quinta-feira, 24 de junho de 2021

CITAÇÃO - GREG CARR

 " Durante a era colonial, a maioria dos moçambicanos não tinha permissão para ir à escola além da quarta classe.


É um facto doloroso e desagradável, mas do qual nos devemos recordar. "

24 comentários:

  1. Triste mesmo! Pena! Absurdos!beijos, feliz São João! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A colonização é , em todos os aspectos, algo a lamentar!

      Beijinho grato, querida, retribuindo

      Eliminar
  2. Concordo plenamente, a colonização é lamentável em todos os aspectos. Quanto à proibição de poderem frequentar a escola a partir da 4 classe, eu desconhecia mais essa triste situação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também desconheci até há pouqissimo tempo.

      Não nos devemos surpreender , pois no continente também raramente se ia além da quarta classe.

      Os ditadores abominam a Cultura!!

      Abraços

      Eliminar
  3. Olá, São.
    Triste realidade dos tempos coloniais. Convinha ao regime manter a baixa escolaridade dos moçambicanos. Era a estratégia do regime colonial.

    Beijinhos e ótima quinta feira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A única coisa que interessava ao colonizador era manter a população ignorante e , com o apoio da Igreja, aterrá-la com o fogo do inferno...

      Abraço e bom final de semana :)

      Eliminar
  4. El colonialismo, que fue una forma de imperialismo para la época, generó estas exclusiones, Negar la educación es como poner una venda en los ojos. UN abrazo. Carlos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O colonialismo foi uma forma brutal de exploração .

      Infelizmente, Portugal não soube reconhecer o fim desse tempo e lançou-se numa guerra perdida logo de início.

      A Educação assusta todos os Poderes...

      Te abraço

      Eliminar
  5. Um absurdo catastrófico que nunca fez sentido, nem devia ter existido, mas que, infelizmente era uma das facetas do fascismo que reinava na cabeça dos infelizes ignorantes que governaram o nosso País.
    .
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente, nunca deveria ter existido, mas não podemos julgar o passado com os valores de agora. O que não obsta a lamentar a falta de visão em todos os aspectos que Salazar e Caetano demonstraram relativamente à independência das colónias.

      Abraço , bom final de semana

      Eliminar
  6. Muito lamentável, mas em Portugal era um luxo quem estudasse mais que a 4ª Classe

    Tempos complicados mas que com a 4ª classe sabiam muito mais que muitos jovens que acabam o secundário, que nem sabem assinar o nome.

    Não sei o que é mais Lamentável e Vergonhoso e como pais podem aceitar tal, mas é o que temos em pleno século XX/XXI e na UE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, sim, no continente só prosseguiam estudos as crianças ricas... ou aquelas por quem a família se sacrificava( como foi o meu caso).

      Que a qualidade do Ensino deixa muito a desejar nos tempos presentes também é , desgraçadamente, verdade.

      Eliminar
  7. Quem esquece o passado fica exposto aos mesmos erros no futuro.
    Bfds

    ResponderEliminar
  8. Eso fue muy injusto, Sao...y tiene que ver con el racismo sin lugar a dudas. Un abrazo y feliz fin de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem a ver com racismo , mas não só , porque as pessoas brancas nascidas nas colónias eram consideradas portugueses de segunda ...

      Te abraço e desejo alegre final de semana, Ingrid

      Eliminar
  9. É sempre bom lembrar o passado para não cairmos nos mesmos erros.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a História repete-se , por mais que digam o contrário.

      Beijinho, também para si

      Eliminar
  10. A colonização quase só teve coisas más (as boas contam-se pelos dedos).
    Beijo, querida amiga São.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mesmo as boas... enfim !

      Nunca foi nem justa nem justificável a opressão de um povo por outro.

      Te abraço, meu bom amigo.

      Eliminar
  11. Cuánto daño por parte de los países colonizadores.
    Qué pena.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imperdoável o sofrimento que impuseram aos colonizados!

      Abrazos

      Eliminar
  12. Desconhecia!... Mas depois da descolonização... parece que muitos destes países, passaram a ser explorados... pelos seus próprios representantes... e quase da mesma forma... Angola com a família dos Santos... que não fizeram milagres no seu próprio pais... antes o empobreceram, de todas as formas... é um dos exemplos mais emblemáticos... outros continuam à mercê de movimentos fundamentalistas, políticos e religiosos, não conhecendo a paz... nem para sair de casa, e bem menos para as suas crianças, irem à escola...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  13. Lamentavelmente, as populações das antigas colónias portuguesas , na sua maioria , não ganharam nada com a independência , além da própria independência.

    Porém, esse é um facto do qual Portugal já não é responsável. O que a mim me satisfaz, embora tenha muita pena de quem está sofrendo em Moçambique, Angola, Guiné.

    Beijinho e bom fim de semana, Ana !

    ResponderEliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

Carmina Burana PARA BOM AGOSTO!