quinta-feira, 19 de maio de 2022

segunda-feira, 16 de maio de 2022

MARO – Saudade, Saudade ( Eurovisão 2022)




Pela primeira vez em muitos anos , gostei da canção que nos representou na Eurovisão. Penso até que teria muitas hipóteses de ganhar, por aquilo que me foi dado ver e, especialmente, em comparação com a vencedora.

A Ucrânia foi eleita por motivos políticos  , como já acontecera com Israel . Sinceramente, discordo em absoluto. Porém , da canção israelita até gostei, da ucraniana nem isso. E não entendo o motivo de a NATO dar os parabéns à Ucrânia : que se saiba não é propriamente uma autoridade a nível de música.

No entanto, o que me preocupa deveras é o pesado enviesamento de análise que começa a ter forma nas redes sociais e não só.

É muito grave e injusto sofrer a acusação de "lacaios do ignóbil invasor" por se assumir a discordância de razões políticas , ainda que solidárias, num concurso de cantigas . E tanto mais grave, quando parece não haver indignação com o ataque actualmente efectuado à rica cultura russa : Tchaikovsky foi banido de um concerto e a designação de um quadro passou de "Bailarinas russas " para "Bailarinas ucranianas", por exemplo.

Sim, Putin é um criminoso de guerra desde as guerras da Chechénia, a Rússia invadiu a Ucrânia,  a Ucrânia tem o direito de se defender.

No entanto estes factos indesmentíveis não apagam outros factos também indesmentíveis, como Zelensky ser de Direita ,o poder dos oligarcas ucranianos, a existência do batalhão Azov .

Não percamos o sentido das coisas  e não misturemos tudo numa amálgama absurda.

PAZ PARA TODO O MUNDO!!




quinta-feira, 12 de maio de 2022

ANTÓNIO GEDEÃO : " POEMA DA MORTE NA ESTRADA"


POEMA DA MORTE NA ESTRADA

Na berma da estrada, nuns quinhentos metros,

       estão quinhentos mortos com os olhos abertos.


       A morte num sopro, colheu-os aos molhos.

       Nem tiveram tempo para fechar os olhos.


      Eles bem sabiam dos bancos da escola

      como os homens dignos sucumbem na guerra.

      Lá saber, sabiam.

      A mão firme empunhando a espada ou a pistola,

      morrendo sem ceder nem um palmo de terra.


     Pois é.

     Mas veio de lá a bomba, fulgurante como mil sóis,

     não lhes deu tempo para serem heróis.


     Eles bem sabiam que o último pensamento

    deveria estar reservado para a pátria amada.

    Lá saber, sabiam.

   Mas veio de lá a bomba e destruiu tudo num só momento.

   Não lhes deu tempo para pensar em nada.

domingo, 8 de maio de 2022

quinta-feira, 5 de maio de 2022

DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA

 Comemora-se hoje  a Língua Portuguesa.


Infelizmente, o respeito e o amor que merece são muito escassos  há muito tempo.


Por um provincianismo bacoco , é recorrentemente adulterada pelo uso imoderado e injustificado de termos estrangeiros, muito em particular o inglês mascavado dos EUA.


E quem se irrita com quem não pactua com esta lamentável situação  nem com o disparate insano que foi o mais recente Acordo Ortográfico  nem tem sequer a noção de que a Língua faz parte da identidade de um povo -  seja ele qual for.


Ainda se percebe que quem vive no estrangeiro durante muito tempo, por vezes, intercale termos da Língua do país de acolhimento na  sua Língua materna. No entanto, o  Professor António Damásio , residente nos EUA há várias décadas, nunca o faz.


Falemos e escrevamos  português  e,  de preferência, correctamente  pois temos escritores e escritoras de alta qualidade, incluindo José Saramago , Prémio Nobel de Literatura.


VIVA A LÍNGUA PORTUGUESA!!



terça-feira, 3 de maio de 2022

ROMAN ABRAMOVICH... DA SILVA


 

O magnata Roman Abramovich, nascido na Rússia em 24/10/1966, conseguiu a nacionalidade portuguesa através da legislação relativa aos judeus expulsos no reinado de D. Manuel I.


Parece, pelo menos a mim, fazer colecção de nacionalidades , pois além da portuguesa tem várias outras.


Quando ouvi na RTP uma cidadã russa a viver há vários anos em Portugal, demonstrando um bom domínio do nosso idioma,  censurar com toda a razão a rapidez com que Abramovich conseguiu algo tão  difícil de alcançar e só depois do cumprimento de uma longa e exigente burocracia. tive sentimentos de vergonha e raiva.


E quem o certificou como descendente de judeus sefarditas ? A Associação judaica do Porto, para a qual Abramovich contribuiu com verbas (avultadas, presume-se), cujo responsável é o rabino Daniel Litvak.


O escândalo foi de tal ordem que as autoridades portuguesas se viram obrigadas a investigar o caso , resultando daí a detenção de Litvak em  11/3/2022 quando se preparava para viajar para Israel.


Este triste caso só confirma a vergonhosa dualidade de critérios existente quanto às pessoas que procuram construir a sua vida em Portugal. Assim como, não esqueçamos, a  maneira como são recebidas as pessoas que fogem da Ucrânia e as que fogem de África ou Médio Oriente.


Espero, sem grande esperança, que alguma decência apareça no futuro neste assunto .


Além do mais , não entendo o motivo de Abramovich se encontrar na sala de negociações entre Ucrânia e Moscovo. A que propósito ?!


Temo que se houver algum problema sério , o  nosso compatriota se venha refugiar em Portugal .Seria o cúmulo da desfaçatez  !!


PENSAMENTO MEU (16/2/2022)

 O Tempo é imutável e segue no seu tempo  sem se importar  com o que fazemos com e no nosso tempo.