MALTA

MALTA

domingo, 11 de março de 2012

PASSEIO POR SINTRA











Sintra sempre foi poiso de gente importante, dada a sua enorme beleza, a sua proximidade de Lisboa e o seu microclima.

Desde membros da realeza a artistas de todas as áreas passando pela burguesia endinheirada a paixão por Sintra é comum.

Ofereço-vos hoje algumas das maravilhas deste paraíso, esperando que vos provoquem o desejo de lá irem ver com os vossos próprios olhos.

26 comentários:

  1. Sãozita
    Algumas destas fotos são-me bastante familiares, a última vez que estive lá com o meu "folha seca" e onde almoçamos foi em Setembro passado, seguimos para o Cabo da Rocha e depois para lisboa assistir ao lançamento de um amigo virtual A.Tapadinhas.
    Vi em Sintra casas linda completamente ao abandono.
    Adorei as fotos amiga.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  2. A Quinta da Regaleira, ela própria esteve abandonada durante anose Monserate só muito recenremente abriu ao público: é lamentável que coisas lindas agonizem lçentamente assim...

    Um abraço e um beijinho, Adelinha

    ResponderEliminar
  3. Ai ai ai quase abraço o monitor vendo estas imagens do meu Portugal do coração, senão sabes só passo minhas férias ai São veja o link http://ferias-da-lindalva.blogspot.com/

    Ah! nem me apresentei kkkkk Sou a Lindalva da Ilha e moderadora do Ostra da Poesia. Vim firmar que o teu voto 6º Pena de Ouro foi computado com sucesso. beijos perfumados no coração!

    ResponderEliminar
  4. São,

    Eu cá estou a comentar mas... neste teu formulário vês algum sítio para eu subscrever por e-mail?

    Pois é aí que reside o busílis.

    Beijarocas

    PS - Acho que vou fazer um post a alertar as amigas para este problema. Caso contrário tenho quen ir ver se te comentei outro post para ler a tua resposta pois é das poucas pessoas que responde a todos. Não recebi nada no meu mail.

    ResponderEliminar
  5. Se até aqui as coisas andavam más... agora vão ficar piores.

    Pensando em coisas boas... já ia um travesseiro com um cafezinho :)

    Bjos

    ResponderEliminar
  6. Ontem deliciei-me com um ainda morninho, rrss

    Vamos de mal a pior , sim...

    Bons sonhos

    ResponderEliminar
  7. Gosto de aqui a ver e de saber de seu amor por Portugal, que agradeço!

    Uma boa semana e espero ver-te aqui sempre, rrss

    ResponderEliminar
  8. TITE, minha querida, não mexi rigorosamente em nada, não modifiquei função alguma.

    Como já te disse eu suspeito que o Blogger tem amguma em mente, pois a maioria das pessoas a quem me queixei das letras de verificação também não as tinha lá posto e algumas quando as quiseram retirar viram-se em alguns casos impossibilitadas de o fazer.

    Bons sonhos e hoje ganhámos , rrss

    ResponderEliminar
  9. a arquitetura dos mares distantes,
    no solar do sol das cores, nesses portugais,
    ais de nossos irreprimíveis
    desejos de o não sei o que diga.
    bom estar aqui
    b
    l

    ResponderEliminar
  10. Sempre agrad+avel sua ptresnça aqui, meu caro.

    Agradeço que passe pelo "são" e lhe deixo votos de excelente semana

    ResponderEliminar
  11. adoro sintra e já visitei a quinta da regaleira!!!
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Esta foi a minha segunda visita à Regaleira, mas cada vez mais defendo que se deve fazer a visita guiada!!

    Boa semana

    ResponderEliminar
  13. Uma reportagem muito convidativa! E há tanto tempo que não vou a Sintra...
    Obrigada pelas magníficas fotos, que me estão a empurrar para uma visita em breve:-)))

    ResponderEliminar
  14. Sào
    Eu conheço Sintra. Fomos de taxi e vimos tantas coisas belas.
    Que saudade e que vontade de pegar o primeiro aviao e ir la novamente.
    com amizade e carinho de monica

    ResponderEliminar
  15. Também não ia há muito tempo a Sintra, que amo tanto!

    Se ainda não fizeste a visita guiada à Quinta da Regaleira(dura duas horas), sugiro que a faças

    Bons sonhos, JUSTINE

    ResponderEliminar
  16. Conhece? É lindissima, não é?

    Se não visitou, viste, da próxima, Monserrate(aberto recentemente ao público) e a Regaleira(visita guiada)

    Bons sonhos, Moniquinha

    ResponderEliminar
  17. Ena, ena, que lindas fotos São. Sintra é sempre deslumbrante em qualquer estação do ano mas, admito que com sol, é de sonho.
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. Adoro Sintra, mas prefiro-a assim luminosa e nítida!

    Bons sonhos, rrss

    ResponderEliminar
  19. Querida São,
    Estou babando até agora, diante de tanta beleza.
    Quase devorei a tela com os olhos.
    Beijos, amiga,
    Dalinha Catunda

    ResponderEliminar
  20. E tem razão para esse deslumbramento, pois ao vivo e em dia soalheiro, Sintra é belissima!!

    Bons sonhos, linda

    ResponderEliminar
  21. Gosto imenso de Sintra, até no inverno com os espaços a destilar humidade: beleza constante.
    Excelente trabalho. Boas fotografias.
    Um grande abraço, querida amiga

    ResponderEliminar
  22. Sintra é um local magnífico, mas prefiro-a com luz e sem nevoeiro, rrss

    O meu gratissimo beijo pelo apreço. amigo mio

    ResponderEliminar
  23. fUI À sintra, MAS FICOU UM GOSTO DE QUERO MAIS .... os pacotes turísticos nos mostram só um "flash" ...

    ResponderEliminar
  24. O desejo que já estava presente, de visitar Sintra, aprofunda-se com a vista das fotos que postaste.
    Lindas! Lindas! Lindas!
    Repito a adjetivação para que melhor percebas o quanto me emocionei ao vê-las...
    Sem ainda ter ido a Sintra, deu-me uma saudade de todos esses lugares...
    Abraço e obrigada por me teres decoberto, proporcionando-me poder estar aqui, vendo toda essa beleza de lugar...

    ResponderEliminar
  25. Realmente, quem viaja em grupo turístico tem a vantagem de ter guia e ver o mais importante. Ma bom, bom é poderv regressar depois e descobrir o lugar.

    Bons sonhos, IVAN

    ResponderEliminar
  26. Bem vinda, VERA!

    Muito obrigada, mesmo,pelo apreço.

    Eu costumo postar as fotos que tiro em viagem: desde já estás convidada para vires dar opinião, rrss

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...