segunda-feira, 27 de setembro de 2021

SEXUALIDADE

 A sexualidade é um assunto da esfera privada e, como tal, cada pessoa tem o direito de a viver como entender.


Não tenho nenhum tipo de preconceito quanto ao tema. No entanto, faz-me certa confusão que , do nada, apareçam uma série de designações acerca dessa vivência. Principalmente, porque as pessoas em questão se indignam contra rótulos e discriminações.


Aqui vão os rótulos , segundo a revista "Visão": fluido ou  abrossexual / assexual / demissexual / grayssexual / omnissexual / pansexual / sapiossexual / skoliossexual / solossexual. 


Parece-me muito contraditória tanta designação para quem luta (e com toda a razão)  contra a  não aceitação da diferença.


Aliás, já me aconteceu entrar em murais de homossexuais e ler comentários inacreditáveis. Dou um exemplo: " Sua bicha velha, tem juízo, esconde esse corpo horroroso. Achas mesmo que alguém se interessa por relíquias?"


Esperemos que toda a gente entenda o facto de que a sexualidade é para ser vivida e não rotulada.


40 comentários:

  1. Oi São,

    Concordo com suas palavras. Acho importante compreender as questões relacionadas a gênero para entender como funciona e não dar brecha a preconceitos sem fundamentos. Imagino que deva ser complexo para a pessoa passar por essas transformações e a compreensão é fundamental. Gosto de acompanhar séries que abordam o assunto para auxiliar meu entendimento.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que as pessoas que não se enquadram no dualismo maioritário, isto é, macho-fêmea sofrem horrores ainda hoje.

      Se for uma questão genética não têm nenhuma responsabilidade e se for opção, têm direito a isso. Pelo que as agressões que sofrem são gratuitas e maldosas e devem ser sancionadas.

      É um assunto privado e a religião não tem nada que ser invocada!

      Abraço, boa semana

      Eliminar
  2. Concordo na íntegra com a citação última do texto
    .
    Uma semana feliz … Cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é tão fácil entender que os rótulos são idiotas!

      Tudo de bom, Rykardo, cordiais saudações

      Eliminar
  3. Um belo texto.
    Na verdade, a vida sexual de cada um de nós, só a nós diz respeito!
    E não precisa de rótulos.

    Um abraço e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algo tão fácil de entender e tão natural...

      Grato abraço pelo apreço.

      Tudo de bom

      Eliminar
  4. Plenamente de acordo com este texto.
    De facto, há que respeitar a sexualidade de cada um de nós, sem lhe colocar rótulos. Enfim...

    Beijinho e boa semana, amiga São!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta coisa grave a ter que ser resolvida e que depende de nós e criaturas preocupando-se com algo que não lhe diz respeito de todo...

      Beijinho , meu amigo, feliz semana

      Eliminar
  5. A meu ver acabaste de escrever o que eu penso onde exista a maior Homofobia contra os gays :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim , nunca vi comentários tão homofóbicos em heterossexuais!

      Fiquei siderada, como diz Alberto João Jardim.

      Eliminar
  6. Sendo um assunto de esfera privado é também uma questão de saúde pública.
    Não li a revista a que se refere com a temática desenvolvida e confesso a minha ignorância perante a variedade dos conceitos (estrangeirismos) que pôs em destaque.
    Mas fiquei curioso sobre a compreensão que abarcam.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A reportagem vem na revista "Visão " nº 1488 (9/9 a 15/9/2021) e tem a seguinte chamada na capa: " Geração Fluida : A Nova Revolução Sexual." O significado dos termos consta de um "Glossário" inserido na reportagem.Porém com toda a sinceridade, considero tudo isto tão absurdo que me limitei só à publicação dos termos.

      E não esqueçamos a sigla infindável que cobre ou tenta cobrir também uma série de definições de vivências sexuais....

      Saúde pública, só se houver promiscuidade.Infelizmente, parece-me haver alguma , mas há muito tempo.

      Cordial abraço

      Eliminar
  7. ... sem rótulos e na simplicidade de algo tão natural!!! 💜

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca entendi esta obsessão com a vida sexual de cada pessoa...

      e rótulos, ainda por cima propostos pelos próprios, menos ainda.

      Abraço amigo

      Eliminar
  8. Enquanto as pessoas se preocuparem mais com a sexualidade de cada um, do que se preocupam com problemas como a fome, a miséria, e a violência, a humanidade não evolui.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais grave ainda é que , depois, misturam a religião e falam em nome do Criador.Pelo que eu disse recentemente a alguém que o assunto é entre a pessoa e o Criador e não temos que interferir!

      Seria bom , tem razão, preociparem bem mais com a fome, a guerra, a cultura...

      Beijinho

      Eliminar
  9. Muy cierto y para mi eso se ha convertido en cuestión de moda en ves de lucha. Te mando un beso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Si, a páginas tantas até parece que sim...com todo o respeito por quem sofre na pele as discriminações e as agressões.

      Te abraço

      Eliminar
  10. Olá, São, mas que coisa essas questões de sexualidade, as pessoas não aprendem que a sexualidade dos outros pertencem a elas, cada uma com a sua e ponto final.
    Tantas coisas, tantos problemas para resolver, mas não! Têm de ir lá encher o saco de outro! Cavoucar problemas para si. Difícil isso.
    Uma excelente semana pra você, querida, cuide-se bastante.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Difícil e tacanho.

      Só mentes muito fechadas e preconceituosas geram comportamentos mesquinhos.

      O ser humano tem toda a liberdade de ser o que entender, desde que não prejudique ninguém.

      Minha querida, abraço com voto de saúde e boa semana

      Eliminar
  11. Oi, São!
    O sexo em si gera muita curiosidade entre aqueles que não o vivem integralmente. Bem duvidosas certas questões. Não conheço toda essa nomenclatura, mas também não tenho interesse. Não muda a minha vida (rs*) Daí a questão é saber porque essas pessoas se interessam tanto em analisar a vida sexual dos outros. O que o popular diz é que essas pessoas não devem ter suas próprias vidas sexuais.
    Boa semana!
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim também não me interessam e por isso não coloquei o significado, pois considero a situação completamente absurda, tanto mais que as classificações partem das próprias pessoas que têm este tipo de sexualidade !!

      Eu pasmo como é que se perde tempo em se criarem rótulos...

      Te abraço, tudo de bom

      Eliminar
  12. Esses rótulos todos??
    Numa esfera TÃO privada???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E também a sigla LGBTQIA + ... usada pelas próprias pessoas que se dizem (com razão ) discriminadas!!



      Eliminar
  13. Pienso que no se debe ofender a nadie por sus inclinaciones sexuales, Sao. En este mundo hace falta un poco más de compasión. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como tens razão, Ingrid!!

      Falta sim, muita compaixão e também respeito plo ser humano enquanto tal.

      Te abraço -

      Eliminar
  14. Bom dia
    Quanto a este tema , concordo plenamente com a primeira e a ultima frases.

    JR

    ResponderEliminar
  15. Respostas
    1. E cada qual tem o direito inalienável de a viver como quiser!

      Abraço, tudo de bom.

      Eliminar
  16. Atentemos ao que realmente nos fere, nos mata: ignorância, injustiça, egoísmo... Gostei da reflexão proposta. Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente, toda a gente se deveria preocupar com que prejudica a humanidade e não com maneira como cada qual vive a sua sexualidade!

      Beijinhos gratos

      Eliminar
  17. Espero que con más educación y cultura así sea.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E também menos preconceitos religiosos!

      Beso, amigo mio

      Eliminar
  18. Nunca é demais lembrar às mentes tacanhas que sexualidade é assunto da esfera privada. Assim como religião.
    Enfim, talvez um dia entendam.
    Beijo, feliz fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não creio que alguma vez entendam.Até porque misturam, nalguns casos, ambos os assuntos....

      Abraço e feliz Outono, TEresa :)

      Eliminar
  19. No meu entender... a sexualidade deveria ficar-se pela privacidade de cada um...
    Bem!!! Tantas designações desconhecidas... onde foi que eu me perdi deste mundo?... Mas prefiro continuar assim perdida! :-)) Antigamente era tudo tão mais simples, mesmo com algumas variantes... que sempre existiram... esta necessidade de rotular, como se cada um necessitasse de andar com uma bula e um manual de instruções... transcende-me...
    Deixem-me voltar para a ilha!!! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso exactamente o mesmo .

      E ainda falta aqui a sigla LGBT.... que tratarei no outro blogue.

      Não entendo , sinceramente,como é que quem não entra no padrão maioritário e se insurge contra a discriminação, cria estas designações todas, mas enfim...

      Beijinho, boa semana

      Eliminar

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

CITAÇÃO : SAKYA TRICHEN (2016)

  " O inimigo não está no exterior, ele existe no interior da nossa própria mente. As nossas emoções negativas são os nossos piores ini...