesmo não respeitando a Constituição!!) agravará ainda mais o sofrimento do povo , dados os cortes brutais sobre reformas, pensões e ordenados - além do despedimento de milhares de funcionári@s públic@s.

    Abraço forte, bom amigo

    ResponderEliminar
  9. Aquí los pobres son cada vez más pobres.
    Y los ricos cada vez más ladrones.

    Besos.

    ResponderEliminar
  10. Uma fase desgraçada.
    E quando não há dinheiro pagam os que estão mais à mão.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Oi, São!
    O povo precisa de porta-vozes para serem ouvidos pelo governo.
    Não precisa mesmo ser sociológo para dizê-lo, mas ele cumpre o seu dever em tocar na ferida da pobreza, até por ser sociólogo. Mas precisamos que também os intelectuais cumpram o seu principal papel que é justamente pressionar os gestores a cumprir aquilo que eles passam tempo pensando... Intelectuais da contemplação, não precisamos!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  12. Só discordo do final. O governo não anda propositadamente distraído. O governo quer mesmo isto. Hoje, no sexta às 9, vi uma reportagem que me revoltou de tal maneira, que só estou à espera de que esteja disponível on line para a por no CR e escarrapachar no focinho do Pires de Lima
    Um bom FDS, amiga. Vou estar ausente

    ResponderEliminar
  13. O governo anda preocupado com os seus interesses e com os dos banqueiros, todos os outros são menores, ou melhor, inexistentes!

    ResponderEliminar
  14. Total e criminosa. Por isso, ontem, quando Portas discursava antes da aprovação do duríssimo orçamento de Estado para 2014 pela coligação PSD/CDS nas galerias da Assembleia da República se ouviram gritos de "Assassinos" e "Fascistas"...

    Claro que Assunção Esteves ordenou a rápida evacuação das pessoas pela polícia.

    Bom fim de semana, Catarina

    ResponderEliminar
  15. MMM´S para este Governo a única coisa importante é o empobrecimento do país e a protecção de quem lhe garante o futuro e pode fazer tudo quanto lhe apetecer porque não temos uma Presifente da República mas sim um reformado perjuro e com estórias muito mal explicadas a vaguear por Belém.

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  16. Amigo, eu ouvi logo no início da legislatura,Passos afirmar que só se resolveria a situação empobrecendo o país.

    Jamais , até hoje, consegui perceber como é que ficando mais pobre se pode pagar uma dívida , seja pessoa ou país ou empresa...

    Volta depressa e bem, CARLOS!

    ResponderEliminar
  17. Mais grave minha querida amiga,
    ele não anda distraído,ele desde
    o primeiro dia que ganhou as eleições "que sabia que queria
    fazer isto". Há já uma corrente
    dentro do PPD/PSD que quer eliminar
    o Tribunal Constitucional. E para
    2014 ainda irão fazer mais cortes
    sobre os imensos cortes que já
    fizeram.Mas há dinheiro para oferecer carros a parti de Janeiro/2014,por sorteio entre os contribuintes que solicitarem
    factura!!!
    Enfim, votaram neles, e mesmo
    agora nas autárquicas, voltaram a
    votar neles um número muito considerável de eleitores.Com um
    povo assim...
    Bj.
    Bom fim de semana.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  18. Irene, é mesmo por aquilo que lucidamente aqui escreve que eu afirmo não existirem inocentes nesta situação.

    Toda a gente sabia que Passos não tinha experiência nenhuma e, muito menos, para agarrar o país num momento complicado...e votaram PSD.

    Era do conhecimento geral o envolvimento de Cavaco nas tramoias do BPN, na invenção das escutas, e da sua alta responsabilidade na destruição do tecido produtivo do país assim como do facto de ser ele o primeiro a atacar duramente o funcionalismo público...e votaram na criatura !

    Pena que sejam os mais pobres e a classe média a sofrer os cortes e a emigrar( nalguns casos, de novo)e de serem os trabalhadores no activo e na reforma a pagarem !!

    Amiga minha, bom fim de semana

    ResponderEliminar
  19. Pois, só que , desgraçadamente, os que estão mais à mão são sempre os mesmo...e neste momento já não têm nada para ser roubado e , por isso, os suicídios diários estão subindo assustadoramente...e . claro, o facto nem sequer merece leve referência que seja , nos telejornais e/ou jornais!

    Um abraço com desejo de que o seu livro seja um êxito, PÉROLA

    ResponderEliminar
  20. SE quiser vir algumas vezes do seu PARAPEITO até a esta casa , que também é de quem me dá o prazer da sua presença, será o melhor agradecimento, rrrss

    E, sim, estas criaturas que foram eleitas para givernar o país, estão muito longe de se importar com algo que não seja o seu umbigo!

    Bom serão.

    ResponderEliminar
  21. Ora aí está uma enormíssima verdade!!

    bem haja, HÉLIA.

    ResponderEliminar
  22. A Ibéria está nas mãos de patifes...e , ainda por cima, escolhidos por quem roubam!!

    Comovida com a menina do teu lancinante poema, te abraço, TORO

    ResponderEliminar
  23. Concordo consigo, LUMA.

    Porém, neste momento, em Portugal temos um Governo de coligação, apoiado incondicionalmente por um Presidente da República, que não ouve rigorosamente ninguém: nem patrões, nem pessoas do seus partidos, nem trabalhadores..

    O seu assumido objectivo é empobrecer o país, imagine!!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  24. O governo anda distraído?!
    Não...eles são uns abutres sem vergonha e sem nenhum respeito pelos trabalhadores. Eles sabem o que estão a fazer. Eles querem humilhar o país e os portugueses.
    Beijos.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  25. Bruto da Costa disse-o por ironia: ele sabe que não é distracção, mas sim desprezo puro pelo povo!


    Para Passos, Portas e Cavaco a população só lhe importou para treparem até ao Poder, e nada mais!!

    Bom serão, Emília

    ResponderEliminar
  26. E apresentam o caso desse senhor como escândalo, num país em que o salário mínimo nem chega aos 500... Mas os pobres aguentam, os outros é que não!
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
  27. Desculpe, mas qual senhor é apresentado como escândalo? Bruto da Costa? É que eu não sei de nada, Sei que ele é perito sobre o tema da pobreza. Aliás, até o conheço pessoalmente e sempre o vi tomar posições correctas na abordagem situação há largos anos.

    Concordo: os pobres passam a miseráveis e a classe média a pobre...isto enquanto há quem enriqueça e casos como o BPN e BPP sem responsáveis na prisão ao fim de anos, quando Madoff em três meses estava já a cumprir pena,

    Que seja boa a sua semana

    ResponderEliminar
  28. Ah, era este senhor: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/atualidade/rendeiro-vive-com-600-por-mes?nPagina=3

    ResponderEliminar
  29. Mais uma vergonha neste paraíso podrido...

    Obrigada pela informação e bons sonhos

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...