segunda-feira, 26 de julho de 2021

OTELO SARAIVA DE CARVALHO

 



Morreu Otelo Saraiva de Carvalho.

Portugal perdeu um dos militares que lhe devolveram a liberdade e puseram fim à ditadura salazarista, a mais longa da Europa.

Temos que lhe agradecer e a quem participou na Revolução a Democracia que vivemos.

Otelo tinha uma personalidade muito própria e multifacetada, que se revelou ao longo de todos os oitenta e quatro anos que acabaram ontem. Até na sua vida pessoal  isso é visível.

Como ninguém é perfeito e todas as pessoas têm zonas de luz e sombra, Carvalho também as teve : envolveu-se num dos acontecimentos mais infelizes do período pós revolucionário, isto é, as FP-25.

Compreendo perfeitamente as reacções emocionais e negativas das vítimas das acções daquela organização face a um dos seus responsáveis.

Não aceito, porém, a afirmação de ser demasiado cedo para se avaliar a sua importância histórica e, menos ainda, a vergonhosa declaração do antigo aspirante a padre.

Paz e Luz !


34 comentários:

  1. Podia ficar como um herói. Não ficou. Matou ou mandou matar (FP25). Para mim não tem perdão. Peço desculpa.
    .
    Início e semana feliz. Cumprimentos.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito a sua opinião.

      No entanto, parece que a responsabilidade directa das mortes não dele, porém a sua deriva foi desastrosa e deu azo a que o seu nome ficasse manchado.O que é pena.

      Boa semana e saudações democráticas.

      Eliminar
  2. Olá, São!
    Foi uma figura incontornável do 25 de Abril.
    Polémico, mal amado, controverso. Mas independentemente de tudo isso, a ele devemos, como comandante operacional do 25 de Abril, a liberdade que hoje vivemos.

    Paz à sua alma.

    Boa semana amiga São!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos na mesma linha de pensamento.

      Beijinho, meu amigo , tudo de bom

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Sim, que finalmente encontre Luz !

      Beijinho e tudo de bom :)

      Eliminar
  4. Qué gran pérdida, querida amiga. Mi abrazo para todos los portugeses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma referência de liberdade que desaparece.

      Grato abraço, amigo mio

      Eliminar
  5. Gosto destes panos quentes. Perdoa-se uns e castram-se outros

    Carvalho também as teve : envolveu-se num dos acontecimentos mais infelizes do período pós revolucionário, isto é, as FP-25.

    FP é de Filho da P++A ?!

    Pois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é muito novo, é natural que desconheça o significado : Forças Populares.

      Pessoalmente não branqueio derivas alucinadas de quem quer que seja, mas também não esqueço quem se arriscou para acabar com a ditadura.

      E , apesar desse período negro , não se pode dizer de Otelo o que se pode dizer, por exemplo, de Ramiro Moreira.

      Porém, o militar que mais admiro e respeito de todos quantos fizeram o 25 de Abril 1974 é Salgueiro Maia, a quem Cavaco Silva negou uma pensão , comportamento que não teve para com dois elementos da polícia política a quem concedeu pensões.

      Boa semana

      Eliminar
  6. E como é importante a democracia, minha amiga! Honremos, apesar de eventuais períodos de sombra, todos aqueles que lutam por ela! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi lamentável, Saraiva de Carvalho envolver-se numa deriva sem sentido e que acabou por provocar mortes.

      No entanto, a sua importância história como alguém que lutou contra a ditadura é inegável-

      Beijinho, meu amigo, boa semana

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Era, sim, pena que tivesse responsabilidades nas Forças Populares 25 de Abril...

      Poderia ser recordado como alguém digno de todos os elogios e assim tem sempre esta mancha enorme a maculá-lo.

      Eliminar
  8. Um regime perverso que massacrou havia de cair e assim o foi e grandes os que se envolveram São. Triste o passo errado pós gloria. Homens cometem erros que a historia não perdoa.
    Mas que descanse o homem e que a historia faça valer a verdade.
    Carinhoso abraço e feliz semana amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo com esta sua ponderada análise.

      Otelo tem que ser avaliado no seu todo e não só pelo que fez de bom ou de errado.

      Abraço caloroso, meu amigo, boa semana :)

      Eliminar
  9. Vou muito pelo mesmo caminho no meu cantinho.

    ResponderEliminar
  10. No conocía a este personaje, Sao...gracias por informarnos. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Otelo Saraiva de Carvalho foi muito importante na realidade portuguesa: fez parte do grupo de militares que fez cair a ditadura .

      Lamentavelmente , depois, envolveu-se num grupo político armado que assassinou muitas pessoas.

      Te abraço

      Eliminar
  11. Qué envidia de militares.
    Aquí tenemos todo lo contrario.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, felizmente os nossos militares portaram-se à altura.

      Os vossos, enfim...

      Abraço solidário, amigo mo

      Eliminar
  12. Recuerdo a Carvalho, como recuerdo la Revolución de los Claveles o la canción 'Grândola, Vila Morena' con la que se inició, escuché por la radio que había fallecido y me temo, lo mismo ocurre en España, que los nostálgicos de la dictadura quieran reescribir la historia a sus intereses.

    Saludos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente por teres todo esse conhecimento da Revolução dos Cravos .

      Infelizmente, aqui também temos muitos saudosistas da ditadura que começam a branquear Salazar e todos os crimes
      acontecidos.

      No entanto, a Esquerda deveria ter cuidado da transmissão de valores e da memória às gerações mais nova. A Direita não descurou isso.

      Bom final de semana

      Eliminar
  13. Obrigado, Otelo, obrigado São!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. subscrevo, sem acrescento ou omissão de vírgula sequer.
    Bj.

    ResponderEliminar
  15. Ainda hoje, não foi muita clara, a sua participação em tal organização... em relação aos atentados... acho que foi uma organização, que criou dois tipos de papéis... uns deram a cara, por acções que outros levaram a cabo...
    Eanes, fez uma apreciação do seu percurso, absolutamente isenta e impecável!
    Enquanto não houver certezas... que nunca foram muito bem apuradas... ele foi o homem, que nos permitiu usufruir de um país livre... ainda que com muitas imperfeições democráticas... mas que de todo se afastou de uma ditadura...
    As vezes, até penso, que as FP, foram criadas, para apagar o seu papel na história, por quem achou que não tenha tido o merecido destaque no 25 de Abril... os jogos de poder e as invejas... ocorrem a todos os níveis... esta vida, já me ensinou muitas vezes, que tudo o que parece por demais evidente, por norma, nunca o é... e as hierarquias militares... são como outras quaisquer... permeáveis a outras influências...
    Para mim, Otelo ficará ligado a Abril... Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não morro de amores por Eanes, mas concordo totalmente com o que afirmou sobre Otelo.

      A Otelo ouvi, em entrevista, afirmar estar envolvido nas FP25 e que outros militares quando se afastaram da organização o avisaram de que deveria fazer o mesmo. E, sinceramente, penso que o deveria ter feito!

      Não creio que tivesse ordenado a morte de alguém, mas o que é certo é que era um dos responsáveis...

      DE qualquer modo, ficará sempre o facto de ser um dos militares que derrubaram a ditadura!

      Abraço, Ana!

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

CITAÇÃO : SAKYA TRICHEN (2016)

  " O inimigo não está no exterior, ele existe no interior da nossa própria mente. As nossas emoções negativas são os nossos piores ini...