segunda-feira, 31 de maio de 2021

quarta-feira, 26 de maio de 2021

POEMA - TORO SALVAJE (3-2-2021)

 En el destierro del tiempo

de vez en cuando pasa una flor.

Suspiros de sueños caminando.

Suspiros de pétalos

brillando al sol.

quarta-feira, 19 de maio de 2021

CITAÇÃO _ MIGUEL TORGA(1948)

 "Tanto jornal, tanta rádio, tanta agência de informações, e nunca a Humanidade viveu tão às cegas.

Cada hora que passa é um enigma camuflado por mil explicações.

A verdade, agora, é uma espécie de sombra da mentira.  "

sexta-feira, 14 de maio de 2021

TEXTO MEU : PERDA

 Fui-te uma oportunidade perdida

Uma porta aberta que não atravessaste

Uma luz cujo fulgor te assustou

Algo cuja profundidade não alcançaste


E assim  tudo em ti se definhou...

quarta-feira, 12 de maio de 2021

LIVROS, SEMPRE!




Os livros são uma óptima e sempre fiel companhia .

Além disso, oferecem-nos horizonte cada vez mais vastos. 

" O Solilóquio do Rei Leopoldo " foi inspirado pelo sinistro e genocida comportamento de Leopoldo da Bélgica sobre os nativos do Congo.

"O Naufrágio das Civilizações" faz uma lúcida e brilhante análise da situação actual .

Desejo-vos - e a mim - frutuosas horas de leitura !

 

terça-feira, 11 de maio de 2021

"MARCELO...E O 25 DE ABRIL " ( JOSÉ CARLOS DE VASCONCELOS , EXCERTO)


 " A intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa no 25 de Abril foi, em todas as perspectivas, notável.

E constituiu uma vitória, do 25 de Abril e sua , o ser aplaudida de pé por todos os partidos democráticos representados na Assembleia da República, de um extremo ao outro do hemiciclo.

Sentado e imóvel, o único representante do partido não democrático : sem camisa negra, que agora não se usa, mas de cravo negro. Uma forma de reforçar a unanimidade do aplauso.

Claro que pode haver sempre objecções, mesmo formais , a colocar(...).

Um excelente, muito inteligente, lúcido e bem escrito texto."


terça-feira, 4 de maio de 2021

"PEQUENO ALMOÇO" - JACQUES PRÉVERT (TRADUÇÃO LIVRE MINHA)

 Ele deitou o café na chávena,

deitou o leite na chávena de café,

pôs açúcar no café com leite,

mexeu com a colherzinha,

bebeu o café com leite,

pousou a chávena sem me falar,

acendeu um cigarro,

fez círculos com o fumo,

pôs as cinzas no cinzeiro

sem me falar, sem me olhar.

Levantou-se, pôs o chapéu na cabeça,

vestiu a gabardina, porque chovia,

e partiu sob a chuva 

sem uma palavra

sem me olhar.

E eu cobri a cara

 com as mãos

e chorei.

CITAÇÃO : SAKYA TRICHEN (2016)

  " O inimigo não está no exterior, ele existe no interior da nossa própria mente. As nossas emoções negativas são os nossos piores ini...