segunda-feira, 7 de setembro de 2020

"CANTA CAMARADA !" (POEMA POPULAR)

Canta,camarada, canta,

Canta, que ninguém te afronta,

Que esta minha espada corta

Dos copos até à ponta.


Eu hei-de morrer de um tiro

Ou de uma faca de ponta,

Se hei-de morrer amanhã,

Morra hoje, tanto monta!


Tenho sina de morrer 

Na ponta de uma navalha,

Toda a vida hei-de dizer:

Morra o homem na batalha!


Viva a malta e trema a terra:

Daqui ninguém arredou

Nem há-de tremer na guerra 

Sendo um homem como eu sou!

34 comentários:

  1. Poema simplesmente fantástico!! :))
    -
    Atípicas, as sedes desmedidas ...
    -
    Beijos, e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A poesia popular tem pérolas assim...

      Beijinho e feliz fim de semana

      Eliminar
  2. Muito legal! Gostei! beijos, linda semana! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Folgo e agradeço o apreço Beijinho, linda, bom fim de semana

      Eliminar
  3. Respostas
    1. E valorizado com avoz impar de José Afonso...

      Bom sãbado

      Eliminar
  4. Popular mas muito interessante de ler
    .
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A poesia popular é como a que não é popular : tem textos bons e outros que não tanto....

      Bom sábado, abraços

      Eliminar
  5. Respostas
    1. E se o ouvir cantado por José Afonso penso que lhe agradará imenso.

      Beijinho, bom fim de semana

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Aqui só o poema, falta a voz magnífica de José Afonso...

      Besos, amigo mio

      Eliminar
  7. Canción guerrera para afrontar lo que sea.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pena não a poderes apreciar cantada por José Afonso!

      besos, bom fim de semana, amigo mio

      Eliminar
  8. Um acutilante poema de querer e crer.
    Abraço.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  9. Gostei, São! Pelo ritmo, mais do que um poema, assemelha-se a uma cantiga, popular e pitoresca! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é mesmo cantada e por um dos maiores cantores de Língua portuguesa e que foi meu professor :José Afonso!

      Te abraço, amigo.

      Eliminar
  10. Não conhecia... mas adorei! Uma inspiração, em que se parece respirar Abril... mas muito actual... afinal... o mundo está todo ele, atravessando uma fase de transformação, e contestação...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SE procurar no Youtube encontrará a magnífica interpretação deste poema por José Afonso.


      Beijinho, Ana, grata pela companhia.Tenha bom fim de semana

      Eliminar
  11. Poema muito em voga que diz muito de ... tudo.
    Gostei.



    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sabedoria popular é vasta...

      Bom fim de semana, abraço

      Eliminar
  12. A passar por cá para desejar uma ótima semana!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  13. Belo!
    Estou agora a ouvi-la na voz inesquecível
    de Zeca Afonso.

    Obrigada, São.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tentar colocar aqui essa maravilha!

      Grato beijo, minha amiga.


      Boa semana

      Eliminar
  14. Olá São!
    Um belo poema e uma alegre canção.
    É sempre bom recordar o antigamente.
    Obrigada amiga pela divulgação.
    Beijos
    Luisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato abraço por ter gostado.


      Excelente semana, Luisa!

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

POESIA :ALBINO SANTOS(3/9/2021)

Primeiro foste um nome, um enigma silencioso e cúmplice oculto nas palavras de um poema. Depois um corpo que se anunciou aos meus olhos como...