CAUSA NOSSA: DUPLICIDADE OCIDENTAL EM ISRAEL

Causa Nossa: Contra a corrente (3): Duplicidade ocidental em Is...: 1. Sim, também entendo que o ataque surpresa do Hamas, o grupo radical palestiniano, de hoje contra Israel, disparando centenas de mísseis in...






Comentários

  1. Teresa Palmira Hoffbauer15 de outubro de 2023 às 18:49

    „É solitário ser um crítico judeu de Israel“
    Nathan Thrall no seu livro sobre a tragédia de um pai palestino
    À medida que a guerra Israel-Hamas se intensifica, o autor dos EUA diz que a sua exposição de livros é repleta de possibilidade de mal-entendidos. Aqui 🇩🇪 já retiraram um prémio literário a uma escritora palestina. Um mundo a resvalar na estupidez.

    Abraço solidário com a tua posição política 🌺

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa, mas o mundo já está afogado em estupidez desde que na sequência da invasão da Ucrânia pela Rússia se modificou o título de um quadro de "Bailarinas Russas" para "Bailarinas Ucranianas", só para exemplificar.

      Essa alarve retirada de prémio só demonstra que quem o fez é cúmplice da brutal ocupação de Israel tanto em Gaza como na Cisjordânia .

      Não conheço esse escritor, mas ele tem razão.

      Agradecido e retribuido esse teu bem vindo abraço.

      Boa semana

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Sim , ficamos sem palavras face à selvajaria do terrorismo. Particularmente quando é praticado por um Estado.

      Serena, semana, Ci, abraço .

      Eliminar
  3. Como pode o homem invocar a paz se avança sempre para a guerra?
    Abraço de paz.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os terroristas - e estou a falar do Estado sionista de Israel e do Hamas - não pretendem paz , pretendem a destruição e a morte sem olhar a meios nem se preocuparem com as vítimas.

      Agradeço e retribuo o seu bem vindo abraço de paz.

      Eliminar
  4. La guerra tiene intereses económicos marcados. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é!

      E , neste caso, pior... porque existe fanatismo religioso tanto no Hamas como em Israel.

      Besos

      Eliminar
  5. Terroristas dos dois lados.
    Entendimento?
    Gostava de acreditar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não , não vai existir entendimento porque , como bem diz, estão dois terrorismo em confronto : o do Hamas e o do Estado sionista.

      Lamentável e vergonhosa a duplicidade de critérios ocidental com os EUA à cabeça : como podem acusar Putin se apoiam Netanyahu?!

      Crimes de guerra são sempre crimes de guerra seja quem for que os cometa!!

      Eliminar
  6. Sumar víctimas a las víctimas jamás es una solución.
    Besos, querida amiga.

    ResponderEliminar
  7. Mas o que é que o Hamas pretendeu com o ataque de surpresa?
    Acordar o vespeiro?
    No meio de tudo isto quem sofre são os inocentes!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão : as vítimas inocentes é que sofrem os desvarios do terrorismo que dos sionistas quer do Hamas.

      Porém, uma coisa : as vespas já andavam à solta há muito tempo , pois os colonatos na Cisjordânia têm aumentado assim como os ataques mortais dos colonos aos palestinianos e com maior presença do exército, além da limpeza étnica em Jerusalém e das provocações na Esplanada das Mesquitas( sobre o Muro das Lamentações).

      Neste momento estão os piores dos piores frente a frente e receio bem que no afã de destruir o Hamas e o seu terrorismo o terrorismo de Estado de Israel não lance uma bomba atómica sobre Gaza, até porque um dos mais altos responsáveis sionistas afirmou não haver inocentes em Gaza...

      Abraço

      Eliminar
  8. Tão inquietante tudo o que se está a passar, minha Amiga.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma situação trágica e inquietante, tens razão.

      Amiga, abraço com estima.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Seria bom, mas não creio que aconteça : são dois terrorismos equivalentes.... e a duplicidade de critérios ocidental não ajuda nada.

      Beso

      Eliminar
  10. Concordo plenamente com o artigo do "CAUSA NOSSA".
    Tive a oportunidade de ler na íntegra, e está bem clara a origem de todo este ódio entre os palestinianos e os esraelitas. Ou melhor, entre o povo palestiniano e o estado ditatorial de Israel.
    Votos de uma excelente semana, amiga São, com muita saúde e paz.
    Beijinhos, com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que estamos de acordo, meu amigo.

      Fiquei absolutamente chocada com as centenas de jovens armados até aos dentes com armas de guerra enchendo as ruas de Jerusalém: alguns estão na foto que acompanha o texto.

      Pobres vítimas de ambos os lados.

      Te abraço com estima, meu amigo

      Eliminar
  11. São,
    Eu nada digo,
    somente acompanho.
    Tento que a esperança
    na poesia seja meu
    conforto.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de gostar imenso de poesia, infelizmente não consigo que me ajude depois do que vi em Israel e da carnificina que os sionistas estão provocando em Gaza em resposta ao bárbaro ataque do Hamas.

      E indigna-me a duplicidade de critérios do dito Ocidente chefiado pelos EUA.

      Beijinhos, minha amiga.

      Eliminar
  12. Mais uma estupidez que se comete, em nome do orgulho e do medo, que separam as pessoas e os povos! Até quando, amiga, viveremos assim?! Meu abraço, boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Israel é a actual versão de Esparta.

      A foto que ilustra o texto, mostra algumas das centenas de pessoas muito jovens fardadas e armadas com armas de guerra que inundam Jerusalém - além das autoridades com coletes à prova de bala e armas prontas a disparar.

      Não é neste clima de guerra permanente que a paz se constrói...

      Abraço, meu Amigo, boa tarde

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Os sionistas , à semelhança, dos nazis pretendem uma solução final para os palestinianos e o Ocidente deveria travar o terrorismo de Estado de Israel, mas como se vê , condena Putin , mas apoia Netanyahu.

      Abraço, tudo de bom.

      Eliminar
  14. Este conflito já vem desde o tempo de Cristo... e só sei que nessa altura a Palestina já existia... qual a razão para a quererem fazer desaparecer como leprosos? Quem cultiva sofrimento paredes meias, estava à espera de quê?...
    Às vezes até penso que o fulano do bigodinho... lá teria as suas razões... que estão a ser postas em prática pelos próprios, a outros, em moldes semelhantes... acabar com um povo à sede e fome...
    Por onde anda Cristo, que nunca mais desce à terra para meter ordem nisto?... Pode vir de nave espacial que não me importo...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cristo se vier, será empalado na coluna central da praça de S. Pedro... ou me engano muito!

      Um amigo meu infelizmente já falecido , militante de um Partido de Esquerda pura e dura e que trabalhou com judeus nos EUA, disse-me há anos uma coisa que me surpreendeu profundamente : foi pena o alemão não os ter exterminado.

      Eu estive muito recentemente em Israel e foi a maior decepção de todas as minhas viagens até agora . Fiquei chocadissima com o que vi. Além de outras coisas , Israel é a versão actual de Esparta : o objectivo único daquele país é a guerra !!

      A duplicidade de critérios do Ocidente sempre me enfureceu .Agora com esta resposta desmesurada e vingativa à acção terrorista do Hamas ( apoiado no inicio por Israel) , o apoio incondicional e a ida de todos os políticos ao beija-mão a uma criatura corrupta e sinistra como Netanyah envergonha-me!

      Abraço .

      Eliminar

Enviar um comentário

Grata pela vinda!

Não saia sem comentar: a sua opinião importa
(-me).

E volte, em paz...

Mensagens populares deste blogue

CITAÇÃO - ÉSQUILO