terça-feira, 28 de junho de 2022

SERGIU CELIBIDACHE (28/6/1912)



Completam-se hoje cento e dez anos sobre o nascimento de Sergiu Celibidache.

Este genial maestro nasceu na Roménia e morreu exilado  em França (14/8/1996) , após a proibição de actuar no país pelo regime comunista. 

A sua enorme exigência a nível da execução das peças e a sua forte personalidade criaram-lhe dificuldades : os ensaios eram feitos "até à náusea"  como ele próprio assumiu e não se coibiu de dizer frontalmente o que pensava sobre , por exemplo,  os músicos estado-unidenses.

Além  disso, era budista e buscava a verdade através da música , que "não se pode definir, embora o som, sim; mas o som não é música". 

Possuía um doutoramento e estudou o som. Era poliglota, falando fluentemente - além do romeno, sua Língua materna  - francês, alemão, italiano, castelhano, inglês.

Ouvir as suas lições sobre Fenomenologia Musical é entender claramente o seu tempo musical.   Que nos permite ouvir verdadeiramente o desenvolvimento da música e os instrumentos . A sua técnica exige perfeição, pois se existe uma falha na execução é imediatamente notada.

Infelizmente, descobri-o muito recentemente, pois imperdoavelmente os canais de música clássica não transmitem rigorosamente nada sobre ele (e não se justifiquem   com a sua recusa  de gravar em disco!!) .  Quando actuou em Lisboa ,  já com mais de oitenta anos, nada foi também registado , que eu saiba.

A fotografia que ilustra o texto refere-se à sua direcção , em 1971, do "Bolero"  de Maurice Ravel : nos meus 72 anos , nunca vi tal paixão, tal entrega , tal intensidade!

Parabéns, onde quer que se encontre.


 

48 comentários:

  1. Olá São,
    Desconhecia este autor que aqui descreves.
    Mas, pela tua narrativa, deve ter sido um músico incómodo para o regime romeno da época, como infelizmente existiram, e ainda existem muitos.

    Parabéns então, a este músico.

    Votos de uma boa semana, com muita saúde
    Beijinhos com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas exigentes e frontais , pensando por si, geralmente pagam bem caro essa liberdade!!

      Infelizmente, foi o caso ( e como bem dizes, existem ainda muitos por aí )

      Grato abraço, meu amigo, retribuindo o voto.

      Eliminar
  2. Confesso que nunca tinha ouvido falar, porém, gostei de ler! :)
    -
    Nas dobras do tempo...

    Beijos. Votos de uma excelente semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Ci sabe que a maioria das pessoas não é frontal e detesta quem o é e se, para cúmulo, é exigente consigo e com os outros ... as coisas pioram: Sergiu Celibidache é prova disso!

      Beijinhos e tudo de bom

      Eliminar
  3. Completamente desconhecido para mim embora adore o Bolero de Ravel!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o tens ouvido aqui, pois tenho colocado muitas peças dirigidas por ele.

      Como alguém disse, é impossível ultrapassar Sergiu Celibidache na direcção do Bolero, que também adoro.

      Beijinhos.

      Eliminar
  4. Mas o regime comunista também proíbe? E eu a pensar que só os outros proibiam ( brincando)
    Acredito que tenha sido um enorme músico
    .
    Bela publicação
    .
    Saudações cordiais
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As ditaduras sejam de Direita ou de Esquerda são iguais no atentado às liberdades individuais e na imposição do pensamento único.

      Aliás, foi essa uma das razões que me levou a nunca pertencer a nenhum Partido.

      Sergiu Celibidache é um génio e , como é hábito, foi contestado.

      Cordiais saudações.

      Eliminar
  5. Obrigada pela partilha
    Boa semana
    Francisco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se puder, veja os vídeos no youtube ou aqui, que já tenho colocado alguns e vou publicar mais.

      Grata pelo apreço e tudo de bom, Francisco

      Eliminar
  6. Os regimes totalitários são tão estúpidos que afastam os melhores.
    Nhurros!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão, Pedro!

      Nisso, as ditaduras ,seja qual for a ideologia, são perfeitamente iguais .

      Fechadas sobre si mesmas e estúpidas por natureza!

      Eliminar
  7. Uma postura estranhamente controversa para um músico.
    Como compreender que o som de uma melodia não é música? Como apreciar a sua música, enfim, se nada fica registado e não pode ser ouvido?
    Gostaria de ler outras opiniões sobre o assunto, por alguém melhor esclarecido do que eu, naturalmente.
    Ser genial não é estar para lá da compreensão dos outros.
    Abraço musical.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se está realmente interessado em saber mais sobre Sergiu Celibidache sugiro que veja a sua Lição sobre Fenomenologia Musical ,legendada em Português, publicada aqui em 15/1/2022 : ficará a perceber com toda a clareza a sua abordagem à Música assim como a sua recusa em a gravar em disco.

      No entanto, encontra muitos vídeos das suas actuações no Youtube .

      O som não é música, não .Caso contrário, faríamos um concerto de portas a bater com acompanhamento de vidro a partir-se.

      O Maestro não está para lá da compreensão de quem quer que seja : é só saber ouvi-lo sem preconceitos.

      Cordiais saudações :)


      Eliminar
  8. Respostas
    1. Conhecia, sim, pois já o coloquei aqui várias vezes.

      Bom resto de semana, beijinho

      :)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. E vale realmente a pena conhecer alguém tão extraordinário como Sergiu Celibidache...

      Besos

      Eliminar
  10. São, querida, não o conhecia, e vou atrás ler e saber mais sobre esse maestro, irei pesquisar onde você falou!
    Incrível essa história...
    Valeu essa sua postagem, amiga!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benvinda, minha amiga!

      A vida de Sergiu Celibidache é muito interessante, sem dúvida, porém não consegui encontrar uma biografia sobre ele.

      De qualquer modo , tive a felicidade de encontrar em francês uma colectânea de textos e entrevistas suas e estou esperando a sua chegada , pois encomendei no início da semana.

      No Youtube encontram-se registos de ensaios, entrevistas , lições e, claro, muitas peças musicais sob a sua direcção - sempre em actuação ao vivo .

      Fico contente e grata pelo seu interesse por alguém que admiro profundamente e que, desgraçadamente, nunca tive a felicidade de poder ver ao vivo.

      Carinhoso abraço, querida Taís, tudo de bom .

      :)

      Eliminar
  11. Me gusto conocer su historia. Tiene linda música. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é um ser humano muito interessante e excelente maestro.

      Pena ser tão incompreendido.

      Besos

      Eliminar
  12. Adoro o Bolero de Ravel e conheço várias interpretações, mas infelizmente não esta.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já a publiquei aqui e tenciono republicar, pois não conheço nada igual, embora aprecie , por exemplo, Gustavo Dudamel e Leonard Bernstein.

      Beijinhos, tudo de bom

      Eliminar
  13. Um grande maestro.
    Continuação de boa semana, amiga São.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que concordamos!

      Agradeço e retribuo o voto, meu amigo.

      Abraço-te,

      Eliminar
  14. Respostas
    1. A sua frontalidade e exigência não lhe foram perdoadas nem agora!

      Eliminar
  15. Graças a esta sua bela postagem, tomei conhecimento da existência
    desse maestro Romeno. Agora vou procurar algumas obras sobre sua direção, quem sabe reencontrá-las na internet.
    Uma partilha pela qual agradeço muito, amiga São.
    Um ótimo fim de semana, com saúde.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existe bastante material no Youtube e , porque a família autorizou, existem também gravações de interpretações suas ao vivo.

      Fico agradada e grata pelo interesse , porque Sergiu Celibidache é realmente muito mais do que um excelente maestro.

      Meu caro amigo, desejo-lhe e a sua família um Julho feliz !

      Eliminar
  16. Olá São,
    Passando por aqui, para desejar um feliz fim de semana com muita saúde.
    Beijinhos, com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Muy interesante la historia de este gran músico, estimada Sao. De hecho era un perfeccionista. Te dejo mi abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, minha amiga!

      Sim, tens razão : é isso mesmo, um perfeccionista!!

      Carinhoso abraço, bom fim de semana.

      Eliminar
  18. Desconhecia o Maestro, obrigado pela partilha.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, o preço pel seu perfeccionismo e sinceridade de apreciações foi altíssimo!!

      Beijinho , bom fim de semana :)

      Eliminar
  19. História que eu não conhecia. Lamento-me.
    Em toda a Sociedade sempre houve aproveitadores das suas (in)competências para, (diria: invejosamente) afastar quem pudesse soar mais alto por mérito próprio.
    Admirar o acto?...

    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mediocridade, meu caro amigo, vinga-se sempre , desgraçadamente !!

      Abraço, bom fim de semana

      Eliminar
  20. Querida Sao,

    Enhorabuena y bendiciones para el gran Sergiu Celibidache en la eternidad.

    Bella crónica.

    Te aprecio mucho!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu querido Ricardo, Sergiu Celibidache merece , sim.

      Estreito abraço, estimado amigo, feliz Julho.

      Eliminar
  21. Grata por esta preciosa partilha, São! Desconhecia por completo o maestro! Irei pesquisar sobre o mesmo, tentando conhecer um pouco mais da sua obra...
    Um beijinho! Feliz domingo, estimando que se encontre de saúde!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda , Ana!

      A mediocridade não perdoa e a liberdade tem um preço muito alto...

      Já coloquei aqui vídeos dele e sobre ele e vou colocar mais, porque a sua abordagem da Música faz(-me) todo o sentido e não existe nada como ouvirmos e vermos o que quer que seja ao vivo, com o Maestro defendeu sempre.

      Beijinho agradecido, retribuindo o voto :)

      Eliminar
  22. Não conhecia este génio do mundo da música. Por vezes, quantas voltas há que dar nesta vida para consigiur os fins, transmitir tudo aquilo que tens e podes dar.
    Excelente trabalho e bem merecido.
    Forte abraço de vida..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Sergiu Celibidache não tem o reconhecimento que merece porque se manteve firme nas suas convicções e "não se soube vender " , como diz um músico que trabalhou numa das orquestras que dirigiu .

      Toda a gente sabe que a liberdade tem preço muito alto.

      Grato abraço, felicidades e saúde para ti, amigo mio.

      Eliminar
  23. Querida São
    Sergiu Celibidache!
    Adorei esta sua publicação sobre este Maestro de eleição.
    A sua entrega é total e isso pode-se ver realmente na direcção
    do Bolero de Ravel, que a minha amiga me indicou.
    Desejo-lhe boa semana.
    Beijinhos
    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, minha amiga!

      Não tenho conhecimentos musicais suficientes para uma rigorosa análise técnica, mas a extraordinária qualidade, a abordagem e paixão de Sergiu Celibidache impõem-se acima e para lá de tudo.

      Fico feliz por estarmos em sintonia na admiração pelo imenso talento deste Maestro fora de série.

      Caloroso abraço, querida Olinda, excelente semana .
      :)

      Eliminar
  24. Excelente homenagem a Sergiu Celibidache, um maestro que soube exercer a sua arte em liberdade.
    Uma boa semana, minha Amiga São.
    Muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Graça!


      Sim, Sergiu Celibidache foi alguém a quem ninguém conseguiu obrigar a fazer cedências e pagou muito alto essa liberdade e coerência. Aliás, como é costume acontecer a quem tem princípios e convicções.

      Porem, a sua genialidade , ninguém a pode negar...

      Amiga, beijinho de excelente semana .

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...